Loading...

TIRANDO VISTO EUA- dicas e a entrevista

A burocracia para tirar o visto para os Estados Unidos é terrível. O processo é demorado e também caro (mesmo se você não for aprovado, pois o pagamento é todo feito antes!).

Primeiro, é entrar no site http://www.visto-eua.com.br (não existe mais! ver ABAIXO), se cadastrar e pagar a taxa para poder agendar uma data em um dos consulados aqui no Brasil (só em SP, RJ, Brasília e Recife). O prazo de espera para agendar em algumas cidades como SP pode ser de até 120 dias, portanto se antecipe! DICA: Se achar que é muito tempo de espera, saia do site e entre novamente após algumas horas ou nos dias seguintes, pode ser que tenha aberto vaga e o prazo da próxima data de agendamento tenha diminuído bastante.

!!ATENÇÃO!!: no ínicio de 2012 as regras para obter visto para os EUA mudaram, assim como o site para solicitação. O processo todo está um pouquinho diferente do descrito aqui, mas é possível se inscrever e obter mais informações através do novo site oficial do Consulado Americano, clicando neste link e seguindo as orientações.


Depois de agendar é preciso responder a um extenso formulário online, que deve ser inteiramente respondido em inglês*. Mas não se desespere tanto com isso, pois a maior parte das respostas é múltipla escolha, então é só “clicar” na resposta. Procure dicas sobre as perguntas do formulário e como responder ANTES de se aventurar e preencher, assim você vai ficar mais calmo na hora e fazer tudo mais rápido. Vá salvando o arquivo sempre durante o preenchimento, pois existe tempo máximo/limite para cada vez que for responder. Se não deu no tempo inicial e vc salvou, depois pode entrar de novo e continuar preenchendo a partir dali.

DICA*: se você não sabe quase nada de inglês, use o Google Translate para ir traduzindo o que está escrito. Coloque o texto em inglês na caixinha do lado esquerdo, e a tradução para o português aparecerá do lado direito (às vezes com erros, mas dá para entender).

Após preencher e enviar, pagar a taxa de U$ 140,00 em qualquer agência do Citibank (não sei que preço está em 2012, mas parece que BAIXOU agora que as regras mudaram). Eles convertem para Reais na taxa do dia, e lhe dão um bônus de desconto para comprar dólares nos bancos da rede Citibank, que pode compensar.

Agora, a parte mais temida e esperada - O DIA DA ENTREVISTA! Vou contar como foi a minha experiência:

- agendei para SP, numa sexta-feira às 11h da manhã (julho 2011).
- comprei passagens baratinhas pela Gol e Webjet, mas o vôo da Gol saiu atrasado de Curitiba por causa da neblina. Chegamos lá quase em cima da hora, entrei era 10 para as 11h...
- entrei meio apreensiva, pois achei que o Hiro (marido) viria junto também, mas não deixam nenhum acompanhante entrar. Fiquei preocupada em ficar lá dentro por horas sozinha e nervosa, e também por ele ficar lá fora me esperando sem ter o que fazer! Mas enfim... tive que ir sozinha.
- passei pela segurança/revista e entrei. Segui a linha verde no chão até o balcão da recepção. Uma muvuca de gente por ali.
- pedi minha senha, e perguntei se havia SENHA PREFERÊNCIAL PARA GRÁVIDAS, e me disseram que sim. Pediram um comprovante, mas eu tinha esquecido de levar!
- com muita sorte e fé, consegui convencer as 2 mulheres + a supervisora que foi chamada para resolver de que eu estava mesmo grávida. Acho que minha carinha de decepção foi tão grande e verdadeira, assim como minha explicação e justificativa, que me deram a senha, ufa!
- na “pré-entrevista” não tinha fila (ou pelo menos para mim não teve). Fiquei ali na frente e o rapaz já me chamou, perguntou o motivo da viagem e recolheu meus passaporte e documentos. Me disse para esperar chamarem a senha pelo painel vermelho.
- sentei e fiquei de olho no painel. Esta foi a parte mais demorada. Os números mudam a qualquer segundo, mostrando em qual guichê deve ir. Uma moça me deu a dica para olhar nas TVs ali do lado, que as próximas senhas a chamar apareciam ANTES do que no painel. Muito melhor, senão não daria nem para piscar com medo de perder a vez!
- esperei uns 15 minutos ali nos bancos, fui chamada e deixei minhas impressões digitais.
- o rapaz das digitais falou para entrar em contato com um inspetor ali na frente, que me encaminhou na hora até a inspetora da fila final da ENTREVISTA. Para minha surpresa, ela me passou diretamente ao próximo entrevistador, sem ter que enfrentar aquela fila enoooorme, que deveria ter pelo menos umas 100 pessoas. Não deu nem tempo de pensar ou ficar nervosa!

A entrevista em si:

OBS: fui atendida no último guichê, número 14. Atendente homem, jovem, nem simpático nem grosseiro, simplesmente sério e direto, com leve sotaque americano.
ATENDENTE: Bom dia
EU: Bom Dia
ATENDENTE: Por que quer ir aos Estados Unidos?
EU: Para turismo e compras.
ATENDENTE: Já foi para lá alguma vez?
EU: lá não, mas já viajei para outros países.
ATENDENTE: Para onde pretende ir?
EU: Nova York
ATENDENTE: Tem parentes por lá?
EU: O que ? Não entendi: clientes?
ATENDENTE: Não, parentes.
EU: Ah. Não, nenhum.
ATENDENTE: Trabalha com o que?
EU: sou designer de produto
Nisso percebi que ele estava olhando a ficha que preenchi online, pois ele falou: freelancer? Respondi: Sim, freelancer. (o que significa que não tenho vínculo de trabalho com empresa nenhuma...!)
ATENDENTE: Quanto ganha por mês?
EU: em média X, as vezes menos e as vezes mais.
ATENDENTE: Seu marido trabalha com o que?
EU: ele é designer também, mas não trabalha junto comigo, é em empresa diferente.
ATENDENTE: E seu marido, ganha quanto?
EU: entre X e Y... (maior que meu salário- e no formulário dizia que era ele quem iria bancar a viagem)
ATENDENTE: Se ele vai junto com você, por que não está aqui agora?
EU: porque ele tem dupla cidadania, e então pretende viajar com seu passaporte japonês, que está aqui comigo, quer ver? (OBS: japoneses não precisam de visto)
ATENDENTE: Quero
Resolvi passar os 2 passaportes de meu marido, o japonês (recentemente renovado, já com chip), e o brasileiro, cheio de carimbos de viagens anteriores. Expliquei isso. Ele folheou muito rapidamente as páginas e olhou a foto dos 2 passaportes, os colocou de volta no balcão e...
ATENDENTE: VISTO APROVADO, é só passar no balcão de sedex e pagar a taxa de envio.
EU: (meio pasma com a rapidez). Tá bem, obrigada, tchau.

Prontinho, simples assim! Toda a conversa acima durou uns 3 minutos no máximo. Embora eu tenha juntado uma série de documentos e comprovantes, não foi pedido absolutamente nada. Toda a minha apreensão sobre demonstrar vínculo com o Brasil acabou ali! Fiquei tão alegre que nem mostrei a senha e pedi preferencia na fila do sedex. Achei que tinha pouca gente, que já tinha sido sortuda demais, e resolvi entrar na fila como qualquer outro mortal e esperar, foi rapidinho, uns 10-15 minutos no máximo.

Agora pasmem a diferença de tempo gasto! No total, entrei e saí em cerca de 50 minutos! Meu companheiro de fila havia entrado antes das 8h da manhã, e estava ali na fila as 11:30 ainda, ou seja:  mais de 3:30h no processo! Vantagem de estar grávida! :-D

OBS 1: quem estiver nesta mesma situação, não esqueça de levar a confirmação da gravidez, seja beta-hcg (mesmo quantitativo), carteirinha gestante ou ultrassom. Foi só por milagre e boa fé mesmo que me deixaram passar! (fiquei satisfeita, afinal eu não estava mentindo, então tudo foi como deveria ser mesmo...)

O que ajudou:
- preencher o formulário com a verdade (mesmo sobre ser freelancer), e na hora confirmar tudo como foi preenchido lá, com calma e sem abrir margem para outras interpretações.
- já ter viajado para outros países, ter o passaporte carimbado. Isso significa que somos turistas, gostamos de viajar (e sempre retornamos), e que portanto só queremos ir até os EUA visitar mesmo!
- não ter parentes por lá. É contraditório, parece que é algo que ajuda, mas não é. Costuma dar pepino quando a pessoa tem parentes, pois acham que ela vai querer ficar morando lá junto ilegalmente ou mesmo tentar virar imigrante legal.

OBS: no formulário não inventei moda => na hora que pediram endereço de contato nos EUA, escrevi assim bem simples mesmo: “hotel not reserved yet” (= "hotel ainda não reservado"). Essa era a verdade e pronto, achei melhor não ficar buscando nome de hotel só para colocar ali, pois depois se me pedissem o comprovante da reserva eu não teria para mostrar...e aí quando eles pegam uma mentira o negócio complica.


E mais:
Siga o blog no Facebook
Acompanhe as fotos no Instagram


Visto 7054601132358568029

Postar um comentário

  1. Ola Simone, as pessoas ficam com muito medo para esta entrevista. Mas acho que e' bem tranquila. Vamos no proximo ano para os USA visitar meu cunhado. Mas com passaporte alemao nao precisaremos de visto, ufa. Gostaria de convidar vc para prestigiar o lancamento do meu primeiro guia de viagens editado aqui na Alemanha. Vou ficar feliz com sua visita.
    Beijos e um otimo domingo.

    ResponderExcluir
  2. Bacana, no próximo ano vou tentar o meu! Curti muito o post, abs.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo24/7/11

    Vc já tinha suas passagens e hotel comprados?
    Seria melhor levar os comprovantes de hotel e passagens ou vc acha que não precisa? Que prejudicaria?
    Relato muito importante o seu

    ResponderExcluir
  4. Olha, eu não tinha nada comprado, nem sequer tinha certeza da data. Eu havia somente reservado a emissão da passagem (com milhas) 1 dia antes, levei o comprovante mas como já disse não pediram nada.
    Particularmente, acho arriscado comprar tudo antes, pois apesar do percentual de aprovação estar em torno de 94-95%, sempre existe o risco de negarem, e aí a perda de $ é maior.
    Agora, se já tiver as reservas leve sim, para mostrar que você tem data de ida e de VOLTA (principalmente áereo) ;-)

    ResponderExcluir
  5. Moisés Lima24/7/11

    Na época que fui tirar o visto pela primeira vez (ano que vem terei que renovar), busquei pesquisar bastante pela Internet e conversando com pessoas que já tinham feito o processo. Mesmo tendo a real intenção de somente fazer turismo, muitas vezes bate um nervosismo. A minha entrevista foi bem sucinta também e não foi pedido nenhum documento adicional (extrato bancário, IR, comprovantes, etc). Com relação aos destinos aos quais tinha intenção de visitar, citei somente a Florida, e também não mencionei conhecer qualquer pessoa que morasse lá (apesar de conhecer). Nas respostas você tem que ser direto, não prolongar ou tentar explicar demais algum assunto, ou seja ser firme e assertivo.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo25/7/11

    Congratulations Simone! Muito bom seu blog!
    Meu nome é Aline, e vou viajar pra lá em dezembro. Vou pra três lugares por lá. Estou muito apreensiva, com medo do meu visto ser negado. Minha entrevista está marcada para outubro.
    Tenho 19 anos, estudo numa Universidade Federal, sou estagiária num órgão público e professora de inglês, na Wizard. Eu mesma estou bancando a viagem.

    Estou indo por uma agência de viagens que está me dando um bom apoio, com comprovantes de ida, volta, hotéis, etc. MAS meu medo maior é de que eles estranhem a minha idade para bancar uma viagem desse porte e neguem meu visto.

    Será que meu medo pode se concretizar mesmo?

    Thank you soo much!
    Seus posts me ajudam muito! :D

    ResponderExcluir
  7. Aline

    É como o Moisés (acima) escreveu: é preciso ser bem direta, confiante, objetiva. Respondendo assim, e sem conflitos com seu formulário, dificilmente vão lhe pedir comprovantes adicionais. Mas leve seu comprovante de estágio, trabalho e da universidade, são 3 provas de vínculo com o BR bem fortes! As entrevistas todas são rápidas, pela quantidade de pessoas por dia (em SP, mais de 2000) eles não tem tempo de ficar verificando tudo.

    Acho que tem tudo pra dar certo sim!! Tenta perder um pouquinho do medo e vai positiva, vou torcer por vc! :) (depois me conta se deu certo)

    ResponderExcluir
  8. Moisés Lima25/7/11

    Aline, mesmo que você pretenda viajar pra mais de um local não seria melhor simplificar as coisas e informar somente um destino, e mais que isso um destino manjado, como NYC ou Orlando/Miami-FLA? Porque o entrevistador pode querer perguntar mais detalhes e se você estiver meio apreensiva pode se atrapalhar um pouco. Neste destino, esteja bem informada das atrações turísticas/culturais as quais você pode citar que quer conhecer. Isto destacaria bem o caráter de turismo da viagem. Lembre-se de simplificar as coisas! Boa sorte!

    ResponderExcluir
  9. Boa dica Moisés!

    Eu mesma vou p/ NY e Washington, mas só citei NY para facilitar.
    Só não faça isso se no comprovante do pacote turístico de sua agência foi aparecer tudo, aí pode causar problemas!

    ResponderExcluir
  10. Anônimo26/7/11

    Muito obrigada, gente!
    Me ajudaram muito mesmo! Pode deixar, que assim que tudo ocorrer eu conto pra vocês!

    Vou estar sempre por aqui :)
    Abraços galerinha!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns Simone pelo 1 ano de blog. Sucesso sempre! Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Legal sua narrativa minuciosa do que ocorre por lá. Estou começando essa a função do visto hoje mesmo, e acabei esclarecendo muitas dúvidas por aqui. VALEU!!!

    ResponderExcluir
  13. Anônimo7/11/11

    Gentee, aqui é a Aline!
    Vim aqui pra dizer que eu CONSEGUI O VISTO!!! Fiquei tão feliz que é impossível descrever! Agora minha viagem se realizará com toda certeza! Estou indo daqui um mês mais ou menos..
    Muuito obrigada por esse depoimento que me ajudou pra caramba! Quando eu chegar, dou um depoimento de como foi! Beeijos e obrigada! :D

    ResponderExcluir
  14. Que bom que conseguiu Aline, fico contente por vc e pelas dicas terem ajudado!
    Boa viagem e estadia por lá! Depois conte as novidades sim. Bjo

    ResponderExcluir
  15. Anônimo24/11/11

    ENTAO PESSOAL,
    realmente quero APENAS fazer uma visita e comparecer numa reuniao de parte da familia da minha esposa que é canadense...
    tenho 20 anos,nos casamos a 7 meses na costa rica(e agora minha documentação acabou d chegar no brasil e darei entrada na papelada pro canada e ela pro brasil,pq vamos ficar um tempo por aqui)... ja viajei pra alemanha com minha esposa, na epoca noiva(tudo certinho).
    nao trabalho e nem estudo no momento, mas acabei de registrar uma empresa q vai começar as atividades ano quem vem...
    quero visitar os eua e parte da familia dela(mas ela nao eh cidada americana e nunca trabalhou ou estudou lah), o q me faz acreditar no meu visto eh q seria irracional uma pessoa querer viver ilegalmente no EUA se embreve podera viver legalmente no canada, pais da minha esposa(logo ali em cima).. estou torcendo q nao peçam muito, pois quero apenas viajar e encontrar minha esposa e familia, espero q acreditem na minha real intenção de ficar apenas um mes! alem disso tenho uma filha no brasil(brasileira mesmo).
    qualquer dica, sou todo ouvidos!! abrcs!

