Loading...

Viajar pela Turquia: itinerário e compilação de dicas

Nossa primeira etapa da próxima viagem será na Turquia. Selecionei os principais e mais famosos locais de visitação, mas deixamos de fora o litoral e riviera turca, pois apesar de lindo e cheio de atrações, lá será inverno, então não valerá muito a pena.

Este post mostra nosso itinerário por este país, e tem como intenção agrupar dicas de quem já foi, e respostas para algumas dúvidas sobre cada local. Quem já foi pode dividir aqui conosco sua experiência, escrevendo nos comentários suas dicas e/ou respostas sobre determinada região, e depois de juntar um bom volume de informações vou atualizar as informações abaixo das perguntas no post. A idéia é fazer um post coletivo, para que a junção de comentários e opiniões de diversas pessoas possa se tornar bem útil e esclarecedoras para quem está indo para lá pela primeira vez.

Vamos lá? Coloca o nome da cidade e manda bala nos comentários!
(de preferência escreva sua dica, ao invés de só passar um link para um post ou similar. Mas se for necessário ok também!) ;-)  


NOSSO ITINERÁRIO NA TURQUIA E AS PERGUNTAS PRINCIPAIS: 

ISTAMBUL – 4 dias
1- Melhor forma de se transportar dentro da cidade? (e de ir/voltar até o aeroporto)
2- A cidade é segura a noite e/ou no lado asiático?
3- Sugestões de comida/restaurante?
4- Região agradável para se hospedar?
5- Onde ver um pôr-do-sol bonito?
6- Lugares legais para ir a 2 à noite?
7- Parque, reserva, ou local de beleza natural e fauna?
8- Jóia escondida? (local imperdível mas não muito visitado/conhecido)
9- Viewpoints e locais para ver a cidade de cima?
10- Bairros e regiões bacanas no lado asiático e europeu? (para gastar um tempo andando/se perdendo pelas ruas)
11- Lojinhas de presente e/ou decoração para casa?

foto tirada de http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:%C4%B0stanbul_5481.jp


PAMUKKALE – 1 dia
1- Alguém já foi no inverno? (medo de gelar demais o pé pois sei que tem que tirar os sapatos!) Piscinas de Cleópatra ficam acessíveis nesta época?
2- A rodoviária é de fácil acesso e tem grande fluxo de ônibus para Selçuk/Éfesos?
Vou chegar de manhã bem cedo, e pretendo já no fim da tarde (noitinha) tomar um ônibus para chegar até Selçuk (3h de viagem), dormir lá e no outro dia de manhã já sair para explorar as ruínas de Éfesos.

foto tirada de http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Pamukkale_12.jpg

ÉFESO – 1 dia
1- Tirando a Biblioteca de Celso e a Casa da Virgem Maria, quais outras ruínas/locais imperdíveis?
2- Dá para explorar por conta própria os sítios arqueológicos ou necessita tour?

3- Depois do passeio vamos dormir na cidadezinha de Izmir, para no dia seguinte cedinho pegar o avião para a Capadócia. Tem ônibus fácil e frequente até lá? (como funciona)
 

ACIMA: Foto do blog Diário Radical (http://diarioradical.blog.br/2012/01/as-maravilhas-de-efesos/).
Afinal depois que vi esta foto foi que adicionei a cidade à lista! (empresta a foto Monique?) ;-)


CAPADÓCIA – 2 dias
1- Consigo visitar os locais interessantes por conta própria ou vale mais a pena entrar em um tour? (se for longe ou de difícil acesso)
2- Melhor forma de locomoção por lá? (transporte)

3- Com certeza o passeio de balão já está em nossos planos, mas se alguém souber indicar uma empresa de confiança e BBB (boa-bonita-barata!) eu agradeço. Tem como comprar o passeio via internet ou reserva direto lá em agências?
4- Como ir do aeroporto em Nevsehir até a cidade de Goreme? (base p/ explorar a região)

ACIMA: foto de tirar o fôlego de um passeio de balão pela região, tirada pelo Rafael do blog Esse Mundo é Nosso, mostrando em imagens porque essa experiência é imperdível! (vou em breve! :-D)


Blogs onde já pesquisei e com posts úteis e motivadores sobre esses locais:
Diário Radical, da Monique
Esse mundo é nosso, do Rafael
Viaggio Mondo, da Fê Costa 

Fast Pass Viagens, da Maria do Carmo

E aí, tem alguma dica de planejamento ou local imperdível nestas cidades? Opine nos comentários abaixo! ... super obrigada!


