Loading...

Galapagos: Ilha San Cristobal e seus leões marinhos

Galápagos é um daqueles lugares onde não há muito o que se escrever a respeito, mas certamente tem inúmeros adjetivos elogiosos para a definir, que se traduzem muito melhor em fotos do que em palavras. É um lugar extremamente calmo, e bastante selvagem apesar dos habitantes e do turismo. 


                                          Descansando no banco da praça...

Abaixo a "descrição visual" de nosso tour em San Cristobal:


DADOS TÉCNICOS
- preço do tour: 90 dólares por pessoa (foi o mais caro que fizemos), incluindo almoço, guia naturalista bilíngue (espanhol e inglês) e material para praticar snorkel (porém tínhamos o nosso próprio).
- saída as 6h da manhã e retorno às 18h, partindo da Ilha Santa Cruz (2h de barco/lancha)
- este tour teve 3 pontos de snorkel ao invés de 1 só como em todos os outros. Fizemos snorkel na "Loberia", na "Kicker Rock" e na volta paramos na Ilha de Santa Fé para o terceiro round.
- se o seu negócio é surfar, dizem que o point principal do arqupélago é aqui!


NO BARCO E CHEGANDO NA ILHA:
 Cabelos aerodinâmicos ao vento! (depois de 2h assim, desista de pentear...)

 Avistando a ilha San Cristobal

 As comidas e utensilios chegam em navios assim...

 ... e são descarregadas nestes botes para conseguir alcançar a praia

 Lanchas e a cidade ao fundo (Porto Baquerizo Moreno)

Desembarcando e já se avista leões marinhos

Na escadaria do porto (por sorte também dá para desembarcar pelo deck)

Qualquer lugar vale para um cochilo

San Cristobal é uma ilha habitada, e possui alguns hotéis. Puerto Baquerizo Moreno é a capital do arquipélago de Galápagos. Em termos de infra-estrutura, nos pareceu melhor do que Isabela, apesar da cidade em si ser bem pequena. A rua à beira-mar é muito bonita e agradável para uma caminhada e observação de animais, principalmente de leões marinhos, que é sem dúvida o que mais se vê por lá, e sua interação com a natureza e a cidade ao redor com certeza vai lhe garantir muitos Flashes de Viagem! ;-) 


PARA CONHECER:
O "Centro de Interpretação" (Interpretation Centre) é um dos pontos mais visitados na ilha de San Cristobal e fica relativamente próximo ao Porto. É gratuito e aberto aos visitantes, uma espécie de escola/museu que através de suas 3 exibições (História Natural, História Humana, Cnservação e Desenvolvimento) explica a formação das Ilhasalápagos e sua importância ambiental. Dá para ir por conta própria, não é necessário estar vinculado à um tour (já nas áreas de conservação é obrigatório).

 
A ESTRUTURA DA CIDADE E SEUS ILUSTRES HABITANTES:
 O Malecon (píer)

 Paisagismo

 Calçadão iluminado à beira mar

 Barcos e lanchas ancorados

 A pracinha da cidade e seus "habitantes" (o playground fica ao lado)

Leão marinho "à milanesa"

 Área para observação do mar (mas é meio dificil conseguir sentar)

 Leões marinhos saindo do mar

CURIOSIDADE:
Leões marinhos são também conhecidos como lobos marinhos, por causa do som que emitem, que se parece com um rugido, e que é extremamente importante no reconhecimento entre mãe e filho. Leões marinhos são diferentes de focas, que por sinal não existem em nenhum lugar nas Ilhas Galápagos. A principal diferença entre as 2 espécies é que os Leões marinhos possuem orelhinhas externas visíveis e patas fortes dobráveis que permitem que andem pela areia com mais facilidade e com o peito levantado na vertical. Já as focas não possuem orelhas, somente o buraquinho nas laterais, e possuem maior dificuldade de andar em terra, rebolando e se arrastando mas sem empinar. Da proxima vez que avistar um desses agora já sabe né? ;-)
Outra coisa: são bichinhos lindos e fofos, e os filhotinhos desajeitados arrancam suspiros... mas são bem fedidinhos! Questão de acostumar.