    ResponderExcluir
  16. Olha... pelo que sei ter conhecidos e parentes por lá é meio visto com desconfiança pelos agentes que concedem o visto... mas é importante falar a verdade pois se é casado com ela então eles possuem meios de checar, até porque você deve ter citado isso em seu formulário online. Só que conte isso bem resumido (e só quando perguntarem), pois qto + vc detalha e amplia a história parece que mais "encanam" com ela!
    Foque no fato de ter aberto uma empresa e de ter uma filha aqui, que é o que mostra vinculos fortes com o Brasil.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo29/12/11

    Olá Simone! Parabéns pela iniciativa do blog, é muito importante trocar informações numa hora dessas rs. Bom, meu nome é Luana e vou tentar o visto de turista para os EUA pela primeira vez, nunca viajei para o exterior. Quero ir para passear e conhecer a família do meu noivo que é americano. Ele esteve no Brasil em 2011 por 6 meses e futuramente nós vamos dar entrada no meu visto de noiva. No momento estou concluindo a minha faculdade,tenho bolsa integral (estou no último ano - 2012) e faço estágio. A última empresa que trabalhei fechou e eu estou recebeno seguro desemprego, entao nao vou procurar outro emprego antes da viagem, que deve ser em março. Eu estou processando esta empresa, pois fecharam sem pagar nada a ninguém, meu processo já está correndo, a terceira audiência já foi marcada, vc acha que devo apresentar isso como tb sendo um vínculo, além da faculdade e estágio? Meu noivo me enviará uma carta convite e minha mãe e eu estamos custeando a viagem, ela tem mais de 10.000 reais em conta poupança para que eu possa apresentar, além do meu cartao de crédito. Vc acha que as minhas chances são boas? Obrigada pela atenção!

    ResponderExcluir
  18. Olha Luana, depende de muitos fatores...
    Sugiro que leve os papeis do processo com datas, mas que só fale a respeito se perguntarem e se os outros comprovantes não forem suficientes.

    Ter parentes e conhecidos por lá é sempre visto como arriscado para eles, mas tem que tentar.

    Cartão de crédito por si só não garante nada, o melhor é levar seu extrato bancário de conta corrente e poupança do último mês pelo menos.

    Como já disse, é bom ser objetivo e breve ao responder, o processo é feito para ser assim, rápido, pois atendem milhares de pessoas por dia (consulado SP)

    ResponderExcluir
  19. Anônimo18/1/12

    Oi Simone, parabéns pelo seu blog. A minha dúvida é bem simples e cheguei no teu blog por isso. Vc disse que estava grávida qdo foi entrevistada. Pretendo fazer uma viagem para os Eua esse ano, quero ir a um congresso e aproveitar pra conhecer NY. Fiquei pensando se a gravidez não atrapalharia, tipo eles pensarem que quero ir para o bebê nascer lá (?). E na hora de desnbarcar lá com uma barriguinha? Não seria um problema? Obrigada Bjuss

    ResponderExcluir
  20. Olha, eu estava com pouca barriga e quase não dava para perceber, então em nenhum momento alguém questionou, nem mesmo por causa da minha senha preferencial.
    Na hora do desembarque (que foi em Washington), só passamos pela cabine e mostramos o passaporte, não foi feita nenhuma pergunta tipo imigração.
    Acho que o fato de estar grávida não deve causar problemas, só tente comprovar seu vinculo aqui com o Brasil (e renda, que é o principal).

    ResponderExcluir
  21. Anônimo17/7/12

    oi pessoal, aqui é o Ricardo!
    Me ajudem pelo amor de Deus, Tenho apenas 16 anos, quero viajar para os EUA, no intercambio e meu pai vai bancar toda a viagem.. Pelo o que eu vi em outros sites, a idade é muito relativa, tipo, se vc fr novo, é negado. Me ajudem! O que acham?

    ResponderExcluir
  22. Olá Ricardo!

    Olha, é como já foi dito no texto e nos comentários: é tudo muito relativo. Se você for com os documentos solicitados em dia mais os da escola de intercâmbio acho que não haverá problema algum, mas só indo lá para saber!
    O fato do seu pai bancar a viagem é normal, afinal vc só tem 16 anos! Leve algum comprovante de renda de seu pai, como extrato bancário dos últimos 3 meses e a declaração de imposto de renda para garantir.
    Como brasileiro está dando muito dinheiro por lá, eles estão bem flexíveis nas aprovações. Vá tranquilo, responda só o que te perguntarem, e tudo deve dar certo. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  23. Anônimo23/7/12

    OLA MEU NOME E ROSELI , GOSTARIA DE SABER O SITE PARA A REALIZAR A INSCRIÇÃO DO VISTO VC PODERIA ME AJUDAR

    ResponderExcluir
  24. Olá Roseli

    Sua pergunta tem fundamento, pois o site para solicitar o visto para EUA mudou mesmo! O novo endereço é: http://usvisa-info.com/pt-BR/selfservice/ss_country_welcome , e lá você pode obter mais informações.

    No início deste ano as regras para obter o visto mudaram, assim como o site, e esqueci de atualizar no post! Vou corrigir lá agora mesmo!

    ResponderExcluir
  25. Olá,

    Primeiramente parabens pelo blog.
    Eu estou meio apreensivo em relação ao visto,eu e meu irmão somos de classe media baixa e estamos planejando uma viagem para Orlando,cada um vai custear sua passagem,meu medo é em relação ao meus lucros mensais,que não passam de 2400 reais e de meu irmão que são de 1300,não temos carro proprio e nenhum bem,somos registrados em carteira,eu a 3 anos e meu irmão a 8 anos,moramos com nossos pais.Estamos fazendo economias a mais de um ano e o valor do pacote pretendemos pagar parcelados na agencia de viagem.Será que com esse perfil eu poderia não receber o visto.

    ResponderExcluir
  26. Oi Everton

    Olha, não dá para prever o que vai acontecer, mas acho que seu caso não é tão terrível assim. Se preencherem direitinho o formulário prévio com todas as informações certinhas, e forem bem vestidos e calmos no dia, capaz que nem questionem muito sobre a parte financeira. Se perguntarem, responda objetivamente e com confiança e caso peçam mostre seu comprovante mensal de salário e de seu irmão, e explique exatamente como fez aqui, dizendo que além disso economizaram por alguns meses para poder ir.

    Leve também a carteira de trabalho assinada e qualquer outro documento que mostre que vcs possuem vinculos aqui e pretendem retornar ao Brasil depois. O preocupação deles é com gente imigrando para morar lá, e não exatamente de impedir que pessoas com renda média ou mais baixa visitem o país, pois afinal todo turista gera lucro. (e em termos de Brasil, nem tão mal está seu salário, tem muita gente nesta faixa aí e que também deve estar viajando!) ;-)

    ResponderExcluir
  27. Simone, como que você colocou seu trabalho como freelancer no formulário. Lá eles pedem um endereço e nome do empregador...
    Obrigada

    ResponderExcluir
  28. Anônimo9/8/12

    Oi, Simone.
    Como você preencheu o formulário como freelancer? O que você colocou na opção empregador?
    Obrigada,
    Marina

    ResponderExcluir
  29. Oi Marina (puxa, deletei o formulário do meu computador semana passada, e hj aparece esta pergunta!)

    Bom... que eu me lembre preenchi dizendo que era freelancer, e coloquei minha média mensal salarial. Deixei em branco o campo do empregador. Porém como adicional coloquei a fonte de renda proveniente de meu marido, que é maior do que a minha. No dia da entrevista meu marido NÃO estava junto, e o entrevistador perguntou quanto eu ganhava (respondi: em média x, mas como é freelance tem meses que ganho um pouco mais ou que ganho menos também). Depois perguntou no que meu marido trabalhava e quanto ele ganhava. Falei e pronto, ele não pediu nenhum comprovante para confirmar estes valores.

    ResponderExcluir
  30. Anônimo19/8/12

    Estou indo para NYC em outubro, vou o
    Solicitar visto de estudante. Mas quero viajar nós finais de semana para miami, ou outras cidades próximas para conhecer devo dizer isso na entrevista? Se eu tiver com visto de estudante posso visitar outras cidades sem problemas.?

    ResponderExcluir
  31. Olá ______!(?)

    Se vc vai solicitar o visto de estudante, acho que não tem necessidade de falar que vai visitar outros lugares. Estando lá e tendo o visto vc tem direito de passear por outras cidades do país durante o período. Foque na questão do estudo, para não confundir as coisas, já que visto para turismo é bem diferente.

    Estes 2 sites esclarecem bastante sobre este tipo de visto: http://portuguese.brazil.usembassy.gov/pt/students.html

    http://www.embaixadorstb.com.br/intercambio/como-funciona-o-visto-de-estudante-nos-eua/

    ResponderExcluir
  32. Anônimo21/8/12

    Olá Simone,eu ganho pouco demais,em média R$1090,00,mas os pacotes de viagem estão baratos,pretendo ir nas minhas próximas férias,trabalho a 1 ano e 8 meses como supervisora de uma pizzaria,mas irão me registrar somente agora dia 1 de setembro,tenho 23 anos,não tenho nada em meu nome,meu único vinculo é o emprego mesmo....sei que a chance de me negarem o visto é mais do que enorme,tenho uma empresa no meu nome,ela está ativa ainda no posto fiscal,mas a tempos não é feita nenhuma movimentação com ela,meio que deixei de lado.... o que você acha que devo fazer para aumentar as minhas probabilidades?Qual a renda média que eles aprovam? Pensei em movimentar minha conta mensalmente uns R$4.000,00 e declarar imposto de renda ja que não declaro,e o da empresa foi declarado zerado,acha que aumentaria as chances?

    Obrigada

    ResponderExcluir
  33. Anônimo21/8/12

    Ah esqueci de mencionar,você disse que viagens para outro pais ajuda,pode ser qualquer pais?

    Obrigada

    ResponderExcluir
  34. Oi "Anônima"! rsrs (não esqueçam de colocar o nome para facilitar a resposta...) ;-)

    Acho que o fato da empresa te registrar já é um grande indício de que você está estável e deve retornar aqui para o Brasil após a viagem, caso contrário não fariam isso, é um bom sinal. Leve também o seu holerite ou comprovantes de renda (poupança e últimos 3 meses conta corrente). E tudo isso que vc falou no final do comentário ajudaria sim.

    Viagens para outros países = carimbos no passaporte! (não adianta só dizer que foi) Isso ajuda no sentido de reforçar que você é alguém que gosta ou está acostumado a viajar, e que mesmo "ganhando pouco" tem condições de ir e voltar como já fez em outras vezes.

    É isso! Boa sorte! (hoje em dia não tá tão dificil mais tirar o visto, pois tem muito brasileiro indo para lá e aumentando a economia deles, então somos bem-vindos)

    ResponderExcluir
  35. Anônimo27/8/12

    Olá, vcs sabem com qto tempo estão agendando entrevista para tirar visto de estudante?

    ResponderExcluir
  36. Não sei, depende da época e de qual consulado pretende ir. Procure mais informações a respeito no próprio site oficial: http://usvisa-info.com/pt-BR/selfservice/ss_country_welcome

    ResponderExcluir
  37. Anônimo28/8/12

    Olá Simone, me chamo Mariana e minha entrevista está marcada para 18 de setembro, mas estou morrendo de medo! tenho 19 anos,estudo e trabalho na empresa do meu pai(inclusive sou registrada) ganho em média 900,00 mas quem vai pagar a viajem é meu pai, pretendo ir para disney ano que vem mas ainda não tenho nenhum hotel, endereço etc que documentos você me indica para levar?
    Obrigada
    abraços

    ResponderExcluir
  38. Olá Mariana.
    Leia os comentários acima que já dei algumas dicas para casos similares. Se seu pai é que vai bancar a viagem, o importante é levar os comprovantes de renda dele também, e não somente os seus.
    Quanto a não ter endereço de hotel tudo bem, se perguntarem vc explica que sua intenção é ir para Orlando/Disney mas ainda não marcou a data, e por isso não reservou hotel.

    ResponderExcluir
  39. Olá Simone,
    Parabéns pelo seu blog!

    Eu e meu marido estamos querendo ir a NY e ele é quem vai bancar a viagem. Ele é funcionário público federal, tem uma renda aproximada de R$15 mil mas eu não estou trabalhando. Estou só estudando no momento.
    Vamos juntos para a entrevista. Acho que o visto dele vai ser tranquilo, o que me preocupa é o meu...
    O que vc acha? Será que podem liberar o dele e negar o meu?

    Obrigada
    Cyntia

    ResponderExcluir
  40. Olá Cyntia!

    Acho que neste caso você pode ir despreocupada. Se está indo tanto na entrevista quanto na viagem em si junto com seu marido, então não há porque eles "encanarem" com você, já que sendo uma família a renda é conjunta e não é obrigatório que cada viajante possua renda própria.
    O fato dele trabalhar num cargo do governo (Federal) indica fortes vínculos com o Brasil, então é quase improvável que o visto não seja aprovado.
    De qualquer forma, leve seus documentos com nome de casada ou mesmo a certidão de casamento, caso solicitem. ;-)

    ResponderExcluir
  41. Anônimo11/12/12

    Ola Simone
    Meu nome é Thiago moro no Pará
    quero tentar meu visto como turista,mais meu objetivo mesmo
    e trabalhar por lá,tenho duas filhas,pelo que me enformei
    a passagem e valida na media de 6 meses.
    Se der certo quero voltar nesse prazo,para rever minha
    familia,e tentar ir novamente.
    Eu trabalho como autonomo so que nao tenho empresa no meu nome.
    Ficaria muito agradecido se me desce uma opiniao.
    ou me ligasse 094-9258-6464
    valeu abraço, tenha um feliz natal

    ResponderExcluir
  42. Olá Thiago!

    Olha, se você na entrevista falar isto que escreveu acima é bem provável que seu visto seja recusado. Isso porque o entrevistador "não gosta" de pessoas indecisas, que querem ir para fazer turismo e ao mesmo tempo trabalhar, isso para eles é um imigrante em potencial, e podem barrar. Essa indefinição, de não saber ao certo quando vai nem volta, e de deixar a passagem aérea em aberto com certeza vai gerar desconfiança, e é provável que recusem seu visto.

    Se vai para TRABALHAR, tem que tirar visto de trabalho (e já ter contato com a empresa empregadora de lá), e se vai SÓ PARA TURISMO o visto é de turismo, e esse é o mais fácil de aprovarem. (mas vão te perguntar para que cidade vai, quantos dias, o que quer conhecer lá, etc...)

    O fato de ser autonomo mas não ter empresa em seu nome também complica. Independente disso, precisará comprovar sua renda mensal de alguma forma, para provar que possui recursos suficientes para ir e VOLTAR para o Brasil.

    ResponderExcluir
  43. Anônimo10/1/13

    ola simone..preciso de uma ajudinha sua tbm..
    to querendo ir pros eua..
    to com um probleminha soh..eu sou dentista a um ano soh, e eu nao faço a declaração do imposto de renda, e nao tenho como comprovar meu salario, ja q ganho por comissao,e dioariamente..
    sera q tem como no formulario eu dizer q quem ira bancar minha viagem eh meu pai, e ao inves dos meus documentos, eu levar os dele???