E se já visitou países do Sudeste da Ásia, que tal ler este post e deixar sua dica por lá também hein!! :-D

E mais:
Siga o blog no Facebook
Acompanhe as fotos no Instagram
Turquia 7399786501001111813

Postar um comentário

  1. Istambul
    1) Com certeza de tram, ele vai pra todos os lados, uma espécie de metrô/bonde de superfície e é barato. Do aeroporto você deve combinar o metrô e o tram pra chegar até Sultanahmet (se precisar, passo as estações)
    2) O lado europeu é bem seguro, principalmente Sultanahmet e Beyoglu. O lado asiático eu não fiquei à noite, mas dizem que é mais deserto.
    3) Com certeza prove o chay, os diversos kebabs (o Adana é uma delícia) e o sorvete dos malabaristas na rua.
    4) Sultanahmet http://essemundoenosso.com.br/2012/06/13/istambul-as-primeiras-impressoes-de-sultanahmet/
    5) Na Ponta Galata. É INESQUECÍVEL http://essemundoenosso.com.br/2012/10/02/ponte-galata-istambul/
    8) O lado asiático. Ele até é falado aqui por nós brasileiros, mas TODOS os gringos com os quais conversei não tinham ideia nem de que a cidade é a única no mundo que fica em dois continentes. Aqui tem direitinho a forma de cruzar o Bósforo sem ser nos tours que não deixam você descer do outro lado http://essemundoenosso.com.br/2012/07/05/um-pe-na-europa-e-outro-na-asia-como-curtir-o-lado-asiatico-de-istambul/

    Capadócia
    1) Com certeza vale pegar um tour de dia todo e combinar várias atrações de acordo com o que você quer fazer. Os lugares são longe e mesmo que você alugue um carro vai ficar perdida.
    2) Infelizmente por tours, é meio complicado locomover. Dentro da cidade dá pra andar a pé mesmo ou alugar um quadriciclo ou bicicleta.
    3) A Sultan Balloons é a mais barata, é muito conhecida (há anos no mercado) e tem o plus do piloto que fala português. Eu fiz pela internet, mas os preços nas agências era o mesmo.

    E obrigado por indicar o Esse Mundo É Nosso. Se precisar de qualquer coisa, só gritar!!!

    ResponderExcluir
  2. Super obrigado pelas dicas Rafael! Através do seu blog me animei a viajar ainda mais para lá!
    Tá tudo devidamente anotado.... sorvete, kebab, por do sol, tram...;-)
    Não sabia que o sorvete dos malabaristas tinha em vários lugares, já vi vídeo e achei que era um local único praticamente.

    Para os tours de dia todo vc indica alguma agência então? É fácil de achar as agências, estão em alguma rua/área específica de Goreme, ou escondidas dentro das cavernas? rsrs

    ResponderExcluir
  3. Oiee Simone, adorei a ideia do post colaborativo. Vou tentar ajudar, vamos lá:
    ISTAMBUL - 1-Nessa segunda vez em que estive na cidade vi que a melhor forma de se movimentar por lá com certeza é adquirindo o Istambul Card ou o Akbil que são aceitos em toda a linha de tram ( que atravessa a cidade), metrô e funicular. Eu tive problemas em encontrar esse Istambul Card e comprei o Akbil que é como se fosse um pequeno imã que vc encaixa no polegar e passa nas catracas
    normalmente. Pra ir e voltar do aeroporto existem transfers privativos ou individuais que vc pode reservar direto com seu hotel ou hostel ou em qualquer agencia turistica. Paguei 5 euros no transfer coletivo e quando contratei o privativo, junto ao hotel, foi 40 liras divididas em 3 pessoas. Existe tbm a opção de táxi que dizem sair 40 liras, mas eu não confio e tenho a experiência de um amigo que pagou mais caro. Fora que os taxistas não falam inglês normalmente e pode ser meio problemático.rs

    2- Sim, sempre me senti muito segura à noite em Istambul, tanto em Sultanahmet como em Taksim, a parte mais central. Mas casp vá pra lá se prepare para uma grande muvuca. é muita gente, mta movimentação! No lado asiático não me aventurei mto, mas fui para kKarakoy e me senti perdida,haha. Faltou tempo para explorar mais.

