Loading...

Umas com tanto, outras com nada (cidades para ir sempre...ou não!)

"Semanas atrás, numa tweeting conversation entre a Cláudia, Natalie, Carina, Patricia, Carmem e Marcie, surgiu a ideia de listar os lugares que cada uma considerava “viu-tá-visto”. Aí a conversa evoluiu e decidiram fazer também uma segunda lista – com cidades ou países para onde voltariam sempre. Como a idéia parecia boa, uma comentou aqui, outra comentou ali… no fim, a notícia se espalhou e conquistou dezenas de adeptos. Diante disso, decidiu-se fazer uma blogagem coletiva."

Tá aqui o resultado. Este post é parte de uma "blogagem coletiva", ou seja: neste mesmo dia, vários blogueiros de viagem estão lançando um post com este tema, e descrevendo as cidades que gostariam de voltar sempre, e as cidades que uma vez já é suficiente e não precisam voltar.

Minha opinião sobre o assunto é:
CIDADES PARA IR 1x SÓ E JÁ BASTA:

- BRUXELAS (país: Bélgica)

A cidade é bacana, mas não é exatamente uma cidade bonita ou excepcional, apesar dos murais coloridos na parede serem únicos e se destacarem. Tem a Grand Place, o ponto alto da cidade, mas que em resumo é uma praça quase fechada cheia de prédios históricos (belíssimos) e alguns restaurantes. O agito ali não é muito. O Atomium é lindo de ver de fora, mas todos que entram dentro dizem que é sem graça e não vale muito a pena. Mais sem graça ainda é o símbolo da cidade, o ManekkenPis, que é a estátua de um menininho mijando. Já escrevi vários posts sobre a cidade, confira aqui.
O que valeu a pena mesmo por lá foi visitar o parque temático Mini-Europe, com réplicas de monumentos importantes da Europa, extremamente bem feitos. 
Em resumo: vale a visita se você estiver ali por perto, em Amsterdã, Paris ou mesmo Londres. Em poucos dias dá para ver os principais pontos de atração, e isso já vai ser suficiente. Mas ir para Europa só para conhecer lá, a meu ver não vale tanto a pena.

- VENEZA (país: Itália)

Sei que muitos vão discordar com esta minha opinião, pois a cidade é realmente linda, fotogênica e única. Concordo. Mas fato é que a cidade não tem tanta coisa para ver e fazer e é sempre superlotada, não tem um astral tão legal em termos de "gastar tempo ali", pois sentar num restaurante é programa altamente turistico e não muito relaxante por exemplo. As Igrejas e atrações são todas pagas para entrar, e os preços são bem salgados.
Enfim, é uma cidade que vale a ida até a Europa só para ir até lá, mas que após uns 2-3 dias de bateção de pernas por suas ruelas e canais, você provavelmente não sentirá tanta necessidade de voltar lá novamente por um bom tempo. Vale o impacto inicial, ir uma segunda vez é exatamente a mesma coisa. Nota: já fui 2 vezes, e foi assim que senti, como se a cidade estivesse parada no tempo e não se renovado. No post "VENEZA - una belíssima e contraditória cidade italiana", eu descrevo um pouco melhor as sensações sobre a cidade.

- PRAGA (país: república Tcheca)

Esta talvez polemize. Não é que não gostei da cidade, pois realmente gostei. Mas de modo geral, a sensação que fica depois de 4 dias na cidade é de que já vimos quase tudo. Os pontos turísticos principais são pertinhos um do outro, então para ir em cada um deles você passa sempre pelos mesmos lugares. A Ponte Charles, tão falada e fotografada, só é bonita mesmo quando está vazia, porque durante o dia o vai-e-vem de pessoas sobre ela é tão intenso que você não consegue nem parar direito para admirar, e ter um panorama geral das estátuas, pois jorram pessoas por todos os lados. Também não conta com museus muito excepcionais, e aquele relógio astronômico é bonito, mas o "show" dos bonecos bem fraquinho, eu esperava bem mais!
Praga certamente merece sua visita, a região do Castelo é linda e cheia de atrações, e na Catedral de São Vito (San Vitus Church) estão os vitrais mais lindos, detalhados, coloridos e em quantidade que já vi, é arte e beleza para saltar aos olhos. Mas se tiver que decidir entre ir a Praga ou somente em sua vizinha Budapeste (na Hungria), eu certamente ficaria com a segunda opção!
Pra quem quiser conhecer mais da cidade, meu post sobre "Curiosidades de Praga" mostra um pouco mais da região e peculiaridades.