    ResponderExcluir
  44. Anônimo18/1/13

    Simone Veja o meu caso, eu já fui uma vez na entrevista e fui negado por eu ter falado que tenho parentes por lá.
    Mas a minha intenção sempre foi turismo mesmo,
    Eu estudo faço Administração e o único vinculo empregatício e que eu faço estagio em um banco e ganho muito pouco em media 630, por mês so quem vai bancar a minha viagem e minha tia que já mora nos EUA a quase Vinte anos, o que eu posso estar fazendo? Sendo que sou de maior e tenho condições de estar indo ?

    ResponderExcluir
  45. Olá! Não sou expert no assunto, não tenho como avaliar exato pé foi negado ou não. Acho q no seu caso o problema inicial foi a renda baixa + o fato de dizer q tem parentes lá, o que faz com que achem que vc poderia ser um imigrante em potencial, pela facilidade em chegar lá e ficar morando com seus parentes. Não sei como resolver isso, talvez focar só mesmo no fato de que vai a passeio e turismo, e levar comprovantes de renda que mostrem que vc possui dinheiro suficiente para sua estadia lá (ou renda de alguém daqui, pois de sua tia de lá acaba ficando suspeito). Leia outras dicas nos comentários acima, e boa sorte!

    ResponderExcluir
  46. Olá amiga. Dicas excelentes e vou precisar muito de sua ajuda. Também estou grávida e pretendo ir à Miami para fazer o enxoval do bebê. Tenho uma situação semelhante à sua, minha renda não é a principal, sou autônoma mas atualmente faço mestrado e tenho pouco tempo para trabalhar. Meu esposo é quem sustenta nossa casa, mas ele não tem dupla cidadania. Irei com minha sogra para esta viagem, o que mais você me sugere para que eu não tenha o visto negado? Me falaram que eu deveria pegar despachante para o mesmo ser aprovado, se não eles negam, é verdade? Obrigada.

    ResponderExcluir
  47. Olá!
    Acho que não tem necessidade de fazer através de despachante não, só vai gastar mais, e ter as mesmas possibilidades.
    Se seu marido é quem vai bancar a maior parte, é só levar os comprovantes bancários dele, holerite de pagamento e declaração de imposto de renda. Enfim, levar os documentos que comprovem a renda dele, e se o entrevistador achar necessário vai te pedir para mostrar (no meu caso só perguntaram, respondi o valor médio mensal e foi suficiente para "comprovar"). O fato dele ter ou não dupla cidadania não influencia em nada. Fale que vai a turismo, com sua sogra, e para fazer comprinhas, é dificil que eles neguem. Leve seu comprovante do mestrado, é um adicional que mostra que tem vinculos no Brasil e portanto deve voltar para cá.

    ResponderExcluir
  48. Anônimo6/2/13

    Há 12 anos atras tentei o visto e foi negado eu só tinha 18 anos e nenhum vinculo e nem trabalhava,nem tenho mais o passaporte daquela época!!! Hoje tenho 30 anos sou solteira moro com meus pais, trabalho a 3 anos e 4 meses registrada em uma empresa como assistente contábil, minha renda mensal por volta de 1.300,00 que pode ser comprovada mas faço trabalhos com uma convecção prestando alguns serviços. Bom tenho carro em meu nome, tenho 6 mil reais de economias em minha conta, e eu q vou bancar minhas despesas. Já olhei hotel e as passagens e também eu q vou pagar tudo. sera q eles podem encrencar por eu ser solteira e morar com meus pais? e não está estudando ou algo assim? desde já agradeço!!! valeu quero passear muito e ver os famosos!!!kkkk

    ResponderExcluir
  49. Acho que não haverá problemas não, só leve comprovantes impressos de tudo isso que comentou acima (salário, contrat/vinculo com a empresa, extrato poupança, doc do carro em seu nome, etc...)

    Penso que morar com os pais não é sinonimo de problema algum. O importante para eles é que a pessoa comprove a renda e seu vinculo com o Brasil, indicando que irá voltar após o período de turismo. Deixe claro que quer ir lá para passear (turismo) e fazer compras.

    ResponderExcluir
  50. Anônimo7/2/13

    Eles olham se o nome ta sujo no spc e serasa e se ja peguei consignados?

    ResponderExcluir
  51. Li que eles NÃO consultam o spc e serasa, e nem podem impedir alguém por isso. Porém, como para qualquer pessoa, irão perguntar e pedir sua comprovação de renda, e se você não tiver como mostrar ou acharem que não é suficiente eles podem negar o visto. (leia os comentários acima com dicas de quais documentos e comprovantes levar no dia da entrevista)

    ResponderExcluir
  52. Olá Simone!

    Eu e minha mãe tentaremos o visto.
    Tenho um tio e tia lá(ficaram um tempo ilegais, dois dos três filhos nasceram lá, mas hj todos já regularizaram a situação e possuem o green card).
    Se o oficial consular nos perguntar se conhecemos alguém lá respondemos que sim ou que não?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  53. Não sei te dar a resposta certa para isso. Ao mesmo tempo que é mais sossegado quando não possui vinculo lá (menos chances de ficarem além do tempo previsto ou não voltar), também dizer que não conhece é uma mentira, e se de alguma forma perceberem ou se tiver algo no banco de dados (não tenho certeza se existe um e conseguem verificar parentescos)aí com certeza vão ficar desconfiados e com a tendência de barrar.

    De qualquer forma, seja qual for a resposta que opte por dar, fale com confiança e resumido (sim/não), porque se começar a gaguejar e enrolar muito eles vão perguntar mais coisas.... Se você disser que tem parentes lá, mas puder comprovar direitinho renda e vínculos com o Brasil, acho que não teria muito problema não... duro é se a pessoa tá desempregada, não estuda, não tem filhos ou motivos para voltar...

    Vcs vão para a mesma cidade dos parentes? Foque o motivo da visita na parte turística, nas cidades e locais que querem visitar e/ou fazer compras.

    ResponderExcluir
  54. Anônimo4/3/13

    Ola Simone,

    Sou Camila e pretendo ir para os EUA em maio/junho deste ano, minha entrevista ja foi agendada para a proxima semana, porem estou com gde receio quanto a possiblidade de negativa do meu visto. Eu mesma vou arcar com a viagem, mas se precisar meu pai ajuda. Tenho 29 anos, solteira, advogada ha 1 ano e 7 meses (sou parceira no escritorio, nao tenho contrato, mas nao vejo problema do advogado responsavel fazer uma declaracao), tenho os comprovantes das audiencias que realizei, minha renda mensa e' de R$1.500,00, tenho carro no meu nome, faco pos graduacao (seria interessante ter uma declaracao da instituicao de ensino, alegando que faco o curso?), minha conta poupanca tem uma media de R$15.000,00 (retirei extrato dos 3 ultimos meses), pretendo levar copias das faturas do cartao do meu cartao de credito, gasto em media R$ 1.200,00 mensais, moro com meus pais (interessante levar o IR do meu pai?), somente ele trabalha em casa e eh funcionario publico estadual. Conheco pessoas que moram la, porem ja vi que nao eh interessante falar que tem conhecidos nos EUA.

    Grata.

    ResponderExcluir
  55. Camila, é bom você levar todas estas declarações e comprovantes que citou. Com isso, acredito que não vá ter problema algum, seu perfil de trabalho é bom e vc ainda estuda (= vinculo com Brasil). Acho que dá para ir sem medo! Boa sorte!

    ResponderExcluir
  56. Anônimo12/3/13

    Seu blog é muito interessante, parabéns...
    Meu nome é Júnior (32 anos) e pretendo ir ao EUA com minha esposa (28 anos) que está grávida. Já possuímos o passaporte. Você acha que temos tempo pra conseguir o visto e receber o passaporte para podermos viajar no início de maio/13?
    Sou engenheiro civil autônomo e minha esposa é professora particular de matemática e possuímos renda mensal de R$5mil e e R$10mil depositados em poupança, tudo comprovado por extrato bancãrio. Possuímos apartamento e carro quitados. O que acha de nossas chances para conseguir o visto?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  57. Olá junior! Respondendo sua pergunta: depende! Se conseguir agendar a entrevista para pelo menos 2-3 semanas antes da data da viagem dá tempo sim, já que se o visto for aprovado demora cerca de 1 semana/ 10 dias para os passaportes chegarem em sua casa. Corra no site para ver a data de agendamento mais próxima possível, pois maio está proximo.
    Acho que a chance de conseguirem é boa, não vejo pq não. Só leve os comprovantes (inclusive carro e casa) para garantir, e diga que está indo para turismo e comprinhas.

    ResponderExcluir
  58. Olá Simone,

    Tenho passaporte alemão, certo? Vou fazer o ESTA para viajar em julho aos eua! Para entrar e sair do Brasil preciso do passaporte brasileiro, mas a dúvida é: preciso de visto no passaporte brasileiro sendo que tenho o alemao? Quando você foi, deu tudo certo?


    Obrigada desde ja!

    ResponderExcluir
  59. Oi Gre Helena.
    O ideal seria você fazer assim: mostrar seu passaporte do BR no check-in e ao voltar para o Brasil, mas quando estiver em solo americano (e na alfândega) mostre só o passaporte alemão com a autorização, e é com ele que vc deve andar por lá e mostrar caso peçam. (mas não precisa mentir dizendo que mora na Alemanha! só não mostre 2 passaportes ao mesmo tempo, pois eles podem encanar por não ter o visto no brasileiro). É assim que meu marido fez quando fomos, ele apresentou o do japão e eu o brasileiro com o visto.

    ResponderExcluir
  60. Anônimo1/5/13

    Olá, me chamo Eliza e em julho pretendo viajar para disney pela empresa New It.
    Sou estudante, estudo no CEFET (técnico) e também sou federada pela UFF (graduação), mas eu não trabalho e isso me preocupa um pouco, quem irá custear minha viagem será minha irmã, que já autenticou e reconheceu firma de uma carta de custeio.
    Ela é bancária e ganha em média 2.050,00 por mês, isso é o que sai no contra cheque dela.
    Não possuo bens no meu nome, mas tenho apenas 19 anos. Acha que minha chance para obtenção do visto é razoável ? Em relação a renda da minha irmã, é considerado baixa ou mediana? ela é solteira e não possui filhos e levarei documentos para provar isso.

    ResponderExcluir
  61. Não tenho como afirmar Elisa. Me parece uma renda mediana, e se está levando os docs dela para confirmar a renda e os seus para confirmar o vínculo de volta com o Brasil, acho que não terá problema não. Leve seus comprovantes de estudo e vínculo com estas instituições, e diga que seu foco é Disney e irá por agência.
    Acho que tem chance sim, eles estão muito receptivos com brasileiros, já que estamos aumentando o turismo por lá e deixando muito dinheiro.

    ResponderExcluir
  62. Ótimas dicas. Pretendo ir aos EUA em setembro ficar uns 10 dias. Estou totalmente perdido de como proceder.

    ResponderExcluir
  63. Anônimo21/5/13

    lembrando que: um visto americano nao eh garantia de que voce vai poder entrar nos EUA, na verdade ele eh apenas uma permissao de entrada no pais ate a imigracao! la sao eles quem decidem se vc passa ou nao!

    ResponderExcluir
  64. Verdade!! Se acharem que existe algum problema podem te revistar ou te mandar embora de volta, mas acho que não é algo muito comum atualmente, em que os brasileiros estão indo em massa e gastando muito dinheiro por lá. Mas vale o comentário e aviso sim!

    ResponderExcluir
  65. NOSSA, primeiramente muito obrigado pelo blog,muito esclarecedor .SERÁ QUE ALGUÉM PODERIA ME AJUDADAR POR FAVOR?. O meu caso é o seguinte, eu e minha namorada estamos planejando ir para os USA em outubro para fazer compras em NY e Miami, eu tenho passaporte holandês por isso não preciso do visto, mas minha namorada só tem o brasileiro, ela não trabalha no entanto tem uma pensão por morte de seu ex marido por volta de R$ 3.100,00,ela tem uma casa no seu nome e também um carro(um fit 2010),gostaria de saber oque ela deve levar na entrevista e se mesmo não tendo trabalho quais as chances de ter o visto aprovado?AGUARDO REPSPOSTAS GALERA!!!

    ResponderExcluir
  66. Olá René. Bom, aqui não é um fórum em que as pessoas respondem e interagem sobre um comentário como está pedindo, mas como autora do blog vou lhe responder e pedir para que leia os comentários acima, pois em vários deles tem dicas do que levar no dia da entrevista.

    Acho que tem chances de aprovação sim, visto que ela tem um ganho médio mensal bom e bens no nome dela. Leve os comprovantes de tudo isso, e comprovantes dos últimos 3 meses da conta corrente ou poupança também. Se tem filhos aqui ou ainda estuda/trabalha, levar comprovante. Enfim... as regras são iguais para todos. Preencha o formulário antes e na hora leve tudo que comprove seu vinculo com brasil, seja na forma de $$, bens ou cursos etc.
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  67. Anônimo4/7/13

    Olá, tenho 18 anos não trabalho mas estudo direito em uma universidade particular, quero ir pra maine ver meu namorado, vou levar impostos de rendar do meu pai que vai pagar a viagem e tem muitas coisas declaradas.

    Minha dúvida que está me deixando um tanto quanto preocupada é, é melhor eu reservar um hotel qualquer, dizer que o hotel ainda nao está definido e que estou indo para nova york fazer compras e conhecer a cidade, ou que vou visitar um amigo (meu namorado) dar o endereço dele com uma carta anfitriã com data de ida e volta (ele mora em maine) dizendo que ele vai ser meu ''guia'' ? Por favor me ajuda, estou enlouquecendo já não sei o que é melhor dizer !

    (vou fazer carteira de trabalho pra provar um vinculo mesmo que nao trabalhe e tenho cartao de banco internacional)

    ResponderExcluir
  68. Olha, não sei, não tem como prever. Acho que das 2 formas, se vc levar os comprovantes de renda e de vinculo com o Brasil tem chance de dar certo. É importante que vc leve seu comprovante de matricula e mensalidades da universidade, isso é uma grande prova de que vc tem vinculo aqui e deve voltar.

    ResponderExcluir
  69. Olá Simone! Primeiramente, parabéns pelo blog. As dicas são muito úteis. Minha dúvida é a seguinte: Eu e minha irmã estamos pretendendo ir à Orlando em março de 2014. A questão é a seguinte, eu tenho 23 anos e me formarei na faculdade no final deste ano e não trabalho. Ou seja, será que eles vão implicar? Pois sou maior de idade e não terei comprovante de vínculos, a não ser curso de inglês aqui no Brasil. Esta viagem é justamente presente de formatura do meu pai. Minha irmã já foi para Orlando quando fez 15 anos. Atualmente, ela tem 18 anos. Como somos maiores de idade e não vamos "bancar" a viagem, como proceder? Meu pai teria que ir à entrevista?

    ResponderExcluir
  70. Olá Tamires!

    Bom, o fato de ainda estar cursando a universidade é um vinculo com o Brasil, leve um comprovante. Ninguém deve implicar não, o importante para eles é que a pessoa tenha dinheiro para ir , e vá voltar ao Brasil.
    Seu pai não precisa ir a entrevista, mas se é ele quem vai bancar a viagem vc deve explicar isso, e levar os comprovantes de renda dele, como declaração imposto de renda e extratos da conta e/ou poupança dos últimos 3 meses. Explique exatamente isso que falou aqui, q vai ganhar a viagem de formatura e que vai com sua irmã para passear, comprar e fazer turismo. Acho que não terá problemas não.

    ResponderExcluir
  71. Olá Simone, sou eu Tamires novamente. O visto da minha irmã venceu há menos de 48 meses. Pelo o que eu andei lendo, ela não precisaria passar pela entrevista de novo. Essa informação procede? Eu vi que se ela tiver colhido as digitais, ela não precisa de entrevista. Mas o problema é que ela não se lembra se colheu ou não. Tem algum modo de saber?