    3- Poxa, a melhor parte,rs. Em Sultahnamet, seguindo a linha do tram, existe várias opções de restaurante com terraço, com vista para a mesquita azul iluminada, q é linda demais durante a noite. Gostei muito do Cozy Pub!http://www.cozypub.com/

    ÉFESOS
    É lá que também fica o Templo de ARTEMIS,ou na verdade a única coluna que sobrou dele e é imperdível. Além do sítio arqueológico de éfesus, tem que ir ao museu também que é impressionante! Lá por perto também tem algumas oficinas de fabricação de tapete. Mto interessante conhecer o processo.

    Bom, acho que é isso, se não vou me empolgar aqui,haha.
    A Capadócia eu indico fazer com guia, pq ele te conta muitas curiosidades do local e te mostra a história do ponto de vista dele. Ali cada pedra tem um significado.

    Beijooos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Simone, você acha esse sorvete por todos os lados. Sobre as agências, elas estão na praça principal em Goreme, não tem erro. Eu fui pela Yama Tour, que era indicada pela Lonely Planet e adorei. O serviço foi ótimo, nem 1% a reclamar. Os preços ali, na realidade, são todos meio tabelados. Tirando o balão, que depende se tem ou não espumante, se vão te buscar de van ou num carrão de luxo, etc.

    ResponderExcluir
  5. Adorei as dicas também Monique, obrigada!
    Super curioso esse sistema de "íma" no dedo, e deve ser bem prático. Como teremos vários dias na cidade acho que o card de desconto vai valer muito a pena, valeu a dica, ainda não tinha lido a respeito.

    Não sabia que cada pedra e local tinha um significado na Capadócia, achei que eram só formações rochosas mesmo, sem nenhum outro "sentido".

    ResponderExcluir
  6. Minha recomendação é ficar pelo menos 5 noites em Istambul, que é maravilhosa. Tem muita coisa para ver. Aconselho que seja visitada no final da primavera, começo do verão, pq é uma cidade jovem e super badalada, tem ótimo restaurantes e uma vida noturna incrível.
    Quanto a lugares históricos, meu Deus, são incontáveis, Mesquitas, Museus, Bazares, cemitérios, cafés ceculares, passeios de barco, palácios e mais palácios. Ninguém fica sem ter o que fazer em Istambul! Quer fazer compras os shoppings são divinos e tem todas as marcas famosas!
    Quanto a conhecer a Capadócia, aconselho jamais fazer em menos de 3 dias, pois seria um sério pecado. Pode chover, ventar ou qualquer outro imprevisto e você perder o que será o seu melhor e mais memorável passeio - Andar de balão ao amanhecer na Capadócia! Os outros você vai conhecer locais mágicos com histórias intrigantes e surpreendentes, garanto!
    Beijos em todos!
    Turquia um lugar que ninguém pode morrer antes de conhecer!

    ResponderExcluir
  7. Se for usar muito transporte público, vale a pena os "cards" como a Monique disse. Eu usei o Istanbulkart, lá no blog te o relato! Bjs

    ResponderExcluir
  8. Quero saber sobre Pamukalle, quantas horas sefor pralá através de Kudasasi? É possivel ir de ônibus? Li em algum lugar que poderia ir de Istambul para Éfeso, dormiria em Kudasasi e iria pra pamulalle de de lá voltaria a Istambul. Vc imagina isto em quantas horas? Estou perguntando porque desta forma a viagem sai pela metade do valor.

    ResponderExcluir
  9. Olá Ivy!
    Bom, nós não viajamos para lá ainda, mas pelo que já pesquisei é o seguinte: a partir de Kusadasi deve levar pouco mais de 3h de ônibus para chegar até Pamukkale.
    Para este roteiro que falou, fazendo de onibus seria +ou- isso: Istambul para Éfesos tem que pegar ônibus noturno, leva umas 12h. A cidade mais próxima para dormir e visitar ÉFESOS é Selçuk, já Izmir ou Kusadasi ficam um pouco mais distantes mas tb é possível e deve ter que pegar um onibus urbano ou táxi para chegar.