PARADA 1 - A "LOBERIA" E O PRIMEIRO SNORKEL DO DIA:
 Caminho que leva até a Loberia

 Foi o único lugar que vi flores em todas as ilhas! (tudo é árido)

 Prainha intocada

 Bem-vindos à Loberia! (refúgio de Lobos marinhos)

 Tem de todos os tamanhos, e gostam de ficar descansando sobre as pedras

  Nesta praia de água mais parada ao lado das pedras é que fizemos o snorkel
Um leão marinho adulto nadou ao nosso lado, e também seguimos uma tartaruga marinha gigante!

 Esse daí devia estar cansado!!

 Casalzinho apaixonado (metade do corpo molhada e outra seca)

 Este foi o mais bebezinho que vimos! Ainda era bem peludo.

Relaxante banho de sol

Mamãe leoa dando de mamar ao "filhotão"

Avistando bem de pertinho! :-D

 O cenário é quase um paraíso

  "2 em 1"- dois corpos tentando ocupar o mesmo espaço...

...agora o casal se afastou um pouquinho. Cada um em sua atividade.


PARADA 2 - ALMOÇO E BREVE DESCANSO:
Foi nesta casa/restaurante que a gente almoçou com o resto do grupo

 O casal, curtindo um peixe de almoço (afinal o que mais poderia ser?)

Pausa para fazer a digestão: é só pedir licença e sentar... :-)


PARADA 3 - DE LANCHA ATÉ KICKER ROCK PARA OUTRO SNORKEL:
 Paramos aqui para "desembarcar" na água
PS: CUIDADO! área de mar remexido e corrente marítma, e também de tubarões!

 A meta era cruzar nadando por entre as 2 pedras, e o barco aguardaria do outro lado.
Acima das pedras muitos pássaros sobrevoando, lindo de ver lá debaixo na água.

 As pedras parecem pequenas? 
Aquele "coisinha" branca na metade da rocha à esquerda é a lancha!

Após o snorkel, dando adeus ao local...

Quer saber o que vimos nos mergulhos/snorkel? Depois farei um post só com as fotos das câmeras aquáticas embaixo d'agua, que ainda não foram reveladas. Acompanhe o blog pelo Facebook para saber quando tiver novidades! (clique aqui) Mas já adianto que esta parada foi a mais fraquinha, pois a água apesar de calma estava turva e a visibilidade diminuida. Não deu para ver as hordas de tubarões. Não sei se NÃO vê-los é bom ou ruim! rsrs Mas que deu um certo medinho deu!


PARADA 4 - DE LANCHA ATÉ A ILHA DE SANTA FÉ:

Esta ilha fica na metade do caminho entre San Cristobal e Santa Cruz. Na volta do tour paramos lá e fizemos o terceiro e último snorkel do dia, e neste tivemos muita sorte, pois foi a água mais cristalina na qual nadamos, tão transparente que quase parecia uma piscina! (a desvantagem é que foi a água mais gelada de todos os mergulhos - porém suportável mesmo sem roupas especiais) Avistamos muitos peixes coloridos e diferentes, cardumes imensos e um grupo de arraias. Cada snorkel dura cerca de 40min-1h.


Gostou? Deixe um comentário, e aguarde os próximos da "série". Ainda tem muita coisa bonita para mostrar e dicas para dar!
 

Também escrevi um post sobre as Ilhas Galápagos para a seção 3x4 do blog Aprendiz de Viajante, dá uma olhada lá! ;-)


 
Ilhas Galapagos 2442610173689692982

Postar um comentário

  1. Que lindo Simone, só mesmo através de fotos pra repassar tanta beleza. E nossa os leões marinhos estão em todos os lugares! :)

    ResponderExcluir
  2. Incrível! e que fotos divinas!!! Galápagos sempre foi um dos meus grandes sonhos de viagem. Tô aqui babando mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Que fofos.... Acho que ia querer levar esse filhote para casa...

    Adorei as fotos...

    ResponderExcluir
  4. Perfeito o post e o lugar! Há tempos tenho muita vontade conhecer Galápagos!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Simone! Tudo bem?

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia Paulista

    ResponderExcluir
  6. Lindo lindo lindo!
    Acabei de estragar o teclado (babei nele) risos
    Como boa desbravadora, galápagos está na listinha faz tempo, porem ainda não consegui ir para o arquipelago. Mas logo logo vou ;)
    Adorei o post e parabens, as fotos estão divinas!!!
    Abs,

    ResponderExcluir
  7. OláSimone
    Que lugar incrível! Os leões marinhos apraentam ser dóceis. Dá para fazer um cafuné?
    Ótimo post. Abraço
    Acho que amanhã começo a publicar posts sobre Veneza. Por ora, só Toscana.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Leões marinhos pequenos são dóceis, já os adultos nem tanto, podendo existir acidentes se a pessoa se exceder na aproximação (risco de mordida) ou para defenderem seus filhotes.