    ResponderExcluir
  72. Olá Tamires! olha, nunca ouvi falar nisso não! Acho que se venceu tem que fazer o processo todo de novo, senão ficaria muito fácil. Mas enfim, houve mudanças e surgiram regras novas, talvez tenha algo assim agora. Procure no blog Viaje na Viagem, lembro que lá teve um post sobre as mudanças. E boa sorte!

    ResponderExcluir
  73. Olá Simone. Estou com uma dúvida na hora do preenchimento do Ds-160. Como vou colocar que sou estudando eu deixo a parte que pergunta do salário em branco? Escrevo N/A? Tem alguma pergunta referente ao custeio da minha viagem?

    ResponderExcluir
  74. Olá novamente! rss.. Me desculpa o incômodo, mas é que estou apreensiva. Preenchi o DS-160 como teste para visualizar as perguntas e fiquei com algumas dúvidas. Vamos lá!
    1- Eu preciso colocar os códigos do Brasil e da cidade quando for preencher com os telefones?
    2- O que seria passaporte book number?
    3- Eu tenho que colocar os acentos nos nomes pessoais?
    4- Os endereços são em português, né? Ex: Rua tal.... ou tal Street?
    Muito obrigada pela atenção!

    ResponderExcluir
  75. Tamires, não lembro bem do preenchimento pois faz tempo, e tb mudou um pouco, mas vou tentar lhe ajudar:
    - se não trabalha deixa salário em branco ou N/A. E que me lembro tem a área sobre quem vai custear a viagem sim, aí lá vc coloca o salário da pessoa em questão.
    1) colocar códigos telefone sim, país e cidade. Brasil é 55 + seu DDD local e o fone
    2) passaporte brasileiro não tem isso
    3) em inglês não existe acento, mas se for nome próprio e pessoa pode por sim
    4) pode por Rua..., não precisa simular a formatação americana

    ResponderExcluir
  76. leia estes 2 posts de outros blogs que podem te ajudar no preenchimento Tamires: http://www.malapronta.com.br/blog/2010/07/15/top-10-perguntas-sobre-o-visto-americano/
    e
    http://www.viajandoparaorlando.com/materias/materias_exibir.php?id=39

    ResponderExcluir
  77. Anônimo19/7/13

    Muito obrigrada mesmo! Quando obtiver resposta do meu visto eu venho te contar! ;)

    ResponderExcluir
  78. Oi Simone, adorei o seu blog. Quero fazer uma pergunta.
    Eu já marquei a minha entrevista, eu tenho 17 anos e vou para Chicago como vai ser uma amiga/madrinha quem vai pagar a viagem, quero saber se ela precisa ir junto no dia da entrevista? Ou é preciso levar só os documentos dela para comprovar que ela esta bancando a viagem?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  79. Tentei te dar um descanso e ir em outro blog pra fazer perguntas, mas vc é a única que responde e dá atenção aos seus leitores. Parabéns por isso. Enfim, eu não sei se tenho mais chances se marcar a entrevista junto com as minhas tias ou se for sozinha com a minha irmã. O que vc acha? Eles veem o caso de cada um separadamente ou o conjunto pode influenciar em alguma coisa? Muito obrigada mais uma vez!

    ResponderExcluir
  80. Giuliana e Tamires, não precisa (nem pode) ir ninguém junto com vocês na entrevista, não adianta a pessoa ir até lá, porque só entra no local aqueles com o papel de agendamento da entrevista, eles conferem e não deixam entrar ninguém extra. Meu marido foi junto e ficou lá fora, não teve jeito. Podem até ir com alguém, mas a pessoa com certeza vai ficar esperando o tempo todo do lado de fora, e pode demorar e ser cansativo (tem uma lanchonetes ali perto que ficam cheias de gente esperando).

    Só entra em grupo e vai para entrevista junto ao mesmo tempo se for família que vai viajar com os filhos, senão a entrevista é sempre individual. Então levem os comprovantes certinhos de quem irá bancar a viagem! Beijo e boa sorte meninas!

    ResponderExcluir
  81. Tamires: No caso de ir com sua irmã, não sei dizer com certeza se ela será chamada para ir na mesma cabine que você ou separado (na entrevista), precisaria buscar melhor esta informação no Google.

    DICA: se não achar a informação, na dúvida cada uma leva uma cópia dos documentos para garantir ok! (não tem como ficar repassando papéis lá na hora)

    ResponderExcluir
  82. Ok, obrigada pela dica. Nem tinha pensando em levar a cópia dos documentos. As minhas tias também vão tirar o visto, por isso que eu perguntei se a entrevista poderia ser junto, já que li em alguns lugares que se marcássemos pro mesmo horário, eles nos colocariam juntas na entrevista. Mas achei que isso pudesse ser prejudicial...
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  83. Olha, não sei te dar certeza se vai para a "cabine" de entrevista junto ou não... Não consigo confirmar mesmo. Lembro de sempre ter visto pessoas individuais em cada cabine, mas pode ter sido apenas coincidência do momento. Mas independente disso, leve as documentações e umas cópias. Se puderem ir juntas ok, senão já está tudo preparado.

    PS: horário de agendamento não é o horário que vc será atendida, mas o horário médio/máximo que você deve ENTRAR lá. Depois de estar lá dentro,demora mais um tempão e vai para algumas filas diferentes antes, é meio complicadinho à primeira vista, tem que se informar com os "monitores" que ficam por lá e sempre ficar atento aos painéis com senhas. ;-)

    Boa sorte Tamires, depois volta para contar como foi! deve dar tudo certo, afinal só estão querendo ir lá passear!

    ResponderExcluir
  84. Muito Obrigada pelo esclarecimento. Eu estou com mais uma dúvida. Nós vamos em setembro, eu e minha irmã vamos faltar aula durante 10 dias para isso. Mas eu estava pensando em colocar no ds-160 que nós vamos em dezembro, pois estou com medo de eles acharem estranho a gente faltar aula. O que vc acha? Será que isso seria um empecilho? Se eu colocasse em setembro mesmo, eu teria como levar as passagens compradas e o hotel reservado, porém teria essa questão de não estar de férias. Você acha melhor falar que não compramos passagens ainda e pretendemos ir em dezembro, ou falar a verdade e levar os comprovantes das passagens de setembro?

    ResponderExcluir
  85. Acho que a verdade é sempre mais interessante, pois vc não se enrola se começarem a fazer perguntas e etc, além de poder levar eventuais comprovantes. Penso que para eles não interessa se você vai faltar aula ou não, e sim se vc tem dinheiro para ir, e se irá voltar para o Brasil e não ficar lá ilegal.
    Se perguntarem sobre aulas, é só falar a verdade: faltaremos 10 dias, e optamos por ir em setembro por tal e tal motivo. Eles não vão te julgar por isto.

    ResponderExcluir
  86. sou casada 56 anos , irei viajar com uma amiga intrevista marcada daqui dez dias . to morrendo de medo , pois sou cabelereira tenho cnpj mais ainda não declarei ir pois ganho pouco meu marido diz que sou isenta não preciso declarar , coloquei que ganho 2.500.00 reais meu marido quem vai bancar minha viagem ele ganha 1.600.00 reais e tem uma poupança de 6.000.00 reais obs. minha amiga ja tem visto ela ja foi pro EUA MEU MARIDOP TAMBEM NÃO TE IR SERÁ QUE VOU CONSEGUIR ♥ ALCIREMA ♥

    ResponderExcluir
  87. Olá Karoline! Te desejo boa sorte na entrevista do visto, mas não tenho como dizer se irá conseguir ou não, seria apenas um chute. Como muitos brasileiros estão indo para lá passear e comprar, é fato de que está bem mais fácil conseguir o visto. Vai depender do que lhe perguntarem na entrevista, se vão com sua cara ou não... infelizmente é assim, não tem uma regra muito clara.

    Quanto ao salário, só tem um problema no que vc escreveu: se colocou que ganha R$2500 por mês, então na prática você teria que declarar imposto de renda sim, e eles podem te pedir o comprovante/declaração, e aí se você falar que não declara porque é isenta eles vão suspeitar que você mentiu o valor do salário mensal para mais, e aí tudo pode ir por água abaixo...

    Se já colocou no formulário este valor, terá que dizer que é isto mesmo, pois eles podem conferir pelo computador. Porém se pedirem sua declaração do imposto de renda sugiro que fale que esqueceu em casa ou não sabia que precisava, vai ser melhor do que criar a contradição acima.(pois só é isento quem ganha até +-R$1700 por mês)Ou fale que 2500 é a soma do seu salário com o do marido.

    De qq forma, leve seu comprovante de renda e do marido, assim como extrato da poupança e se possível movimentação dos últimos 3 meses da conta corrente. Leve seu CNPJ e documentos do salão, para provar que tem vínculo com o Brasil.
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  88. Olá .. Boa noite ... Simone ... Meu namorado esta no Brasil ... E estamos namorando a 5 meses .. Eu conheci ele nos estados unidos morei como estudante .. E ja fui mais de 15 vezes como turista ... E nunca passei do prazo ... Porém em maio eu sem querer estraguei meu passaporte ... E tive que renovar ... E tive que fazer outra entrevista ... E meu visto ainda era valido por 7 anos .. E tinha 3 tipos de visto ... Negócios ..estudante .. E turista ... E por incrível que pareça .. Foi negado ... E recebi a carta rosa 214 b . Eu levei um susto. ... E fiquei bem chocada ... Ai meu namorado que estava lá ... Veio para o Brasil e esta comigo aqui ... Ele vai ficar até dezembro ... Mas a gente so quer casar final do ano de 2014 . E como eu não conheço os pais dele ... Eles querem passar o Natal comigo nos USA ... A pergunta seria ... Posso ser honesta .. E dizer a verdade quanto meu motivo de voltar aos estados unidos? Os pais deles vão escrever uma carta explicado que quer me conhecer e etc.... .. Será que tenho uma chance grande ? Ou pequena! Obrigada. ... Eu realmente queria ser honesta ... :) beijos

    ResponderExcluir
  89. Olha Wanessa, acho que o ideal é isso, ser honesta e direta mesmo. Talvez assim percebam que vc não está tentando esconder nada, e "some pontos" a favor. Se já está com visto negado, pior que isso não pode ficar! Se os pais deles são cidadãos americanos mesmo e idôneos, creio que uma carta bem escrita vai ajudar bastante.
    Não sei quanto as suas chances, só tive uma experiência com isso, para tirar um visto simples de turismo. De qq forma, lhe desejo boa sorte e espero que consiga!!
    Mesmo assim, não deixe de levar seus comprovantes monetários e de vínculo com o Brasil.

    ResponderExcluir
  90. Anônimo24/9/13

    Simone, boa tarde.

    Gostaria de tirar uma dúvida sobre visto de turista, por gentileza: Recentemente deixei a empresa onde eu trabalhava, em verdade foi no começo do mês, para abrir um negócio próprio, que ainda está sendo planejado. É possível tirar visto de turista para uma viagem de 2 semanas em Orlando e New York nessa situação, mesmo mostrando um extrato bancário comprovando que posso garantir todos os gastos com a viagem? Será que meus 3 holerites ainda serviriam?

    Muito obrigado,

    Marcos

    ResponderExcluir
  91. Oi Marcos
    Acredito que sim. Se é esta comprovação de renda que tem mais atual, deve levá-la. Além dos holerites, pode ser tb o extrato da conta corrente nos últimos 3 meses, ou da poupança. Outra coisa que pode ajudar é levar seu comprovante de imposto de renda. Na dúvida, leve todos comprovantes possíveis, embora exista a possibilidade que só lhe perguntem e nem peçam para ver nada.

    ResponderExcluir
  92. Anônimo30/9/13

    Oi Simone, Tudo bem? Veja se você pode me ajudar. Mesmo eu ainda não tendo visto, não pude resistir e já comprei as passagens para Orlando, pois estavam super baratas. Trabalho há 3 anos e 10 meses de carteira assinada como consultora comercial de uma empresa de TI, tenho 24 anos, me formei no primeiro semestre, moro commeu pai em casa própria, tenho uma poupança com um dinheiro que cenho poupando, vou com meu namorado que já tem visto e que foi para Orlando ano passado e também trabalha (há 6 meses) de carteira assinada. Meu problema é o seguinte: meu salário é variável, nãoo lembro ao certo se coloquei no formulário R$ 2.100,00 ou R$ 2.200,00. Estou com receio de na hora que ela me perguntar o salário e eu responder "ganho por volta de x...ou x..., varia para mais ou para menos porque ganho por salário + comissão" disso pegar mal...o que você acha? Dizem que não é bom explicarmos muito... de qualquer forma vou levar contra-cheques e extrato de conta corrente e poupança. Desde já agradeço! bjs

    ResponderExcluir
  93. Anônimo30/9/13

    *continuação)

    Detalhe..não tenho declaração de IR, pois a comissão passou a ser incluída na folha de pagamento apenas no início deste ano. Tem meses que ganho mais, tem meses que ganho menos.

    Fico no aguardo de sua resposta,

    Obrigada.

    Karla

    ResponderExcluir
  94. Simone, boa tarde!
    Estou tirando o visto do meu filho e minha esposa para viagem a orlando em janeiro.
    Eu tenho visto e trabalho numa empresa dos USA bem conhecida deles e ganho muito bem e serei eu q pagarei pela viagem dos dois, tive lá em 2012 e 2013, minha esposa teve o visto negado em 2012 quando ia viajar comigo para treinamento, pois foi sozinha e na hora pediram o meu passaporte e ela não tinha levado e tb acharam que ela estava mentindo em relação o tempo que nos conhecemos e o tempo de casada, hoje 2anos, ela esta com muito medo de negarem. Enfim o meu filho tem 14 anos e é da minha primeira esposa. Minhas duvidas é a seguinte: É bom levar meu filho ou não precisa? minha esposa é nova, terminou os estudo fundamental é dona de casa, isso é problema? o salario informado é o bruto ou liquido? no formulario pergunta se vamos em grupo, seria sim, e qual seria, familia, é isso? Obrigado!!!

    ResponderExcluir
  95. Oi Karla! Entendi sua dúvida, mas isso de variar um pouco o salário não tem problema nenhum em citar não, é perfeitamente compreensível. Eu mesma respondi bem desta forma, falando que como sou autônoma ganho na média x, mas que tem meses que dá menos ou as vezes mais. Fale tranquilo sem se estender demais e com a mesma clareza e confiança que disse aqui, que acredito que não terá problemas. Sua situação está tranquila, deve dar tudo certo. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  96. Olá Guilherme! Olha, explicando a eles isso que me explicou aqui (conforme forem perguntando) acho que não haverá problema algum. Ela só não pode esquecer de levar desta vez o seu passaporte com o visto e entradas e saídas no país, além de seus comprovantes de renda e de casamento. Se a mulher não trabalha fora mas o marido vai junto e tem a renda não há problema nenhum nisso.
    O salário pode ser o líquido, e quanto ao grupo que pergunta no formulário acredito que seja isso mesmo: "família".
    Sobre levar o filho ou não, fico na dúvida, seria melhor pesquisar melhor sobre isso, não sei te responder. Ao que parece os menores não são obrigados a ir junto, mas aí os pais tem que levar toda a documentação referente a eles (certidão, filiação, etc).
    Avise sua esposa para ficar tranquila e ir com confiança, não vejo problema nenhuma em sua situação e motivo para negarem se ela levar os comprovantes... (mas claro, não posso dar certeza!) ;-)

    ResponderExcluir
  97. Anônimo2/10/13

    Obrigada, Simone. Volto aqui semana que vem para dar o meu retorno sobre o visto.