    Voltar de Pamukkale p/ Istambul é a mesma coisa: onibus noturno e 10-12h de viagem. Então para este trajeto vc precisaria de uns 4 dias (Istambul-Selçuk/Éfesos-Pamukkale-Istambul) e 3 noites pelo menos, sendo que 2 seriam dormidas no ônibus, é bem cansativo. Isso é o minimo, se você chegasse em Selçuk, visitasse Éfesos no mesmo dia e já pegasse o ônibus para Pamukkale cedo no dia seguinte.
    Todo mundo que já foi de ônibus diz que é cansativo mesmo, e recomenda pagar um pouco mais e pegar um avião, que em 1:10 faz o trecho direto até Pamukkale (descendo na cidade de Denizli). Veja preço de passagens avião pelo site da Turkish Airlines, comprando com bastante antecedência os preços são muito bons.

    ResponderExcluir
  10. Oi!Adoro ler seus posts por isso faço questão de ajudar no que for possível.

    A Turquia é um lugar surpreendente. Estive por lá em junho deste ano.

    Minhas opiniões sobre os lugares:

    Istambul
    --- Período:
    Ficamos por lá por cinco noites e mais uma noite que voltamos da Capadócia: Ficou faltando o Palácio Dolhmabahçe. Mas isto porque algumas de nós perdemos um pouco a linha com as compras por lá! Então, eu acho que quatro dias inteiros está de bom tamanho;

    --- Onde ficar:
    Ficamos no Hotel Erboy (quarto triplo por EUR 110)por cinco noites. Recomendo muitíssimo! Eles dão mapa da cidade, tem wifi gratuito nos quartos e é perto das principais atrações turísticas da cidade e a um quarteirão da estação do tram. Na volta da Capadócia, por não conseguirmos vaga no Erboy, ficamos no hotel ao lado, o Sude Konak. Também recomendo!

    Nós não gostamos muito da comida turca. O café da manhã do Sude Konak é melhor do que o do Erboy pois é mais internacional e muito mais farto.
    Como comentário destes dois hotéis, só estranhei o fato de não ter frigobar porque depois de um dia cansativo tudo o que queríamos era beber uma boa água gelada, tomar um banho e descansar mas depois com um tempo percebemos que até nos restaurantes, tínhamos sempre que pedir gelo. Concluí que não é da cultura deles.

    --- Circulando:
    Por estarmos bem localizadas, andamos muito e só pegamos o tram quando fomos para Taksim;

    ---- Segurança:
    Andamos pouco à noite em Istambul mas no que andamos nos sentimos segura.

    --- Restaurantes:
    Praticamente quase todos os dias jantamos no restaurante Ozzler, pertinho do Hotel. Adoramos o tempero de lá.

    --- Lugares:
    Eu gostei muito do Palácio Topkapi. Eu aluguei um aúdio-guia e acho que valeu a pena. E o que eu mais gostei de lá foi a Sala do Tesouro. Acho que qualquer mulher fica maluca em ver tanta esmeralda, ouro e outras pedras preciosas. E sem falar na parte das túnicas dos sultões. Impressionante o estado de preservação delas.
    Eu, que não gosto muito de andar na multidão, adorei ser mais uma na rua Istlikal Caddesi. Ver aquela multidão indo-e-vindo e um bondinho dividindo-na ao meio foi muito interessante.
    Um passeio agradável é andar de barco pelo Bósforo. Nós não fomos nestes tours comprados, simplesmente compramos o bilhete no local e entramos.
    Imperdível historicamente falando é ir ao Museu de História Nacional onde um dos destaques é a tumba de Alexandre, o Grande. Um museu muito importante não só pela quantidade de peças como a importância de cada uma delas. Gostei mesmo!

    ---Compras:
    Compramos algumas coisas no Grand Bazaar (almofadas de seda). Minhas amigas compraram luminárias, castiçais...