    Mas é bem incomum, pois é proibido tocar (e alimentar) QUALQUER animal nas ilhas, é regra do parque, por questões de segurança e de ecossistema também, já que os animais podem ficar mal-acostumados ou arredios. E é exatamente este motivo que faz com que eles sejam "dóceis", no sentido de poder chegar muito pertinho deles e não se assustarem, pois sabem que ninguém irá tocá-los.

    Tá aí a "magia": quanto menos o ser humano toca neles, mais eles deixam chegar perto! ;-)

    ResponderExcluir
  9. Nossa, vocês mergulharam num lugar teoricamente cheio de tubarões sem ver nada? Corajosos! Lindas fotos, sou apaixonada por Galápagos desde que a minha sogra foi e voltou com fotos espetaculares também :-)

    ResponderExcluir
  10. Pois é Luciana! É como eu disse: talvez NÃO CONSEGUIR VER seja pior do que ver e pelo menos saber onde os tubarões estão (pois certamente estavam por ali), muito embora os guias afirmem que são pacificos.

    Não à toa fiquei um pouco aliviada ao sair da água... até porque o guia nos alertou muito sobre aquela área, pedindo para só quem estivesse confiante e soubesse nadar mesmo descesse, por causa de possivel correnteza e porque no meio das pedras o barqueiro não tinha como ajudar. Como não sou a melhor nadadora do mundo já desci meio preocupada, e com colete de flutuação (sempre)!

    ResponderExcluir
  11. Muito legal o seu blog, já está nos meus favoritos!
    As melhores dicas de viagens que encontrei na internet até agora, parabéns!
    Em que época do ano vocês foram a Galápagos, maio?
    Estou pensando em ir no fim de julho, será que é uma boa?
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Obrigada Rafaela, fico muito contente quando os leitores apreciam e encontram informações realmente úteis para o que estão procurando!

    Sim, fomos em maio, e acho que não tem problema nenhum ir em julho, só vai estar mais frio e com água mais gelada, então é provável que tenha que usar roupa de neoprene para entrar na água (snorkel/mergulho). Se não tiver a sua, pode alugar uma por lá.

    Segue esta info sobre clima, que peguei do site da UOL:
    "Clima - O arquipélago recebe visitantes durante todo o ano, de acordo com o interesse. De dezembro a maio, a corrente do Panamá aquece as águas de Galápagos, o céu costuma ficar sem nuvens, mas com a incidência de temperaturas mais altas e fortes chuvas. É o período exato para banhos de mar esverdeado, prática de mergulho e com as melhores ondas para surfar. No entanto, a melhor época para avistar a fauna exótica vai de junho a novembro que, estimulada pela abundância de animais disponíveis nas águas frias, costuma dar as caras com maior frequência. A corrente de água fria de Humboldt, misturada ao ar quente, provoca as famosas garoas da região, mas nada que possa interromper os passeios. Nesse período, o mar se encontra mais agitado e as noites são mais frias."

    (link: http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/galapagos.jhtm)



    ResponderExcluir
  13. Olá!
    É mto cansativo o passeio para San Cristobal, saindo de Sta Cruz? A agência q estou orçando não me aconselha a pernoitar em San Cristobal... obrigada

    ResponderExcluir
  14. Desculpa...
    A agência ME aconselha a pernoitar em San Cristobal...

    ResponderExcluir
  15. Oi Paula! Eu não achei cansativo não, mas é claro que depende da disposição de cada um. Como a lancha demora duas horas em cada trajeto, o passeio em si começou umas 8h e saímos por volta das 15h, pois tinha mergulho no caminho de volta.
    A sequencia do tour é como narrei no post: chega, vai de carro até a loberia, mergula, volta e almoça, fica um pouco na cidade e aí parte de lancha para os próximos points. Foi assim nosso tour, mas pode ter diferença.
    Se nào quiser mergulhar pode só ficar no barco ou na praia observando

    ResponderExcluir
  16. Hahaha!
    Fica a seu critério Paula. O tour é susse, mas se quer aproveitar melhor e conhecer mais esta ilha o legal seria pernoitar mesmo. Eu gostei da vibe de lá e do calçadão arborizado a beira mar. Se eu voltasse ficaria um dia lá.