    Karla.

    ResponderExcluir
  98. Anônimo7/10/13

    Oi pessoal! Voltei pra falar que consegui tirar meu visto!!!

    Fiz a entrevista no RJ, fiquei mais de meia hora na fila e estava levando todos os documentos possíveis, contracheques, extratos, etc. Entrei, percebi que para algumas pessoas eles pediam documentos, a entrevista demorava e o que ia me entrevistar parecia simpático, apensar da entrevista anterior ter demorado um pouco. Logo fui chamada:

    Eu: Bom dia!
    Ele: Bom dia! Tudo bem?
    Eu: Bem, e vc?
    Ele: Tudo ótimo!
    Ele: Vai pra onde?
    Eu: Orlando.
    Ele Quantos dias?
    Eu: 5 dias.
    Ele: vai com quem?
    Eu: com meu namorado, ele já tem visto.
    Ele: ele já tem visto.. ok!
    Ele: Mora com seus pais?
    Eu: Sim
    Ele: Casa própria?
    Eu: Sim
    Ele: Trabalha na xxxxx?
    Eu: Isso.
    Ele: Há quanto tempo?
    Ele: 3 anos e 10 meses.
    Ele: 3 anos e 10 meses? (digitou, digitou)

    Assim, sem rir e brincar como com o casal anterior...

    Pediu para eu colocar a mão esquerda na máquina e eu me perguntando "já acabou? ele não vai me pedir nada? Ai Jesus..." .

    Em seguida ele disse: Parabéns, seu visto foi aprovado e boa viagem!

    Eu dei um sorriso, agradeci e fui embora mega aliviada. Com a pasta intacta rsrsrs

    É uma sensação muito boa! Boa sorte para quem está tirando, é só responder a tudo com segurança e olhando nos olhos do consul!

    Bjs

    Karla.

    ResponderExcluir
  99. Olá Simone, faço a minha entrevista na sexta no Rio. Lendo várias experiencias vi que o fato de ter parentes nos EUA dificulta a sua entrada. Apesar de possuir uma CARTA/CONVITE do meu tio com o passaporte dele escaneado, não pretendo comentar na entrevista, mas coloquei no formulário. Sou estudante de direito, trabalho como supervisor do curso de ingles onde também dou aulas e estagio com advogados. Coloquei que meu pai irá arcar com a viagem, mas tenho também minhas economias. tem chances do consul não ver essa informação? Quais as minhas chances? Att,

    ResponderExcluir
  100. Oi Filippe!
    Seguinte: se vc colocou no formulário que tem parente lá, então é bom citar isso, ou pelo menos responder que sim caso perguntem. Isso porque o entrevistador tem sua ficha aberta no computador na frente dele, e ele vai comparando as respostas e perguntando conforme está ali. Então se escreveu que tem tio e na hora vc fingir que não... ele vai achar que vc está escondendo algo para não querer falar!! (e isso pode ser muito prejudicial)

    Mas acho que sua situação está bem propícia e favorável, pois trabalha, estuda, faz estágio, tem fontes de renda... deve dar tudo certo sim, vá tranquilo!

    ResponderExcluir
  101. Muito obrigado Simone! Me deixou bem mais tranquilo. Estava aqui até vendo a possibilidade de preencher um novo formulário

    ResponderExcluir
  102. Anônimo9/10/13

    Só prá deixar registrado: Eu havia perguntado aqui uma vez se é possível tirar visto mesmo estando desempregado, apenas com um extrato bancário. Fiz a entrevista e a consul apenas perguntou o motivo da viagem, nada mais, nada menos. Não foi pedido nenhum documento ou comprovante. Uma semana depois recebi o visto aprovado.

    Aproveitando, uma dúvida: eu tirei meu visto apenas para turismo, mas ele veio como B1/B2, ou seja, tb para negócios e participação em eventos. Isso está teoricamente correto de vir os 2?

    Att,
    Marcos

    ResponderExcluir
  103. Olá Simone! Muito obrigado pela resposta rapida, com certeza me ajudou muito a me tranquilizar. Acabo de voltar do consulado com o meu visto APROVADO, graças a Deus.

    Pessoal, Não é bicho de sete cabeças, eles só conferem se os dados batem com o que preencheu no fomulário. Enquanto estava esperando para ir para a ultima fila vi uma moça muito bonita e arrumada sair quase chorando, creio que tenha sido negado. Mas enquanto eu estava na fila, não vi nem uma pessoa ter o visto negado.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  104. Anônimo14/10/13

    Ola.simone meunome e Marcos tenho 18 anos e tenho um renda de $720 mensaise meu tio e quem vai bancar a minha viagem e nao tenho nada em meu nome mas pretendo comprar uma moto. Sera que tenho chanches ? Haaa lembrando eu estou cursando o 2 ano do ensino medio quais sao as minhas possibilidades?

    ResponderExcluir
  105. Anônimo15/10/13

    Olá Simone !Me chamo Claudemir ,Pretendo ir para florida ano que vem, ficar 10 dias,irei com uma amiga se tudo correr bem ,temos á mesma idade 35 anos ,trabalho como autônomo,tenho bens eu meu nome, conta com uma quantia superior 50k.será que tenho chance de visto ..,?e se não conseguir aqui em sp, posso tentar no rj depois de um tempo .obrigado

    ResponderExcluir
  106. Oi Marcos!
    No caso se é seu tio que vai pagar a viagem, sua renda não importa muito, e vc deve preencher o formulário indicando isso e com os dados de renda DELE. No dia, leve os comprovantes de renda do seu tio (imposto de renda, extratos conta banco 3 últimos meses, documentos de posse de bens, como carro ou ióvel, etc), e não os seus. Indique que ele é um parente muito próximo (ou padrinho) e por isso está lhe dando a viagem de presente. Se a renda dele for suficiente, é bem provável que aprovem sim.

    ResponderExcluir
  107. Claudemir, se tem trabalho fixo e pode comprovar sua renda através de extratos bancários, bens e a poupança (que tem um bom valor), acredito que não haverá problema algum. Vá tranquilo!

    (mas como garantia, sempre leve os docs e comprovantes todos... quase nunca pedem, mas se pedirem tem que mostrar)

    ResponderExcluir
  108. Anônimo16/10/13

    Oi Simone, Sou Claudemir! Muito obrigado pela resposta tão rápida !!!vai me ajudar muito !,mais uma coisa ,vejo muita gente falando em outros blogs que tiveram visto negados ,mesmo tento todos os documentos provando vínculo com o Brasil ,isso se deve ao mal preenchimento do ds160? E Parabéns pelo blog e ótimo e está ajudando muita gente.

    ResponderExcluir
  109. Olha, aí não sei dizer o motivo exato Claudemir! os motivos podem ser vários... Talvez tinham vínculo mas acharam que não tinha renda suficiente, ou acharam que estava mentindo sobre algo, enfim...
    Mas a maioria massiva mesmo tem conseguido, veja até alguns depoimentos acima como foi tranquilo! ;-)

    ResponderExcluir
  110. Anônimo23/10/13

    Ola.Simone meu nome e Carlos tenhu 18 anos e tenhu uma renda de 720 reias e moro com a minha vo eu estudo cursando o ensino medio ainda e queria tenar meu visto mas n tenhu nada em meu nome. Seria bom eu tentar meu visto ?
    So q eu n pretendo viajar agora n.

    ResponderExcluir
  111. Oi Carlos
    Acho que se for tentar o visto neste momento, alegando somente esta renda própria, existe uma chance boa de ser negado. Geralmente o pessoal mais jovem comprova a renda com o salário maior dos pais ou algo assim, para conseguir tirar.

    Custos com visto são altos (taxas + viagem para entrevista, se não tiver consulado na sua cidade), então se ainda não tem nenhuma perspectiva de viajar para lá, talvez seja o caso de deixar para depois.

    ResponderExcluir
  112. Anônimo24/10/13

    Ok obrigado.

    By: Marcos.

    ResponderExcluir
  113. Anônimo24/10/13

    Ola aki e o Carlos novamente so mais uma pergunta tipo eu tenhu uma conta poupanca com 5.000 mil.reais as minhas chances aumentariam ou sr eu colocasse esse dinheiro na conta do meu tio q ganha bem e falasse q era ele q iria bancar minha viagem?

    ResponderExcluir
  114. Quanto maior sua reserva financeira melhor, para eles é uma garantia que está bem aqui no Brasil, tem condições de pagar com folga a viagem, e deve retornar ao país. Então ter uma poupança e levar o comprovante é sempre bom e "conta pontos" sim.
    Não tenho como lhe dar certeza, penso que o valor em poupança ainda é um pouco baixo para os custos de uma viagem internacional, mas isso quem decide e avalia são eles. ;-)

    Não precisa passar o valor para a conta de seu tio. Se a poupança for ficar só com esta quantia quase, tanto faz se está na sua conta ou dele. (a não ser que a reserva dele seja bem maior e some com a sua.... mas aí é só usar o extrato/comprovante dele e pronto, de qq forma não precisa transferir seu $)

    ResponderExcluir
  115. Anônimo24/10/13

    Ok. Obrigado pelas dicas.

    ResponderExcluir
  116. Anônimo29/10/13

    Ola meu nome e Joaquin
    tenho 18 anos e queria saber seeu conseguiria o visto msm n tendo renda suficiente e falasse com ele q quem ira bancar a minha viagem era meu tio mas ele tem uma renda muito boa mas ele n tem nenhum dinheiro do banco e q eu iria viajar so em julho do ano q vem q seria as minhas ferias escolar e de trabalho. Sera q eu tenhu chances?

    ResponderExcluir
  117. Não posso lhe responder com certeza Joaquin. Tudo vai depender de como vc preencher o formulário antes e como vai se apresentar no dia da entrevista. A falta de renda, ou dizer que parentes "mais distantes" (e não pai e mãe) é que vão bancar a viagem certamente pode gerar algumas desconfianças ou restrições...
    E mentir na entrevista é o piro negócio, eles costumam perceber, e aí é que não dão o visto mesmo!
    Se for viajar as custas de seu tio, terá que levar os documentos e comprovantes dele, e acho que até uma carta com a indicação dele explicando seria bom.

    ResponderExcluir
  118. ## DELETEI SEM QUERER UNS COMENTÁRIOS RECEBIDOS CLICANDO NO BOTÃO ERRADO! ENTÃO EU MESMA ESTOU REPRODUZINDO OS TEXTOS RECEBIDOS (abaixo) E VOU RESPONDER NA SEQUENCIA ##

    ==> "Ola Simone
    Meu nome e Paulo e tenho 19 anos e gostaria muito de ir aos EUA mas n tenhu dinheiro pra provar q tenhu condicoes devir por isso q eu queria saber se tem como eu simular um intercambio para obter o visto caso n tenha dei-me dicas por favor."

    ResponderExcluir
  119. Oi Paulo
    Como eu disse acima, mentir na entrevista para o visto sempre pode dar problema. Não tem como você simular um intercâmbio, pois aí vc iria tirar um visto de estudante (e não de turismo), e para isso vc precisaria de vários comprovantes da escola em que iria estudar lá, assim como uma carta de indicação e as vezes até o pagamento prévio de alguma mensalidade.
    Infelizmente, se não consegue comprovar uma renda mínima e vínculo com o Brasil, as chances de ter seu visto negado são maiores. Não tem muita dica ou como burlar isso, pois é o que eles mais levam em consideração.

    ResponderExcluir
  120. ## DELETEI SEM QUERER UNS COMENTÁRIOS RECEBIDOS CLICANDO NO BOTÃO ERRADO! ENTÃO EU MESMA ESTOU REPRODUZINDO OS TEXTOS RECEBIDOS (abaixo) E VOU RESPONDER NA SEQUENCIA ##


    ==> "Olá, meu nome é Barbara, estou grávida de 3 meses agora e pretendo viajar para miami em março de 2014 (estarei com 8 meses de gestação). Gostaria de saber se tem algum problema em relação a eu poder entrar no país. Estarei viajando com minha família (marido, meu irmão com a esposa e os 2 filhos e meus pais). Você mencionou que estava grávida na hora da entrevista, mas como foi sua entrada no país estando grávida? A imigração implicou com alguma coisa? Foi necessário apresentar documentos? Quais? Estou com medo de gastar dinheiro com a viagem e nem sair do aeroporto. Aguardo muito uma resposta, se puder responder para o meu email agradeço muito."

    ResponderExcluir
  121. Oi Bárbara!
    Olha, problema para entrar no país acredito que não tenha problema algum. Na época não me perguntaram nada, mas tb minha barriga estava pequena (4 p/5 meses) e nem percebiam. De qualquer forma, nunca li ou ouvi falar nada a respeito disso.
    O que ocorre é a dificuldade de EMBARCAR NO AEROPORTO (ida e volta) dependendo da sua época de gestação, pois é preciso autorização médica por escrito (em português e inglês) e nas semanas finais as vezes simplesmente não é permitido, pois as empresas não querem assumir o risco de um parto no ar.

    Acho que 8 meses é bem avançado para ir, podem questionar e pedir dados (no aeroporto) sim. Outra coisa é se você terá pique para curtir a viagem com um barrigão enorme, seja no destino ou no aperto dentro do avião...

    Segue abaixo 2 textos que explicam bem sobre o assunto e podem lhe ajudar:
    PS: na dúvida, ligue para a empresa aérea que irá voar e peça + especificações.

    Link texto 1 => http://g1.globo.com/turismo-e-viagem/noticia/2012/12/especialistas-indicam-cuidados-para-viajar-durante-gravidez.html

    Link texto 2 => http://brasil.babycenter.com/x2400214/gr%C3%A1vida-pode-viajar-de-avi%C3%A3o-sem-restri%C3%A7%C3%B5es

    ResponderExcluir
  122. Anônimo30/10/13

    Ola simone meu nome e Marcio
    tenho 18 anos e sou estudante tem conhecido meu esta querendo me dar de presente uma visita em sua casa nos EUA e ele vai me dar uma carta convite e como ele deve fazer esaa carta e eu tenho chances de conseguir o visto mas o unico vinculo q tenho e os estudos e o meu trabalho q e pouco iai tenho chances?

    ResponderExcluir
  123. Oi Márcio.
    Não sei como funciona o esquema de carta convite. É algo que ajuda mas não é pré-requisito para ter o visto aprovado.
    Se tem chances ou não fica dificil dizer, só eles que decidem lá. Como qualquer pessoas, leve toda a documentação comprovando os vínculos e ganhos, e aí a análise fica por conta deles.
    Lembrando que o que vc responde lá na hora tem que ser igual ao que foi preenchido no formulário antes.
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  124. Anônimo18/11/13

    Boa Noite
    Quanto custa mais ou menos a taxa que eles cobra pra enviar o visto por sedex ? pois tenho que levar dinheiro mais não sei quanto é .Obrigada

    ResponderExcluir
  125. Se não me engano foi R$20, no máximo. Mas isso já tem uns 2 anos, não sei se subiu. Leve ao menos R$30 ou 50 em dinheiro, para garantir.

    ResponderExcluir
  126. Anônimo19/11/13

    Ola simone
    me chamo Paulo e tenho 18 anos queria saber se eu teria chance de conseguir o vusto pois a minha avo esta vendendo su casa recentemente e ela que me dar uma viagem pros EUAso que nesse caso ela teria que me dar uma carta custeio mas ela e pensionista portanto seu salario e baixo e como a vend da casa e recente ela so teria um extrato bancario confirmando a seu saldo e tbm o unico vinculo que tenho e q eu estudo e trabalho. Eu teria chances de consegui pois estou kerendo ir pros EUA daqui a dois meses e tenho pressa por causa das minhas ferias escolares e do servico.