    Pamukkale
    --- Foi um dos lugares mais bonitos que vi na minha vida. Aqui abro um parêntese (minhas amigas preferiram fechar o pacote em Istambul - coisa que me arrependo, eu adoro ter liberdade no meu roteiro porém não há como negar que as partes dos traslados foram muito práticas).

    --- Nós fechamos um tour para lá. Ficamos em Kusadaki. De lá para Pamukkale levou quase 3 horas. Chegamos na hora do almoço, o guia nos levou para lá e depois resolveu fixar um bom tempo nas piscinas de Cleópatra. Aqui nós abandonamos o passeio pois eu queria ficar nas travertinas. O que nos custou não conhecer Hierápolis. Não nos arrependemos. Hoje se tivesse que repetir o passeio, dormiria em Pamukkale e faria tudo ao meu tempo. Escrevo isso para ajudar outras pessoas que queiram em pensar em fazer como nós.

    --- De lá, você tem que ir para rodoviária de Denizli. Vi vários Dolmus (vans) que fazem o trajeto Selçuk - Pamukkale. Se tiver já agendado o hotel, seria bom perguntar para o próprio.


    ResponderExcluir
  11. Sobre a Capadócia

    --- Período
    Eu planejei ficar três dias na Capadócia. Havia lido que o tempo lá é instável e eu iria ter um treco se eu chegasse por lá e não fizesse o passeio de balão por causa das condições climáticas. Os tours na Capadócia são meio padronizados e recebem o nome de cores. Então, fizemos:
    Um dia para o tour vermelho
    Um dia para o tour verde e o passeio de balão
    Um dia livre.

    Passeio de balão: Fiz com a Kapadokia Balloons. Não feche nada no Brasil. Pague por lá mesmo que conseguirá preços muito mais em conta.

    Eu achei o passeio verde muito mais interessante. Por quê? O Tour vermelho parece mais viagem superficial. O carro pára, você tira fotos e entra no carro. O mais interessante que é o Museu Aberto de Goreme, não tivemos tempo e fiquei um pouco decepcionada com isso. Já o verde, nós conhecemos a cidade subterrânea Derinkuyu, caminhamos pelo Lhara Valley e conhecemos o Monastério de Selime.

    Eu vou procurar os papéis para te dizer qual foi a agência coom que fizemos o passeio pela Capadócia. O tour verde fizemos com a guia Tuba (não sei como se escreve) e ela demonstrou ter muita paixão pelo que ela fazia.

    Se sua viagem for só para a Turquia, feche-a com chave de ouro pela Capadócia. Nós saímos muito eufóricas de lá, principalmente depois do passeio de balão. Aquilo não sairá jamais da minha memória. A gente sempre imagina como vai ver mas é tão bom quando algo supera suas expectativas! Valeu muito a pena!

    Eu tenho um blog que é um diário de viagens mas ainda não escrevi sobre a Turquia mas tenho um relato no site Mochileiros.com: o link é este http://www.mochileiros.com/grecia-e-turquia-com-stop-over-em-paris-t70768.html

    Desculpe por escrever demais, eu acabo me empolgando. Espero que tenha sido de alguma serventia.

    ResponderExcluir
  12. Por último, os tours valeram a pena menos para o Open Air Museum. Como são muitos grupos, todos tem um tempo "cronometrado" para entrar nas cavernas/igrejas. Fica difícil contemplar, prestar atenção nos detalhes...

    Então, sugiro ficar mais um dia pela Capadócia para fazer Museu Aberto de Göreme por conta própria. Eles fornecem áudio-guia. Além

    Boa Viagem!

    ResponderExcluir
  13. Oi Pat Alves
    Primeiro fiquei contente em saber que é leitora do blog e curte as postagens, e depois queria agradecer por tantas informações que vc compatilhou aqui! Muita coisa útil e bacana, não sabia destes "tours por cores", foi bom já ter uma idéia do que tem em cada um.
    Tô morrendo de medo de não dar para fazer o passeio de balão, afinal teremos praticamente 1 chance só! Mas se São Pedro quiser há de dar tudo certo!! :-D Torça por nós! Bjo e volte mais vezes.