- PORT ELIZABETH (país: Africa do Sul)
Achei que seria uma cidade bacana, grandinha, ponto de referência no país, mas foi bem sem graça. Basicamente é um mix de áreas residenciais, indústrias e o porto. Não há muito o que se fazer por lá, e dá uma sensação de insegurança andar pelas ruas, pois é tudo meio deserto. O South End Museum é bem simplesinho, a curadoria é terrível e os assuntos estão todos meio misturados, além de não possuir muitos recursos visuais, quase tudo são jornais com notícias da época pregados em biombos. Outra coisa bem fraquinha, que está quase parando e jogado as traças é o Bayworld, uma espécie de oceanário e centro de entretenimento da cidade, que fez feio e deixou muito a desejar na limpeza dos tanques d'agua, pois quase não dava para enxergar direito os peixes de tanto lodo.
A praia em si também não tem nada de especial. A areia é branquinha e fina, mas comparado com as praias do Brasil fica devendo em beleza. Estando na área central, de uma lado pode-se ver umas indústrias e do outro um tipo de resort até bonitinho e uns prédios ao fundo, mas é só isso: areia e mar (gelado!). Não chega a ser uma cidade simpática e agradável como outras cidadezinhas menores por lá, como Plettenberg Bay ou mesmo Oudtshoorn, estas sim cheias de atrações e paisagens imperdíveis!


CIDADES QUE DÁ VONTADE DE VOLTAR SEMPRE: 

- LONDRES (país: Inglaterra)

A cidade é super dinâmica, movimentada, um verdadeiro caldeirão cultural. As ruas e parques são bem cuidados, e há muita coisa de excelentíssima qualidade para se ver e fazer. Os Ingleses realmente sabem como fazer um bom museu, seja de arte, de objetos, de fotos ou de história natural!! E o melhor de tudo: a maioria são gratuitos! Imperdível também é o London Zôo, um zoológico pra lá de bem-cuidado, interessante e interativo, que vai agradar a crianças e adultos, e com atividades que vão cativar até quem não aprecia tanto animais. No que se refere a Família Real e ao governo, é tudo lindo demais (Casas do Parlamento+BigBen, Palácios Reais, Igrejas...), dá para conferir neste outro post.
É uma cidade efervescente, você passa 4 dias intensos lá e sente que ainda tem muito o que fazer e explorar, e o que já viu dá vontade de ver de novo de tão bom! Ainda não conheço NY para fazer o comparativo (vamos este ano!), mas pra mim até agora Londres é a "capital do mundo"!

- BARCELONA (país: Espanha)

Aaaah, Barcelona! Meu xodó na Europa, fica dificil falar desta cidade sem desfiar uma lista de adjetivos e qualidades para ela. É uma cidade jovial, alegre, COLORIDA, orgânica... Tem praia (mesmo que artificial), tem montanhas (Montjuic, Tibidabo), tem o pôr-do-sol mais alaranjado que já vi, tem arte, tem boa comida e.... tem Gaudi! Tudo que este genial artista/arquiteto fez é fantástico, e ele fez MUITA COISA nesta cidade!
Obras de Gaudi que vale ver, rever e se encantar sempre (são tão dinâmicas que nunca vai ser cansativo de olhar): Palácio Guell, Casa Batlló, Parque Guell, Sagrada Familia.... estes são só os principais. Destaque também para o bairro Gótico e a imensa e arborizaba Rambla (o calçadão de lá)...
Outro que contribui com o colorido da cidade é Miró, com painéis e esculturas espalhados por lá, além do magnifico museu que leva seu nome e contém centenas de obras suas.
Fora isso, a noite nos meses quentes tem o show das fontes luminosas (La Font Mágica- em frente ao Palácio Nacional), com as aguas da fonte principal "dançando" ao som de música clássica e um show de cores, lindo demais. Bom, vou parando por aqui, senão este post vai virar um "Ode à Barcelona"! Para ver alguns "flashes" da cidade, clique aqui.

- BUENOS AIRES (país: Argentina)

Não precisa atravessar o oceano para achar uma cidade legal, acolhedora, com gostinho de quero mais! Coladinha no Brasil, Buenos Aires é assim. Cheia de atrações, bairros bonitos, pessoas simpáticas e muita comida que agrada ao paladar e ao bolso brasileiro, pois lá come-se bem e barato. Impossível deixar de provar as carnes, as batatas, as empanadas, ou de tomar um café com churros e tantos outros docinhos, confeitos, alfajor, dulce de leite...
Bairros como Palermo e a Recoleta estão cobertos de atrações para visitar. São parques, jardins, monumentos, lojinhas. Entre um passeio e outro, tome um gelato (sorvete) na sorveteria Freddo, o máximo que puder, e ainda sim sentirá saudade depois! É uma cidade que cria certa familiaridade com a gente que é do Brasil, pois rivalidade mesmo acho que só existe quando o assunto é futebol.
Enfim, é uma cidade amigável, confortável, cheia de coisas super bonitas para ver. Mas o que faz a gente querer voltar mesmo.... é o paladar!! É um passeio e deleite gastronômico imperdível. Este outro post dá uma idéia mais detalhada das delícias que você vai encontrar por lá!