    ResponderExcluir
  127. Anônimo19/11/13

    Olá Simone meu nome é Lu e estou para agendar a entrevista p/ o visto.
    Vou com algumas amigas do trabalho e minha gerente. Com exceção de minha gerente, todos ainda não temos o visto. O que acha que devo colocar no formulário que vou em grupo? Mas na entrevista vai cada um agendar p/ um dia diferente. Tenho uma renda de R$ 3200,00, faço faculdade e trabalho ha 6 anos. Acha que tenho chances de ser aprovada? Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  128. Oi Paulo e Lu! Respondendo suas dúvidas e opinando:

    Paulo => Se quer viajar em 2 meses agende a entrevista o quanto antes, pois pode demorar! Acho que tem chances sim, leve estes comprovantes da sua avó e os seus de ganho $ com o trabalho também. Leve comprovantes de onde estuda e do emprego, mostrando que tem a intenção de ir e voltar (vinculo brasil). Boa sorte!

    Lu => acho sempre legal colocar a verdade, até porque não há problema algum em viajar com amigas do trabalho, é uma justificativa extra (e sinal de que vão a passeio e para turistar mesmo!), e na hora que te perguntarem você não se embola ao responder. Sua renda está OK, trabalha e estuda, acho que deve dar tudo certo sim, vá tranquila! ;-)

    ResponderExcluir
  129. Anônimo21/11/13

    bom dia

    Gostaria de saber que consigo o visto tendo empréstimos no meu nome, pois quem vai bancar minha viagem é meu namorado, mais no dia da entrevista ele não vai poder ir comigo... sera que consigo?

    ResponderExcluir
  130. Olá! Se vc tem empréstimos ou não, isso não interessa ou influencia para eles, até porque eles não tem como checar ou saber. O fato é que se é seu namorado quem vai pagar, você deve colocar isso no formulário previamente, e no dia levar todos os possíveis comprovantes de renda dele para caso peçam. O fato dele não ir junto não influencia, já que se ele não for para tirar o visto nem sequer poderá entrar junto no local, então não faz diferença alguma.

    ResponderExcluir
  131. Anônimo21/11/13

    Olá gostaria de saber se pelo fato de ja ter 3 meses que meu irmao foi para USA e nao voltou, pode me atrapalhar?

    ResponderExcluir
  132. Realmente não sei te dizer. Não sei se possuem um registro de familiares que estão no país ou algo assim, embora eu ache bem pouco provável deles terem acesso a este tipo de informação. Logo, pode ser que não afete em nada.

    ResponderExcluir
  133. Anônimo28/11/13

    OLá Simone tudo bem? Gostaria que vc analisa se a minha situaçao. Vou tentar o visto para esses dias, a minha intenção e turismo a NY, só que não estou trabalhando e nem estudando tenho 33 anos e quem vai bancar a viagem é meu namorado(somos gays) que é gerente de banco, formado, com imposto de renda e bens próprios. O que seria melhor fazer mentir que trabalho eles tem como saber lá no consulado ou digo quem vai custear a viagem é ele já que somos um casal.

    ResponderExcluir
  134. Olá! Como já disse em outros comentários, acho que escrever (no formulário) e falar (na entrevista) a verdade é sempre o melhor a fazer. Isto porque se pedirem um comprovante da renda, como vc vai fazer se não for verdade? Se disser que não levou simplesmente podem negar o visto por falta de comprovação e pronto....

    De fato, eles não tem como saber se vc trabalha ou não, mas tem essa questão que comentei acima. No meu caso não pediram nenhum comprovante, só falei a renda do marido e a minha e pronto (coincidindo com o que escrevi no formulário previamente), e assim ocorre em muitos casos, mas tem sempre o risco.

    Se é ele quem vai pagar, o ideal é levar os comprovantes de renda e dos bens DELE, além do seu se tiver também ($ na poupança ou aplicações). ;-) Boa sorte!

    ResponderExcluir
  135. Anônimo29/11/13

    Olá Simone,
    Estou desesperado com o seguinte... meu irmão mora nos EUA a 8 anos, é casado e residente legal, preenchi todos os documentos falando a verdade, estou indo para estudar inglês e ficarei na casa dele (se não me negarem o visto) e é isso, mas o meu desespero é devido a ele morar lá!
    Você soube de alguém que teve o visto negado por isso?
    Eu estou tranquilo com todas as outras coisas :/
    Obrigado por ajudar-nos rs...

    Renê

    ResponderExcluir
  136. Oi Renê! Olha, eu mesma nunca soube diretamente de alguém que deixou de ter o visto por causa disso. Acho que se vc vai para estudar e tem o aval da escola não tem problema algum. E mesmo se não for, seu irmão é residente legal lá, e aí o negócio é vc explicar direitinho e mostrar/provar que tem intenções de voltar ao Brasil.
    Deve dar tudo certo sim! Vá tranquilo e boa sorte!

    ResponderExcluir
  137. Anônimo4/12/13

    Ola simone meu nome e Lucas tenho 19 anos estudo e trabalho eu queria saber se vc acha q eu conseguiria o visto decorrente fa minha situacao tipo a.minha renda e pouca e no caso a minha madrinha vai me dar de presente uma viagem para os EUA r ela tem casa r carro proprio mas o problema r q tenho medo deles acharem q estou mentindo pq ela d fato e minha madrinha mas acho q rles n vao acreditar e no caso seria bom eu fazer uma carta custeio pra ees e tbm moro com minha avo e e bom eu levar um comprovante desse fato?

    ResponderExcluir
  138. Anônimo4/12/13

    Aki e o lucas so mais uma pergunta no di d entrevist eu posso usar bone?

    ResponderExcluir
  139. Oi Lucas. Dá uma lida nos comentários e perguntas acima do seu, pode te ajudar. Mas de modo geral, se sua madrinha é que vai pagar, explique a situação e leve todos os comprovantes dela. Talvez uma carta de custeio ajude, não sei bem como funciona.

    Leve também seus comprovantes de vinculo com Brasil, como de matricula na escola, se trabalha, se faz algum curso etc.
    Pode ir de boné e vestido como quiser, mas é possível que seu visual influencie um pouco na decisão sobre o visto. Se for muito mal vestido podem te "olhar diferente". Boné as vezes não é muito bem visto por algumas pessoas..... Para se ter uma idéia, tem gente que põe até terno para ir em entrevistas e "impressionar", então só lhe indico que não vá muito desleixado.

    ResponderExcluir
  140. Anônimo2/1/14

    Olá Simone, adorei as suas dicas. Pode ter certeza de que serão muito úteis. Tenho uma pergunta: Pretendo tirar o meu visto pra ir a Las Vegas ver um show de uma cantora. Você acha que, na hora da entrevista, eu devo dizer isso? Você acha que minhas chances são boas? Sou estudante, não trabalho, ganho apenas dinheiro com o Youtube pois sou um vlogger e foi com esse dinheiro que consegui juntar pra fazer a viagem. Por favor, me ajude. Um abraço.

    ResponderExcluir
  141. Olá! Acho que não tem problema nenhum em citar que quer ir ver um show, é um sinal de que está indo com um propósito específico e a passeio (e que portanto deve voltar ao Brasil).
    Quanto a parte financeira, a questão é comprovar que vc tem o dinheiro suficiente para ir e voltar sem problemas, então como não trabalha e não tem extratos dos pagamentos mensais, leve seu extrato da conta corrente ou da poupança dos últimos 3 meses, mostrando o $ que está lá disponível.

    ResponderExcluir
  142. Anônimo9/1/14

    olá Simone
    Veja se pode dar uma opinião no meu caso, por favor. Pretendo viajar para miami em outubro/2014, vou fazer um mini cruzeiro de 4 dias, mas pretendo ficar de 7 a 10 dias -por lá. Não falo inglês e vou com uma amiga que fala fluentemente, ela é Brasileira, mas faz 1 ano que mora e trabalha legalmente em Dubai. O meu medo de ñ conseguir o visto é pq eu ñ tenho nenhum bem próprio, moro de aluguel com meus pais e minha irmã, temos um carro mas está no nome da minha irmã. Não estou estudando, trabalho a 1 ano e meio em uma clínica médica como recepcionista, meu salário liquido por mês é cerca de 900,00 e tenho apenas uma conta poupança com cerca de 7.000,00. Tbm sou isenta de IR e ñ declaro. Pensei em fazer uma carta custeio dizendo que minha irmã ira custear parte da viagem, ela vai pagar as passagens e o restante será bancado por mim mesma, mas ela tbm é isenta de IR, tem uma boa poupança e trabalha na mesma empresa a 8 anos, ganhando cerca de 1.500,00 será que tenho chances? Sobre o cruzeiro eu já fiz a reserva pois é muito difícil conseguir e fiquei com medo de ficar sem vaga, parte do pagamento referente a reserva ja foi feito, devo levar os papéis referentes a isso? desde já obrigada Simone!

    ResponderExcluir
  143. Olá!
    respondendo alguns pontos:
    - o fato de vc não falar inglês em nada vai ser questionado durante o visto, não influencia em nada.
    - leve seu comprovante de vínculo/trabalho e dos pagamentos da empresa, mesmo que ache que o valor possa ser baixo. E leve também os da sua irmã, explicando (e colocando no formulário) isso que me descreveu, que ela vai te ajudar a custear.
    - sobre o imposto de renda, não é obrigatório e é só uma garantia mostrar se pedirem, mas quase nunca pedem mesmo. E se pedir, você fala que é isenta e pronto (seu salário condiz com a resposta).

    Acho que tem chances sim, eles estão bem flexíveis e aprovando muito os vistos, pois os brasileiros estão sendo os principais e mais lucrativos turistas por lá. Pode falar da intenção do cruzeiro e levar a reserva sim (mas só mostre papéis se lhe pedirem). Acho que tá tudo ok com o que escreveu que pensa em fazer. Seja verdadeira e objetiva, deve dar tudo certo!

    ResponderExcluir
  144. Anônimo10/1/14

    Simone, muito obrigada. respostas assim nos deixam um pouquinho mais tranquila. Só mais uma coisa, vc acha que eles podem estranhar se eu pedir o visto com muita antecedência? Estava pensando em pedir ja agora em fevereiro, sendo que a viagem é em outubro! Digo pq tenho q dar continuidade ao pagamento do cruzeiro, e como parte ñ é reembolsável, gostaria de tentar o visto logo antes das próximas parcelas vencerem!

    ResponderExcluir
  145. Não tem problema nenhum pedir com vários meses de antecedência, isso inclusive é o mais recomendável e seguro. Tem muita gente que tira visto par a o ano seguinte, ou mesmo sem ter intenção nenhuma de viajar ainda.

    ResponderExcluir
  146. Oi Simone!Desculpa tá te incomodando,mas é que vou pra os eua em dezembro/2014,e não solicitei o visto ainda,pq estou com medo de pedir o visto e ele se vencer antes de dezembro!Como funciona essa data de validade do visto,a parti de quando ele é emitido ou quando viajo,quanto custa esse visto,me ajude!

    ResponderExcluir
  147. Olá Jefte!
    Não deixe para tirar o visto em cima da hora, é sempre bom fazer alguns meses antes mesmo. Sobre a validade, antes era de 5 anos quanto aprovavam, mas nos últimos anos mudou para 10 anos, ou seja, dá tempo de ir e voltar tranquilo!

    Claro que existem exceções, e dependendo da entrevista as vezes liberam o visto só para 5 anos ainda, ou até mesmo só até o mês após a viagem da pessoa, mas isso são em poucos e raros casos. O mais "normal" é que se te aprovam o visto, dar o prazo de até 10 anos para "uso" (entrar e sair dos EUA turisticamente).

    Quanto a taxa, tem que ler certinho tudo o que está no link passado lá no início do post, mas a principio está neste texto aqui => https://usvisa-info.com/pt-BR/selfservice/us_fee_payment_options (ou seja, seria U$160 DÓLARES, para o visto B2 que é o que vc quer, visto de turismo.)

    Entre no link que passei no post e leia com calma tudo que está escrito na seção: Vistos de Não Imigrante => Antes da Solicitação

    ResponderExcluir
  148. Anônimo15/1/14

    Olá Simone, bom dia!
    Li suas dicas e gostei bastante. Eu tenho q tirar o visto pra visitar Porto Rico meu namorado mora lá, o mesmo vai custiar minha ida e volta e vou ficar na sua casa. Eu trabalhava de carteira, mais atualmente estou como autônoma..sou corretora de seguros. No caso tenho medo do visto ser negado pelo fato deles acharem que quero ir pra ficar lá.... e tbem de n ter vínculos com o Brasil, tenho um carro finan no meu nome....bom como vc me orienta?

    ResponderExcluir
  149. Anônimo15/1/14

    ola simone meu nome é natalia preenchi o ds160 recentemente marquei minha entrevista para o dia 06 de fevereiro, quanto mais os dias se passam fico nervosa a situação é o seguinte eu trabalho faço faculdade to no setimo periodo faltando apenas tres p me formar meu salário chega a no máximo 1100 e nao declaro IR porem quem vai pagar a viagem é minha mae ela ganha em torno de 2500 3000 e tem em torno de 10000 reais na poupança será que tenho grandes chances pra conseguir o visto? ah pretendo ir nas ferias de julho vou ficar em um albergue

    ResponderExcluir
  150. Anônimo16/1/14

    Oi Simone,td bem?! Bom no formulario eu coloquei o endereço da minha tia que mora nos eua,porem eu pretendo ir pra disney,sera que tem algum problema na hora da entrevista eu falar que eu vou para um lugar diferente doque eu informei no formulario? Desde ja agradeço

    ResponderExcluir
  151. Oi Simone, meu nome é Isabella,adorei seu site.
    Veja meu caso, eu e meu marido pretendemos viajar a Orlando em Dez/2015 para turismo e compras.
    Pretendemos em outubro desse ano ir a Argentina e Uruguai para "carimbar o passaporte" e pedir o visto em dezembro desse ano. Ocorre que as por conta da viagem a Argentina teremos pouco dinheiro guardado uns R$ 3.000,00 .
    Temos 25 e 24 anos ele é militar da MB ganhando um bruto de aproximadamente R$2.000,00 e eu faço faculdade e estagio ganhando uma bolsa de R$623,00 não temos imóveis nem carro.
    Tenho receio de ter o visto negado e estou com dúvidas se seria melhor tirar o visto em Dezembro desse ano com pouco dinheiro de reserva ou se é melhor esperar e ter mais dinheiro em poupança para tentar.

    ResponderExcluir
  152. Olá pessoal!
    Gente, fica difícil responder e opinar a respeito da situação particular de cada um, seja em termos financeiros ou de vinculo e etc. O fato é que não existe estipulado uma renda mínima para aprovarem o visto, e não tenho a mínima ideia de qual seja ou que padrão usam para rejeitar ou aprovar em termos econômicos. Sendo assim, o que eu responder é só meu palpite, nenhuma garantia.

    As recomendações independente de quem vai bancar a viagem e quanto ganham (ou se estudam ou não) são sempre as mesmas, que já respondi acima e repasso novamente:

    - levem seus comprovantes de vínculo (trabalho e/ou estudo) e dos pagamentos da empresa, mesmo que ache que o valor possa ser baixo. E leve também os da pessoa que irá bancar sua viagem, explicando quem irá custear. Coloque igual no formulário, é importante as informações baterem senão na hora vai levantar suspeitas e perguntas por parte do entrevistador) .

    - sobre declaração de imposto de renda, não é obrigatório e é só uma garantia mostrar se pedirem, mas quase nunca pedem mesmo. E se pedir e não tiver, você fala que é isento e pronto (se seu salário condiz com esta resposta...).