    ResponderExcluir
  14. Simone, tô babando no seu roteiro ;-) Nunca fui então não tenho o que contribuir, mas temos um 3x4 lá no Aprendiz sobre Istambul e Capadócia e justamente no inverno, o passeio de balão com neve e tudo: http://www.aprendizdeviajante.com/index.php/2012/01/11/istambul-e-capadocia-na-turquia-com-a/

    ResponderExcluir
  15. Já fui ler e ver as fotos da Capadócia na neve e adorei, valeu a dica Lu, ainda não tinha lido este post! :)

    ResponderExcluir
  16. Oi Simone! Acabei de voltar de Istambul e como acho que não vai dar tempo de publicar as dicas no Vambora antes de vc ir, coloco aqui algumas das coisas que eu mais gostei por lá:
    1- Transporte vc vai se dar bem com o Tram (metro de superfície) que cobre as áreas mais turísticas
    2- Achei a cidade muitoooo segura, mas como toda grande metrópole eu evitaria andar em lugares mais centrais e obscuros a noite (depois das 23h30), principalmente no centro. na ponte de galata tem um pessoal cheirando cola a noite também e não é legal...não fizeram nada mas não é o tipo de coisa que vc quer encontrar e lidar numa viagem
    3- Fui em alguns ótimos mas entre os TOP estão o 360º, o Khorasani pertinho da Santa Sofia e um bem tradicional no andar de cima do mercado de especiarias.
    4- Se hospedar Sultahamed e Beyoglu (deles dá para conhecer 80% das atrações a pé)
    5- Pôr do sol lindo: no bar 360º, ir no cruzeiro no bósforo no final da tarde e o mais lindo de todos, na minha opinião, foi na Torre de Gálata. Fica cheio, o lugar é pequeno mas valeu muitooooo...um dos mais lindos que eu já vi na vida
    6- 360º é bem legal já que mistura meio bar descolado com vistas lindas. O Reina também é lindo e super bem recomendado, embaixo da 1ª ponte e com vista para o Bósforo. O The House Café também com vista para o bósforo e mesas quase na água achei romantiquíssimo! :-)

    ResponderExcluir
  17. Dan Araujo7/1/13

    Olá Simone, também iremos para a Turquia no inverno e estamos com a mesma dúvida que você quanto a Pamukkale e Capadócia. Estamos tirando a Capadócia do roteiro e ainda mantivemos Pamukkale... Mas não consegui nenhum informação sobre o inverno lá em Pamukkale. Você irá? Se já foi, o que achou?

    Obrigado desde já,
    Daniel

    ResponderExcluir
  18. Nãaaao Dan Araujo!! Se for excluir um dos 2 lugares do seu roteiro na Turquia, e por causa do inverno, que seja Pamukkale. Capadócia é demais de imperdível e única, dá vontade de voltar várias outras vezes. (nossa opinião)

    Já visitamos os 2 lugares, e Pamukkale (+Hierápolis) apesar de ser muito bonito e especial é mais complicadinho no inverno pois tem que ir sem sapatos... e seu pé gela na subida! A água é quente/termal mais na parte de cima e em alguns pontos, porém mais embaixo se pisa direto no calcário frio. Em um dia se vê tudo, já na Capadócia dá para ficar 2-3-4 dias na boa, que tem coisa para ver e fazer. Principalmente na cidadezinha de Goreme, que é bem charmosinha e no meio das formações rochosas, e a comida é boa.

    Quanto a Capadócia, nenhum problema em relação a ser inverno, apenas é preciso se agasalhar bem, com toucas, luvas, meias bem quentinhas, principalmente se for fazer o passeio de balão, experiência que super recomendo (apesar do preço salgado!), pois é algo realmente especial! Se der, voe pela Sultan Balloons, eles são muito bons!

    ResponderExcluir
  19. Outra coisa: inverno em Pamukkale meio que significa não entrar na água, a não ser que você seja muito corajoso!! (o pessoal só põe o pézinho e olhe lá!)
    Nas termas de Cleopatra (Antique Pools), tinha só 3 pessoas na água, apesar de ser bem quentinha. Já no verão ou meia estação fica cheia. ;-)
    A vantagem de viajar no inverno para a Turquia é que é baixa estação, e as coisas ficam bem mais vazias, tornando os passeios mais calmos e "exclusivos", sem tanta aglomeração.