- KRUGER PARK E REGIÃO DE GAUTENG (país: Africa do Sul)
Este parque nacional de vida selvagem livre é imenso e imperdível. Ver tão de perto os animais soltos em suas atividades do dia-a-dia, e em grupos tão grandes, é uma experiência inesquecível, a gente já sai de lá pensando em voltar um dia, levar os filhos quem sabe... mas voltar com certeza, para ver toda aquela exuberância natural de novo.
Na região do parque (Mpumalanga e Limpopo) e também em Gauteng onde fica Joanesburgo, descritos neste outro post, tem tantas atrações e belezas naturais, que dá vontade de explorar várias vezes. Fauna e flora sempre vão estar diferentes e nunca vão enjoar, não importa quantas vezes se visite. Fora isso, a África do Sul é um local acolhedor com os visitantes, de boa comida e preços acessíveis. 
Quer "entrar" dentro do Kruger Park e ver imagens lindas da natureza africana? Acesse este link com os posts sobre nossa visita por lá! ;-)

Outras "clássicas" que dá vontade de voltar várias vezes para curtir ainda mais:
Paris
Berlim
Lisboa
Roma

Novo X Conhecido
Claro que a novidade de conhecer pela primeira vez um local é sempre extasiante, divertido, diferente. A primeira impressão é a que fica, a que marca mais. Mas também voltar a lugares em que já foi não é desperdício não, pelo contrário! A sensação de passear novamente por lugares conhecidos também é boa, desperta lembranças, familiaridade, e assim você tem a oportunidade de vivenciar novamente (e até com mais calma e sabedoria) tudo aquilo de que gostou da vez anterior, ou seja: você se foca no que sabe que é realmente bacana!

Links dos participantes desta Blogagem Coletiva (mais de 40 blogueiros, sucesso total do projeto!):
Abrindo o Bico
Agora Vai Mesmo
Aprendiz de Viajante
Área de Jogos da Dri
Big Trip
Blog da Nhatinha
Boa Viagem
Caderninho da Tia Helô
Colagem
Cristomasi
Croissant-Land
De uns tempos pra cá
De volta outra vez
Dicas e Roteiros de Viagens
Dividindo a Bagagem
Donde Ando? Por aí.
Dri Everywhere
Filigrana
Flashes de Viagem
Guardando Memórias
Inquietos Blog
JB Travel
Jr Viajando
Liliane Ferrari
Ladyrasta
Mi Blogito
Mala de Rodinhas e Necessaire
Mauoscar
Mikix 
Olhando o Mundo
O que eu fiz nas Férias
Pela Estrada Afora
Pelo Mundo
Psiulândia
Rezinha Por aí
Rosmarino e Outros Temperos
Sambalelê
Senzatia
Sunday Cooks
Turomaquia 
Uma malla pelo mundo
Uno en cada lugar
Viagem pelo Mundo
Viaggiando
Viajar e Pensar
Viagem e Viagens
Veneza 1177957922097552472

Postar um comentário

  1. Olá Simone, curitibana como eu! Vim visitar seu blog e adorei. Concordo com Londres,é viciante. Moro a 500km dela e já fiz a loucura de ir de carro direto para lá, com 3 crianças e 2 caes. Hoje, sempre que dá, dou um pulinho por lá (sem caes e crianças, que hoje já sao todos grandes).
    Parabéns pelo blog e por mostrar lugares lindos.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo19/7/11

    Simone,
    Não conheço a África do Sul, mas concordo com todos os demais lugares.
    O bom mesmo é viajar, nem que seja para dizer que não é exatamente o que se imaginava.
    Abraços.
    Vera Lúcia

    ResponderExcluir
  3. Concordo contigo Simone em relação a Veneza, é um cidade bonita mas altamente turística, após 3 dias lá pensei ser o suficiente. E quero retornar a Lisboa e Florença, mas entra a questão de novos lugares para conhecer.
    Muito legal teu post!
    bjo

    ResponderExcluir
  4. Realmente o Atomium é uma grande perda de temtpo (entrar nele), mas eu curto bastante Bruxelas! Acho que temos gostos parecidos olhando tua lista! heheh Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Si,
    que demais esses lugares...Logo teremos novidades de lugar novo :D

    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Gente, valeu pelos comentários e opiniões, sempre super bacana quando comentam e interagem por aqui!