    - Quanto a parte financeira, a questão é comprovar que vc tem o dinheiro suficiente para ir e voltar sem problemas, então se não trabalha e não tem extratos dos pagamentos mensais, leve seu extrato da conta corrente ou da poupança dos últimos 3 meses, mostrando o $ que está lá disponível.

    - Sejam verdadeiros nas informações e objetivos ao responder, e deve dar tudo certo!

    Acho que todo mundo tem chances e tem que tentar (não tem como saber de outra forma!), pois eles estão bem flexíveis e aprovando muito os vistos, pois os brasileiros estão sendo os principais e mais lucrativos turistas por lá.

    Boa sorte à todos!

    ResponderExcluir
  153. Anônimo22/1/14

    Ola!!
    Querida me ajude, o q vc sugere??
    Eu e meu noivo so temos no nosso passaporte uma viagem em junho de 2012 para a Argentina... queremos ir para os EUA, Las Vegas para nos casarmos em uma das capelas de la junto com o Elvis... vc acha q devemos falar isso ou nao??

    ResponderExcluir
  154. Olá Simone,

    Estou indo a NY em outubro com meu noivo que tem dupla nacionalidade americana e vamos ficar na casa do pai dele que é brasileiro nacionalizado por 15 dias. Minha renda é de 1200 reais. Gostaria de uma ajuda para entender aqui o quer seria melhor responder a fim de aumentar minhas chances de aprovação:
    A) Seria melhor dizer que vou sozinha e escolher um endereço de hotel qualquer, ou falar que vou com o noivo para ficar na casa do pai dele? O fato do meu noivo ser americano pode dificultar as coisas?
    B) Quanto a minha renda que é baixa, seria melhor falar que eu mesma vou pagar ou devo colocar a renda do meu pai que é maior e falar que ele vai pagar?
    C) Temos um filho no Brasil que não irá conosco, em que momento posso citar essa informação? Há algum espaço para isso no formulário?
    Obrigada pela ajuda!

    ResponderExcluir
  155. Olá Barbara e Anonima acima!
    Favor ler meus comentários logo acima do de vocês, ali está explicado um pouco. Meu processo de visto foi tranquilo como descrevi ali, não sou uma especialista e nem trabalho na área para saber o que é melhor falar ou não ou qual a renda mínima para aprovarem. O que sempre dizem é: seja objetivo! Perguntou o que vai fazer lá, responda: "passear, turismo, compras", não precisa citar ações e lugares especificos, a não ser que peçam.
    Bárbara, seu filho ficar no Brasil é forte indício de que irá voltar (vinculo), então em algum momento se a coisa estiver se estendendo pode citar isso e mostrar docs dele. Se vai ficar na casa de um parente, sugiro a CARTA CONVITE, explicada abaixo:
    - Carta – Convite – Caso vá hospedar-se na casa de alguém que viva legalmente nos EUA, peça para que o anfitrião prepare uma carta mencionando que você estará por determinado período como convidado em sua residência. Este documento tem bastante peso diante das autoridades americanas. A carta deve ser reconhecida em cartório.

    ResponderExcluir
  156. Pretendo tirar meu visto em fevereiro/março para viajar a passeio para Orlando com uma amiga. Estou bastante preocupada que neguem meu visto por questões financeiras... Tenho 18 anos, sou pensionista, universitária e estagiária, meu estágio é renovado a cada seis meses, então tenho medo de acharem que, como vou fazer a entrevista com o contrato próximo de vencer, posso querer ir morar lá... pois bem, penso em colocar no formulário minha renda total (pensão + estágio) e mesmo colocando os dados da minha faculdade, naquela parte do formulário que diz para explicar as funções, eu colocarei que estudo, meu semestre, previsão de formatura, minhas funções como estagiária e que sou pensionista, tudo resumidamente. Mas vou colocar que minha mãe vai custear a viagem, mas ela é aposentada (valor baixo), mas pelo menos tem bens no nome dela e querendo ou não, ela tem muitos direitos e facilidade com relação a fazer empréstimos ou financiamentos. No dia, pretendo levar meus extratos e os extratos da minha mãe, meu contrato do estágio, documentos dos bens no nome da minha mãe e minha delcaração da faculdade, é só isso que eu tenho. Será que vai dar certo? Se ele perguntar quem vai custear a viagem eu devo dizer que é minha mãe com minha ajuda, ou melhor seguir a risca o formulário? (porque lá não há opção de colocar mais uma pessoa como patrocinadora da viagem). Ah, muita apreensão pra uma pessoa só kkk :( para a minha amiga, também estagiária e universitária, não pediram nenhum documento, nada. Foram perguntas bem simples e ela conseguiu.

    ResponderExcluir
  157. Olá Nathalia! Acho que está tudo ok com sua descrição, e já está se precavendo levando os comprovantes (que geralmente não pedem mesmo, mas é bom garantir). Tudo certo o que vai colocar no formulário, e na hora falar que é sua mãe mais você.

    Quanto ao estágio, ninguém vai pensar nada, simplesmente porque eles não terão como saber se o contrato é a cada 6 meses e está vencendo ou não, a não ser que você diga. Se pedir declaração no estágio, peça apenas para colocarem que trabalha lá e carga horária (+ salário, opcional)
    É isso. Boa sorte e vá tranquila!

    ResponderExcluir
  158. Simone, bom dia!
    Me chamo José Roberto, estou renovando meu visto pela 2a vez, meu ultimo visto foi emitido depois de 1 de janeiro de 2008, isso me isenta da entrevista. Bom acabei de sair do CSC, entreguei os documentos necessários e o atendente me informou que receberei um email em 4 dias falando da emissão do visto. Minha pergunta, esse procedimento é normal? Ele não fala nem se está aprovado ou negado? Tenho uma viagem marcada a trabalho para dia 22/02 !!! Muito Obrigado

    ResponderExcluir
  159. Olá Josē! Sinceramente, não sei lhe responder isto, pois nunca tive que renovar. Na minha percepção, se não falaram nada e vai receber um aviso seria porque está tudo ok (aprovado/ aviso de confirmação).
    espero que seja boas notícias, qualquer coisa volte para contar!

    ResponderExcluir
  160. Fernanda Fernandes7/2/14

    Olá Simone.
    Tenho 16 anos, meu sonho é ir para NY, mais estou com algumas duvidas, Assim tenho uma tia que mora lá e ela me chamou para ir mora com ela por um tempo, no caso terminar os estudos e voltar para o Brasil sendo que minha mãe tem comercio nao legalizado ela tem uma renda de aproximadamente 3 mil por mês, meu pai é falescido e me deixou uma pensão de um salario minimo, e duas casas também não legalizadas, temos um carro mais ta no nome do meu padrasto, então oque devo fazer? Como me matriculo em um colégio lá? E você acha que tenho chances de conseguir tirar o visto? Devo dizer que minha mãe é empresaria? E temos carro? E por fim, qual visto devo tirar? Pretendo ficar por lá cerca de 2 á 3 anos

    ResponderExcluir
  161. Olá!
    Neste caso você indica q sua mãe quem vai bancar a viagem e estudos e leva os comprovantes de renda dela (extratos de pagamento ou de conta corrente e poupança). Tudo que puder levar de comprovante de bens leve, para garantir ( carro, pensão, etc).
    No seu caso, como pretende morar lá e estudar, você precisa dar entrada no pedido de visto de estudante. Não sei exatamente como funciona, se precisa já estar matriculada ou não, mas acredito que sim, pois não lhe darão o visto se não tiver a carta-convite da escola onde vai estudar. Pesquise mais sobre visto estudante, e peça para sua tia uma carta convite em inglês, indicando que irá ficar com ela.

    ResponderExcluir
  162. Anônimo12/2/14

    OLÁ SIMONE...
    ME CHAMO LUANA, PRETENTO IR AOS EUA COM MEU NAMORADO, MAS EU GANHO APENAS R$700,00 SENDO QUE SE MEU VISTO FOR APROVADO EU IREI SAIR DO SERVICO, EREMOS PARA CASA DO TIO DO MEU NAMORADO, MEU NAMORADO TEM UMA RENDA DE R$3.000 O UNICO VINCULO QUE TEMOS COM O BRASIL É O TRABALHO, MAIS A INTENSAO É DE IRMOS PARA LA É JUSTAMENTE ESSA, ELE IRA TRABALHAR NA EMPRESA DO TIO DELE. PRETENDEMOS FICAR 6 MESES LÁ! COMO PROCEDER NESSE CASO, QUEM VAI PAGAR A MINHA VIAJEM SERÁ ELE, EU ESTAREI APENAS ACOMPANHADO ELE NESTA VIAJEM. DESDE JA AGRADECO OS ESCLARECIMENTOS DO SEU BLOG POIS ME FOI MUITO UTIL. OBRIGADO!

    ResponderExcluir
  163. Não sei te dizer com certeza Luana, você precisará pesquisar um pouco mais sobre visto de trabalho para ele. Acredito que o tio deve ter que escrever uma carta de contratação ou algo assim. E vc sendo somente namorada e não casada pode ser um pouco dificil justificar o fato de que irá ficar 6 meses lá.

    enfim.... Não posso te indicar a melhor forma pois não sei. Só sei que este tipo de situação (de ir sem emprego fixo para tentar trabalhar e ficar por lá) è exatamente o que eles tentam evitar, portanto faça tudo certinho e dentro das leis para conseguir seu visto e o dele e não ter problemas de te barrarem ou com a imigração no futuro.

    ResponderExcluir
  164. Anônimo11/3/14

    Olá Simone, me chamo Marcos e tenho 18 anos,pretendo tentar o visto em Abril ou Maio e sou estudante, trabalho e tenho uma renda de $ 780,00. Moro com minha Vo mas estou querendo o visto pra passear na casa de amigo e ficar uma semana por la só que quem vai bancar essa viagem e meu padrinho e ele vai fazer um carta custeio será q tenho chances de obtê-lo?

    ResponderExcluir
  165. Oi Marcos. Favor ler as perguntas e meus comentários (respostas) que estão escritos acima do seu, pois muitas pessoas tem situação similar a sua e perguntaram já. No meu comentário do dia 16 de janeiro dou um panorama geral do que é bom fazer. Mas como já disse, náo tenho mesmo como prever se alguém será aprovado e tem chances ou não, pois não existe renda minima fixa, e depende de vários fatores que só eles avaliam lá na hora e atraves do formulário previamente preenchido. Mas desejo boa sorte!

    ResponderExcluir
  166. Oi, Simone!
    Me chamo Natânia e pretendo ir para Miami e Orlando no final do ano com minha amiga!
    Faço Recursos Humanos e atualmente estou estagiando no Ministério da Justiça.
    A pergunta é: Se eu mostrar contra-cheque, declaração que estudo na tal universidade e levar um pro-labore do meu pai (ele é dono de uma bar, com contador e tudo) dizendo que ele vai me custear nessa viagem à turismo, será que tenho chances de ter uma entrevista com sucesso?

    ResponderExcluir
  167. Acredito que sim Natania, já que tem como se custear e vinculos fortes (estudo/trabalho) com o Brasil. Normalmente nem pedem os comprovantes, acreditam na sua cara e no escreveu antes no formulário ou não, mas de qq forma está certíssima em levar os comprovantes. Boa sorte, deve dar tudo certo!

    ResponderExcluir
  168. Obrigada pela resposta, Simone! Só tenho mais uma dúvida... O pai da minha amiga é falecido, e a mãe dela trabalha em casa de família a muito tempo, mas acredito que não tenha renda comprovada... Minha amiga estuda comigo e trabalha no Tribunal de Justiça, mas a renda dela é um pouco mais alta que a minha, só que não o suficiente também para eles acharem que da pra se virar por lá... Acredito que o pai dela tenha deixado pensão para a mãe... Sendo um valor bom, da pra ela falar que vai se custear através dessa pensão?
    (É a Natania novamente)

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  169. Oi Naty. Acho que dá sim, mas tb acredito que só o fato dela ter um emprego fixo no tribunal de justiça já possa seer suficiente também. Cite e leve o comprovante dos dois, assim como comprovante de extratos bancários e da POUPANÇA dela, caso ela tenha uma. Mas assim.... Não tenho bola de cristal para saber, e não existe um valor minimo de salário para que aprovem, depende de vários fatores. Mas indo para turismo está fácil de aprovarem ultimamente. ;-)

    ResponderExcluir
  170. Estou adorando suas respostas, você está me dando uma grande ajuda... Mas acho que esqueci de comentar que ela é terceirizada, ganha na faixa de uns 1.000
    É que moramos com nossos pais, dai temos nosso salario e o deles.

    (Natânia)

    ResponderExcluir
  171. Oi Simone, tudo bem?
    Fui renovar meu passaporte e me pediram uma entrevista. Eu sou designer gráfica freelancer, e ao colocar o salário mensal no formulário coloquei does not aply pelo fato de não ter uma renda fixa mensal, creio que pode ser por isso que pediram a entrevista.

    Eu não tenho como comprovar minha renda mensal visto que trabalho por projeto, e tem mês que entra dinheiro, tem mês que não, e na maioria das vezes são projetos de curto prazo. Como você fez para comprovar sua renda como freelancer? que documentos levou na entrevista? Sera que preciso levar contratos dos últimos projetos?

    No caso meu pai que vai custear a minha viagem, mas penso ser importante levar mais provas de vínculo com o Brasil.

    Obrigada!!

    ResponderExcluir
  172. Oi Mariana. Acho que vc devia ter especificado no formulario que seu pai quem vai pagar. De qq forma, pode fazer isso na hora. No meu caso falei que a média mensal de ganhos como freelancer ficava em X, mas que tem meses que era mais e outros menos. Ele não estranhou nem nada. E sim, leve os comprovantes de ultimos 3 meses (pelo menos) de sua conta corrente e eventuais pagamentos. E os comprovantes todos do seu pai é claro! (contas, imposto de renda, holerite, poupança, etc)

    ResponderExcluir
  173. Oi Sou Gisele

    Pretendo ir para NY em 01/ setembro ficar 12 dias irei sozinha porém estou com dúvidas quanto ao preenchimento sobre custeio da minha viagem.
    tenho 34 anos Sou funcionária pública Municipal na área da saúde a dois anos e dois meses salario 1350, moro com meus pais solteira, isenta IR, possuo carro e moto novos, e conta c valor 30.000.Tenho Graduação e uma Pós.
    Estou preenchendo DS160 e estou com Duvidas se na entrevista declarando somente isso acima se consigo o visto.

    Ou coloco que meu pai vai custear a viagem. tipo ele é aposentado, possui um pequeno comercio venda bebidas e casas e salas comercias aluguel.

    1- será que com minhas informações eu consigo o visto.
    2- se eu for mencionar q meu pai ira cusTear parte. como coloco isso?
    3- por viajar sozinha será que a imigração vai pegar no meu pé?

    obs: Vou ficar na casa de uma amiga casada com americano, onde meu amigo irmão dela esta tb passeando lá e ele irá voltar comigo em setembro. MAS NAO MENCIONAREI QUE OS CONHEÇO. Todos estão legais lá.

    Farei reserva Na região da times Square.

    desde já agradeço

    ResponderExcluir
  174. Simone, preciso da sua opinião. Quero tentar um visto americano de turista. Tenho contrato de trabalho com o Tribunal de Justiça do meu estado (renda de R$ 2100,00). Sou formada em Direito, tenho OAB, pós graduação e estudo para concurso. Tenho carro e moro com a minha mãe. A dúvida é: minha irmã está estudando nos EUA (tem visto temporário de estudante/intercâmbio, de 2 anos - pelo ciência sem fronteira). Vou para Orlando e ela está no Mississipi. Ela vai me encontrar. Quais são as minhas chances? Omito a informação sobre a minha irmã? Falando a verdade, tenho chances de conseguir o visto?