    ResponderExcluir
  20. Dan Araujo7/1/13

    Simone, muito obrigado mesmo pelas dicas. Visto isso vamos mesmo para a Capadócia que já era um sonho nosso conhecer... Ficamos meio frustrados quando vimos muita neve nas fotos de alguns blogs e em alguns casos não havia sol... Mas deve mesmo ser uma experiência única e diferente, ainda mais com a neve... Em termos de localização, você acha que é melhor ficar em Goreme?

    Muito obrigado!
    Daniel

    ResponderExcluir
  21. Oi Daniel! Olha, as fotos que vi da Capadócia com neve estavam lindas, então eu até que desejei que nevasse enquanto estivéssemos lá. Os balões voam mesmo assim, a não ser que no horário especifico do vôo esteja nevando (ou muito vento), mas com neve já no chão sem problemas. O baloeiro que nos levou disse que fica lindo!! Quanto ao sol e céu azul, aí vai da sorte. Pra gente os dois dias abriu bem o céu e azulou, ficou bonito.
    Indico Goreme para ficar sim, a cidadezinha é bem legal, cheia de formações rochosas no meio dela, e lá que fica o Goreme Open Air Museum, que vale a pena ir (pode ir andando por conta própria, é pertinho).
    Vá tranquilo (mas bem agasalhado- ceroula e segunda pele embaixo da roupa é essencial), e pede para São Pedro dar uma forcinha com o tempo! ;-)

    ResponderExcluir
  22. Qual é a melhor época para ir à Turquia?

    ResponderExcluir
  23. Depende Luana.

    Depende do que qur fazer lá, e do quanto você tem afinidade ou não com o frio ou o calor. Fomos agora no inverno e foi tudo ok, pois vestimos roupas adequadas e moramos no sul do Brasil, então já estamos acostumados com o frio. Pegamos temperaturas entre 7 e 17 graus. A vantagem do inverno é que é super baixa temporada lá, então os preços das coisas e de hospedagem ficam mais baratos, além de ter muito menos gente pelas ruas e aglomerados nos pontos turisticos.
    Já viajamos em todas as estações, e posso dizer que as melhores épocas são as de meia-estação, nem muito quente nem frio. Primavera é a melhor opção sempre, e verão se seu objetivo é visitar o litoral e praias é claro.
    Espero ter ajudado. Lembre que na Turquia as estações do ano são invertidas em relação ao Brasil, então quanto aqui é verão, lá é inverno. E quando no BR é outono, lá é primavera. ;-)

    ResponderExcluir
  24. Anônimo25/2/13

    Uma dica para quem for a Capadócia é contratar os passeios e/ou voo de balão em Navsehir, que costuma ser mais barato. Eu fiquei em Goreme, mas contratei os passeios na rodoviária de Navsehir, assim que cheguei. Além de cobrar mais barato, a agência nos ofereceu transporte cortesia até o hotel em Goreme.
    O voo de balão de uma hora foi feito pela Turca Ballon e custou 100 euros, com um atendimento excelente.
    Valéria

    ResponderExcluir
  25. Ola, gostaria de saber o que ficar melhor a sequencia dos passeios: Istambul, capadocia e pamukale, mas pelo o que vi, terei que pegar voo tanto de kayseri ( se estiver na capadocia, ou se estiver em istambul, pois e longe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Cintia! expliquei um pouco sobre as formas de deslocamento em outro post do blog. Tanto faz se for Istambul- Capadócia - Pamukkale ou o inverso, depende do que achar de vôos disponíveis e do preço. Fizemos Istambul- Capadócia primeiro, mas entrando pelo aeroporto de Nevsehir que era mais barato. E depois avião de lá para denizli (Pamukkale). De lá para Ephesos e Izmir de trem, e de Izmir voltamos para Istambul de avião. Existem onibus noturnos que saem de Istambul para estes lugares, mas o trajeto é longo e dura cerca de 12 a 14 horas.

      Excluir

emo-but-icon

Página inicial item

Pesquisar no blog

Reserve seu Hotel

Celular no Exterior

RECEBA NOSSOS POSTS

Loja Viagema

Curta no Facebook

Leia Também