    Angela, ainda não conhecia seu blog e dei um pulo lá, parece cheio de informações super úteis da Alemanha (que por sinal adoro, principalmente pela organização e limpeza).Deve ser D+ morar aí! E mais curioso ainda foi ver que temos o mesmo layout! rsrs (só que o seu é versão mais recente- porém já vou mudar o meu até final do mês, em comemoração por 1 ano de blog!) ;-)

    ResponderExcluir
  7. Já vi que Londres é unanimidade, enquanto sobre Buenos Aires as impressões divergem bastante... Estou adorando ler tantas opiniões diferentes sobre os mesmos lugares!

    ResponderExcluir
  8. Adorando e' pouco! Essa blocagem coletiva ta' demais!
    Simone, coloquei Veneza e Praga na minha lista de revisitaveis, mas concordo com você... estranho, ne'? Isso só prova que são as nossas experiências que definem o desejo de voltar...
    Muito rico tudo isso!
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  9. Olha tem bastante gente que achou que Veneza é pra uma vez e só viu? No meu caso é o contrário, foi uma viagem tão boa que tenho medo de ir de novo e estragar! =) Vocês foram quando? Porque quando fomos nem estava tão super lotada assim! Deu pra aproveitar bem se perdendo por aí...

    E até Bruxelas me surpreendeu da 2a vez! Depois dessa, nunca mais digo nunca!!

    E sou suspeita pra falar de Londres, 9 anos na terrinha e ainda não fiz tudo! :)

    ResponderExcluir
  10. Oi Lelei

    Dá primeira vez era mais alta estação (Veneza ano 2000-julho). Dá segunda em 2009 na teoria ainda era baixa, em junho, mas lotadíssima quase sufocante!

    Não é que eu não voltaria NUNCA MAIS, é só que tendo a opção de escolher eu optaria por novos destinos e não estes novamente, apesar de lindos. ;-) Como alguém que adora viajar, eu nunca digo nunca para uma cidade!

    ResponderExcluir
  11. Legal, Simone! Eu acho que voltaria pra todos os lugares, dado o devido intervalo de tempo entre as idas ;-)

    ResponderExcluir
  12. Olá Simone, que legal sua visita lá no meu blog. Obrigada.
    Realmente Munique é maravilhosa. Moramos lá por 2 anos e ela é uma das cidades que a gente nao se cansa de ir.
    Beijos e tenha uma quarta-feira maravilhosa.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo24/7/11

    Simone, gostei do seu blog.
    Sou de Curitiba e estou para viajar para Roma e Veneza em novembro de 2011... Você não tem uma dica de roteiro leve para 4 dias em Roma e 3 dias em Veneza?
    Agradeço desde já.
    Obrigado.
    Rogério (email: ribasrog@terra.com.br)

    ResponderExcluir
  14. Olá Rogério!
    As dicas que tenho sobre Roma estão no blog, basta explorar e ler os posts já publicados. No menu lateral procure por Roma, e verá que dou um ROTEIRO COMPLETINHO para 3 dias puxados passeando pela cidade. Se quer algo mais leve melhor ainda, é só dividir estas atrações nos 4 dias, e retirar algumas que não achar tão interessantes. Tá tudo lá! Boa pesquisa, boa viagem, e me diga o que achou dos textos depois! ;-)

    ResponderExcluir
  15. bacana este teu blog, si...

    ResponderExcluir
  16. Concordo totalmente com apenas uma visita a Praga e dezenas de visitas a Londres, Barcelona e Buenos Aires :)

    ResponderExcluir
  17. Anônimo11/3/13

    Descreveu tudo o que pensava mas tinha vergonha de falar! rs

    ResponderExcluir
  18. Para quem gosta de cerveja, Bruxelas é simplesmente o paraíso. Em cada esquina há a possibilidade de se conhecer uma cerveja diferente. E quando eu falo "Cerveja", não me refiro à Brahma, Skol, Heineken, Bohemia e por aí vai. Me refiro a cervejas de verdade, tão finas quanto famosos vinhos franceses e tal. A Bélgica é um país com mais de mil anos em tradições cervejeiras e fabrica algumas das melhores cervejas do mundo. Enfim, para quem gosta de cervejas ou se interessa em conhecer, é impossível visitar essa cidade apenas uma vez. Vale lembrar que é lá que fica o Delirium Café, um bar com a maior carta de cervejas do mundo, com mais de 2500 rótulos. Grande abraço.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item

Pesquisar no blog

Loja Viagema

Reserve seu Hotel

Celular no Exterior

PARA QUEM AMA VIAJAR

RECEBA NOSSOS POSTS

Curta no Facebook

Leia Também