    ResponderExcluir
  175. Gisele
    Vc tem emprego fixo registrado, bens, dinheiro poupado, vinculo com o brasil. Acho que só com seus dados consegue o visto sim, não vejo muito com o que se preocupar ou pq incluir seu pai.
    O fato de viajar sozinha não a torna alvo para imigracao, sem problemas.
    Se não vai mencionar que vai ficar nos seus amigos, tenha um contato ou indicativo de hotel caso perguntem (tanto na entrevista quanto no formulario que deve preencher no aviao)

    Deve dar tudo certo. Junte os comprovantes, vá tranquila e boa sorte!

    ResponderExcluir
  176. Oi Lickra
    Acho que com seus dados e vinculo Brasil nao terá nenhuma dificuldade em conseguir o visto. Quanto a sua irmã não sei, acho que a verdade é sempre importante, embora vc não vá para ficar na casa dela. Enfim, fica a seu criterio, acho que nao teria problema em citar que ela está lá já que esta como estudante e tudo legalizado.

    ResponderExcluir
  177. Oi simone boa tarde.
    Eu pretendo ir para a florida (eua) para turismo, tenho 19 anos , sou solteira, nao estou estudando no momento...
    Tenho uma loja de roupa feminina registrada em meu nome ha 09 meses.
    Tenho familiares por la, eu estava pensando em ficar na casa deles para cortar gastos com hospedagem.
    Eu nunca sai do brasil, eu nem tinha passaporte, solicitei a pouco tempo, gostaria de saber quais minhas chances de ser aprovada

    ResponderExcluir
  178. OLá Diely
    Como já respondi em comentários anteriores, não tenho como saber quais as chances ou não, pois não existe um padrão para aprovação do visto. Apenas contei minha experiencia e dei dicas do que precisa levar e fazer no blog. Seguindo estas dicas, levando a documentação e etc, sempre tem a chance de ser aprovado ok!

    ResponderExcluir
  179. olá
    estou voltando p dizer que meu Visto foi APROVADO..
    foi agora segunda 05/05/14 09:10 a entrevista
    o processo foi muito rápido na entrada do consulado apesar do volume de gente...
    ja no galpão onde acontece tudo, havia muita gente. demorou 20 minutos para que me chamassem pelo nome para entrega do passaporte que estava em analise.
    fui para fila das entrevistas.. tentei não focar a atenção nas pessoas da fila, preferi anular o som. observei o rosto de todos os agentes consulares e comecei a torcer para não cair em três dos 14 em funcionamento pq eram Senhores de mais de 45 anos com semblante sério e rígido... fui direcionada ao guichê 15, Agente jovem uns 27 anos, e estava em treinamento, pois para meu azar estavam entrevistando em dupla...
    as perguntas foram..
    proposito viagem
    onde trabalho
    profissão
    quanto ganho
    quanto tempo no cargo
    quanto dinheiro disponivel para a viagem..
    como fiz consegui esse dinheiro
    estado civil
    se tenho filhos
    se sou formada
    se conheço alguém nos estados unidos ou parente lá.
    ao final disse que meu visto tinha sido aprovado colheu as digitais da mão direita e me desejou boa viajem...
    todo processo desde a entrada no consulado, até a saída demorou uma hora e dez... achei super rápido....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb achei rápido e organizado, marcada as 11:15 e sai de lá as 11:45. Fiz no Rio de Janeiro

      Excluir
  180. Obrigada por retornar ao blog e registrar aqui sua experiencia Gisele! Que bom que deu tudo certo. Quanto as perguntas, costumam ser estas mesmo, com pequenas variações.
    Abraço e boa viagem!

    ResponderExcluir
  181. Anônimo7/5/14

    Olá Simone,
    Muito bom o blog!
    Estou preenchendo o formulário DS 160, porém tenho algumas dúvidas (tinha muitas dúvidas, mas a maioria li nos comentários e já me responderam).
    Então vamos lá!!!!
    Tenho tios nos EUA (não tenho nenhum tipo de contato com eles e realmente não vou me hospedar na casa de nenhum deles), entretanto tenho conversado com alguns amigos e lido em alguns blogs que NÃO devo colocar que tenho parentes lá, o que VOCÊ acha? Devo ou não colocar que tenho parentes? Tenho medo de colocar que tenho e eles negarem o meu visto! No consulado eles ´possuem algum banco de dados com a relação de parentesco que temos?
    Vou ficar 7 dias em Orlando e vou sozinha, porém não falo inglês fluente. Será uma viagem de formatura (presente do meu pai (funcionário público), aliás ele que vai bancar tudo e vou falar isso na hora).
    Tenho 24 anos e vou me formar agora e também sou gerente comercial. Acho que é tranquilo, né?!
    Coloquei no formulário que vou sozinha, porque ainda não definimos quem vai (das minhas amigas) ou devo colocar que vou com amigas (porém não temos certeza de quem vai e também estão tentando tirar o visto, separadamente).
    Enfim acho que é só isso (tudo kkkk).
    Obrigada, Laísa

    ResponderExcluir
  182. Olá Laisa!
    Olha, acho que quanto a ter parentes lá, não quer dizer impedimentos para tirar o visto. Se vc tem vinculos fortes com o Brasil, eles não teriam porque negar, então depende da situação. Se a pessoa é muito novinha e não tem vinculos, aí acho que eles ficam com medo de que vá ficar morando por lá para mudar de vida. Quanto a saber se possui parentes por lá, não existe um banco de dados ou como verificar.

    De resto tudo ok, pode colocar que vai com amigas se quiser, não tem problema algum.
    Abraço e boa sorte!

    ResponderExcluir
  183. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  184. Laisa,

    bom, vou te dar umas dicas, mas a minha principal dica, na verdade, é que nenhuma dica que você vai receber aqui é garantia de que vai te ajudar porque ninguém aqui é oficial consular.

    O que EU FARIA, é o seguinte:
    Não falaria que tenho parentes lá. Falaria que iria de excussão porque ganhei do meu pai de presente de formatura. NÃO FALA QUE VAI COM AMIGAS. Pode parecer loucura, mas eles pensam que vocês vão se prostituir, ou ir juntas pra trabalhar. Na boa, depois do que aconteceu comigo, não confio em consulado.

    Boa sorte

    ResponderExcluir
  185. A Nathalia já tem outra opinião Laisa, aí fica a seu critério! ;-)

    Se puder nos conte o que aconteceu na sua entrevista Nathalia, nunca imaginaria que ir com amigas pudesse gerar desconfiança.

    ResponderExcluir
  186. Fiz nesta semana a minha entrevista aqui no Rio de Janeiro. Foi tudo muito rápido e dentro do horário. Eu e meu marido somos funcionários públicos e isto facilita muito

    ResponderExcluir
  187. Anônimo28/5/14

    Ola Simone parabens pelo Blog, me deu uma ajuda sobre a obtenção do visto, porem ainda tenho duvidas e medo de nao obte lo. Tenho 23 anos, atualmente estudando direito no 1° ano, consegui um emprego recentemente e ganho em torno de R$1.000,00 + comissao de no min. R$400,00, estou pretendendo ir para Miami para compras e turismo por 5 dias, ja fiz intercambio em Londres (1 mês) e gostaria de saber se com minha situação hoje e com esse intercambio que fiz e voltei ajudariam para obter o visto de turista pros EUA?
    Obrigado.
    Felipe

    ResponderExcluir
  188. Aparentemente sua situação está ok e bem favorável felipe, pois estuda e tranalha e tem vinculo com o brasil. O fato de já ter ido ao exterior e passaporte carimbado tb ajuda. Acho que dá para ir tranquilo, boa sorte!

    ResponderExcluir
  189. Cristina30/5/14

    Olá,Simone,como vai?

    Parabéns pelo seu blog. :)

    Gostaríamos de ir à Miami em novembro.
    Já preenchemos o DS 160 e pagamos a taxa de visto e só está faltando mesmo agendar a entrevista.
    Eu e meu marido não somos casados,mas moramos juntos há muitos anos.
    Sou divorciada e ele,solteiro.
    Ambos temos 43 anos.
    Já viajamos para Portugal e França,em fevereiro deste ano.
    Eu possuo alguns bens e recebo rendimentos de aluguel,e foi isso que declarei no formulário.
    Declaro IR.
    Meu marido é corretor de imóveis.
    Tem vínculo com uma empresa,mas não comprova renda.
    Colocamos no DS 160 que cada um pagará sua viagem.
    Sempre dá uma certa apreensão antes da entrevista,né?
    Você acha que temos chance de ter o visto concedido?
    Abraço e obrigada!!

    ResponderExcluir
  190. Oi Cristina
    Ao que parece tudo ok, são bem adultos, trabalham, possuem renda e vinculo com o Brasil, e é isso que conta. Deve dar tudo certo. Leve os comprovantes se pedirem e boa sorte!

    ResponderExcluir
  191. Cristina30/5/14

    Simone,
    Agradeço muito sua resposta.
    O CASV está agendado para segunda feira,02/06 e a entrevista no Consulado para terça, 03/06.
    Volto aqui para dar meu depoimento e,talvez, ajudar um pouco quem ainda não passou por todo o processo.
    Abraço e mais uma vez,obrigada!! :)

    ResponderExcluir
  192. Olá Simone, Tudo bem?
    Me chamo Bruna e estarei indo com a minha irma para Orlando no começo de Julho e a nossa entrevista será nessa semana. Somos menores de idade e minha mãe nos acompanhará, só que meu pai está pagando a minha viagem e a minha mãe a da minha irmã. Meu pai está fora da cidade e não poderá comparecer no Consulado. Estou apreensiva quanto á recusa do visto e gostaria de saber se posso levar documentos que comprovem que há alguém pagando a viagem.

    ResponderExcluir
  193. Acho q não tem problema seu pai não ir. Leve os mesmos documentos indicados para todos: comprovante de renda, extrato de conta, holerites, imposto de renda e poupança do seu pai. Se pedirem vc mostra, mas acho q nem vão pedir. Como sua mãe estará junto, devem considerar a renda familiar total que será perguntado a ela.
    Boa sorte

    ResponderExcluir
  194. Cristina3/6/14

    Olá, Simone,tudo bem?
    Como eu prometi,voltei para dar meu depoimento sobre o visto americano e, assim,poder ajudar um pouquinho,talvez,quem ainda vai passar por todo o processo.
    Agendamos o CASV,em Pinheiros,para o dia 02,segunda-feira,e a entrevista para o Consulado Americano,dia 03,terça,ou seja,hoje.
    CASV:
    Nosso horário estava agendado para 11:30 e 12:00.
    Chegamos às 11:20 e haviam duas filas,uma para retirar documentos e outra para a foto e biometria.
    Apesar dos horários diferentes,entramos juntos.
    Para facilitar,não levamos eletrônicos,celulares ou bolsas.
    Mas deixam entrar com celulares,desde que desligados.
    Os documentos necessários para o CASV ,são a página de confirmação do DS160, a confirmação do agendamento e o passaporte.
    Eles checam os documentos,te revistam com o detector de metais e liberam a entrada.
    Outro funcionário confere se está tudo em ordem com os documentos e te direciona para as cabines,onde são tiradas as fotos ( os cabelos atrás das orelhas) e as digitais ( biometria).
    Tudo muito rápido.Em 15 minutos estávamos saindo do prédio.
    Entrevista Consulado:
    Agendamos ambos para 07:50.
    Chegamos no consulado 07:15,ficamos na fila,esperamos um pouco,e entramos no pátio.
    Avisamos que estávamos juntos,checaram os documentos ( página de confirmação DS 160,confirmação do agendamento da entrevista e passaportes).
    Entregamos nossos passaportes e seguimos para a fila da revista de segurança ( quem estiver de casaco,cinto,etc,deve tirar e levar na mão).
    Eletrônicos e celulares são proibidos.
    Para facilitar,assim como no CASV,não levamos nossos celulares,bolsa,etc.
    Os seguranças pedem para esvaziar os bolsos ( chaves,carteira,moedas,etc) e deixar tudo à vista,ou colocar nas pastas.
    Esses pertences passam na esteira,pelo raio x, como nos aeroportos.
    Feito isso,seguimos para um salão,onde aguardamos chamarem nossos nomes.
    Pegamos nossos passaportes e já fomos direcionados para a fila da entrevista.
    Nos mandaram para o guichê número 10,um senhor muito simpático e sorridente.
    Dá para ouvir a entrevista de quem está na sua frente e,pelo que pude ver,o pouco tempo que estive lá,todos tiveram os vistos concedidos.
    Chegou a nossa vez.
    Consul: Bom dia ( com um sorriso).
    Nós: Bom dia!
    Consul: Para onde vão?
    Nós: Miami !
    Consul: O que faz, Cristina?
    Eu: Recebo rendimentos de aluguel.
    Consul: E o senhor,o que faz?
    Marido: Sou corretor de Imóveis.
    Consul: Tem filhos?
    Marido: Não.
    Eu: Sim,tenho uma filha.
    Consul: qual a idade dela?
    Eu: respondi.
    Consul:Já viajaram para os EUA?
    Nós: Não.
    Consul:Já viajaram para outros países?
    Nós:Sim,Europa.
    Consul: Digita,digita...rs
    Pediu para colocarmos nossa mão direita para confirmar as digitais.
    Ok,Vistos aprovados! Boa viagem!! ( Sorriso)
    Nós: Obrigada! Bom dia! ( Sorrisão)
    Ele ficou com os nossos passaportes e nos deu um papel branco,com as instruções sobre a entrega dos vistos,etc.
    Achamos tudo muito organizado e rápido.
    Mais tranquilo do que imaginávamos.
    08:30 já estávamos tomando um cafezinho em frente ao consulado ( há também uma lanchonete lá dentro).
    Quero te agradecer pelas dicas valiosas do seu blog,nos ajudaram muito.
    No mais,o importante é falar a verdade e ter tranquilidade.
    Levamos duas pastas com documentos,mas não pediram nada.
    Abraço e obrigada mais uma vez!
    :D







    ResponderExcluir
  195. Obrigada pelo depoimento Cristina, vai ajudar outros leitores.
    Acho que no geral é assim mesmo, muito mais rápido e tranquilo do que a maioria espera, e com altissimas taxas de aprovação.
    agora é boa viagem pra vcs!
    abraço

    ResponderExcluir
  196. Cristina4/6/14

    Muito obrigada,Simone!
    Não vemos a hora de embarcar,adoramos viajar!!
    Abraço :D

    ResponderExcluir
  197. Boa Noite!
    Estou no processo para a retirada do visto para os Estados Unidos. Já obtive o visto americano, no ano de 2001 antes do atentado, a minha dúvida é a seguinte não me recordo se no final de 2002 tive o meu visto negado, só que no passaporte só tem um carimbo que diz "application received" (candidatura recebida) isso significa que foi negado? Ou como faço para saber se meu visto já foi negado, quero responder o formulário com todas as informações corretas, por isso preciso saber! Grato, Hisrael

    ResponderExcluir
  198. Não sei o q significa para te responder com certeza.

    ResponderExcluir
  199. Anônimo9/7/14

    Boa noite Simone,
    pretendo ir visitar o meu namorado nos EUA, tenho 21 anos, sou estudante, faço estagio, e estou no seguro desemprego, eu mesma vou bancar minha viagem com o meu acerto. Será que vou conseguir o visto.


    att: Camila

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item

Pesquisar no blog

Loja Viagema

Reserve seu Hotel

Celular no Exterior

PARA QUEM AMA VIAJAR

RECEBA NOSSOS POSTS

Curta no Facebook

Leia Também