    ResponderExcluir
  17. Se for pernoitar lá não faz muito sentido comprar este tour saindo de Santa Cruz, pois perderá metade do passeio de vai ficar lá. Aí o melhor seria comprar só o ticket do ferry/ lancha de ida e volta, e chegando lá procurar como fazer os passeios (Loberia é meio afastado e ACHO que só pode ir junto com um guia naturalista.

    ResponderExcluir
  18. Ah, sim! :)
    Obrigada pelas dicas. Vou tentar pernoitar lá pq tb tem a questão dos enjoos no trajeto (sou meio fraca)...
    Vc ficou em Isabela tb?
    Parabéns pelo blog e os posts de Galápagos!

    ResponderExcluir
  19. Ficamos dois dias em Isabela e adoramos Paula!
    O legal de lá é que efetivamente tem praia, e muitos hotéis (como o que ficamos) ficam de frente para o mar, na areia mesmo, é uma delícia no final do dia.
    Um super conselho: ao invés de contratar um tour para fazer a parte dos "humedales" nesta ilha, se tiver disposição alugue uma bicicleta o dia todo e vá por conta própria parando nos pontos, é só ir seguindo o que interessa em um mapa.
    Vc vai se sentir vip, pois estarão desbravando lugares incríveis e lindos sozinhas....! Já em tour/excursão, desce o grupo todo em cada ponto, e com certeza não é a mesma coisa.
    A maioria do terreno é bem plano, mas tem umas parte que tem que andar de bike na areia ou em pedrinhas e terra, mas dá tranquilo, foi um dos dias que mais gostei em toda Galápagos!

    ResponderExcluir
  20. Tb ficaremos 2 noites em Isabela e pretendemos ir no vulcão Sierra Negra e na bacia dos tubarões tintoreras. Vcs foram?
    Mto bom seu conselho pq eu não sabia desse tipo de passeio! :D

    ResponderExcluir
  21. Onde tinha um point tipo fenda para ver os tubarões a gente foi, é no "bay tour", ou "tour de baia" da Ilha Isabela (em que o barco passa ao redor/margens da ilha). É um tour de metade do dia (4h), e o preço até que é bem em conta, se não me engano era 30 dólares quando fomos. Só que não conseguimos ver nenhum tubarão, eles não estavam lá na hora, e o guia explicou que é conforme a época e a temperatura da água. Mas o tour foi bom, lugares bonitos e únicos.

    Faça este tour de baía também na ilha de Santa Cruz, foi somente lá que avistamos pinguins e o pássaro de pé azul mais de perto. Você pode comprar os tours lá mesmo nas agências, não varia muito o preço entre uma e outra e tem que tentar negociar, mas eles não se "animavam" a dar muito desconto não... Acabamos comprando tudo com nosso hotel mesmo, saiu até mais barato do que pesquisando nas agências de rua (em Santa Cruz/ Puerto Ayora).

    Vulcão Sierra Negra não fomos, depois volte aqui no blog e conta pra gente se valeu a pena e como foi! ;-)

    ResponderExcluir
  22. Oi, Simone. Tudo bem? Parabéns pelo blog e pelo post. Estou indo para Galápagos no dia 25 e queria saber o nome da agência que contratou para fazer o tour de San Cristobal. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nào lembro o nome, mas fiz a reserva e pagamento através do hotel mesmo, pois ofertavam um descontinho para os hospedes.
      Chegamos a procurar nas agencias de rua em Santa Cruz, a maioria oferece os mesmo passeios, e sendo o mesmo o preço não varia tanto, mas vale dar uma pesquisada.
      Boa viagem, vai amar!

      Excluir
  23. Olá Simone, parabéns pela página. Meu noivo e eu vamos passar a lua de mel em Galápagos. Você saberia me dizer se podemos comprar todos os passeios lá em Santa Cruz mesmo? Obrigada! Natália

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim, Natália! Compramos tudo lá diretamente com o hotel, mas pesquisamos também nas várias agências de rua. Dá para tentar negociar preço, mas não são de dar muito desconto não!
      Leia também minhas respostas e dicas dos comentários acima do seu. ;-)
      Boa viagem!!

      Excluir

emo-but-icon

Página inicial item

Pesquisar no blog

Reserve seu Hotel

Celular no Exterior

RECEBA NOSSOS POSTS

Loja Viagema

Curta no Facebook

Leia Também