Loading...

Sobre milhas e voar até Galápagos gastando pouco

Quem já pesquisou preços de viagem até as Ilhas Galápagos certamente vai achar este título bastante atrativo, pois baixo preço e Galápagos caminham em sentidos opostos, a começar pelo preço da passagem.

Pois bem... eis que achei uma forma de viajar até lá muito barato, usando milhas e voando pela LAN, coisa que pouca gente sabe, pois em se tratando de Galápagos, todo mundo pensa na Taca, Tame, Aerogal, Avianca e por aí vai, sem saber que a LAN já faz o percurso completo até as ilhas, não é mais preciso parar no Equador (em Quito ou Guayaquil), para daí pegar mais um vôo caríssimo em outra companhia aérea até as ilhas! 

Antes era IMPOSSÍVEL voar até Galápagos com milhas, considerando que não tinha cia.áerea com programa de fidelidade/milhagem que fizesse o trecho Brasil-Equador. O máximo que se conseguia chegar com as milhas era até o Peru ou Bolívia! (e de lá vôo até equador + vôo até ilhas). Por isso já estou amando antecipadamente a LAN, que com esta rota vai proporcionar a viagem dos meus sonhos!



O comparativo é o seguinte:

VOAR PAGANDO A PASSAGEM

Opção 1 (a mais utilizada):
Vôo até Equador (Quito ou Guayaquil) a partir de R$1100 +tx
Vôo até as ilhas pela Tame ou Aerogal: em média U$350-500 
(cotação U$1=R$1,80 => a partir de R$630 até R$900)
Tame - http://www.tame.com.ec/
Aerogal - http://www.aerogal.com.ec/

Opção 2:
Agora a LAN faz o trajeto inteiro, inclusive no Equador, a partir de R$2000-2300 por pessoa
(pesquise no site por Galápagos) 

EM RESUMO: mínimo R$1700 por pessoa, que é o mesmo preço de ir para a Europa em alta estação por exemplo. Para nós, um casal, e considerando as taxas extras de embarque sairia por no mínimo R$3700!


VOAR USANDO MILHAS / PONTOS DO CARTÃO DE CRÉDITO

Um breve esclarecimento sobre o assunto: a melhor e mais rápida forma de acumular milhas é USAR seu cartão de crédito. Seja fiel a um programa de recompensa, como o da VISA por exemplo, e pague tudo o que puder no cartão (quitando certinho na data do vencimento é claro, nada de acumular dívida!). Foi na padaria comprar uns quitutes? Usa o cartão. Mercado e shopping? Cartão com certeza. Farmácia? De novo. Aluguel? Cartão. Viajou? Põe tudo lá! Entendeu o espírito da coisa? Quanto mais usar o cartão, mais rápido acumula. E após acumular dá para viajar (quase*) de graça! Acumular milhas através de vôos efetuados é só para quem voa muitos trechos nacionais (ponte aérea) ou quem faz viagens para lugares distantes no exterior, e com certa frequência (2x por ano ou +). Portanto aposte no cartão, já que vai ter que pagar suas contas de alguma forma mesmo!

PS: *QUASE de graça porque em qualquer programa de milhagem é preciso pagar as TAXAS DE EMBARQUE, que para o exterior não são tão baratinhas. Nacional custa em média R$20 por pessoa. Europa e EUA uns R$200 cada. América do sul... só vou contar mais no final quanto pagamos por todo o trajeto! #suspense ;-O

Clientes do Banco do Brasil NÃO conseguem transferir seus pontos do cartão de crédito para o programa de milhagem da LAN, mas clientes do Itaú SIM! Então, se você é cliente deste banco, procure pela opção LANPASS na área de pontuação do cartão (Programa Sempre Presente) e jogue ali seu pontos. Está escrito que demora 10 dias úteis para a migração dos pontos, mas os nossos pontos já entraram no terceiro dia.  
PS: se seu banco é outro, checar se existe esta possibilidade (e se puder avise aqui no blog!) ;-)


Mas afinal, quantas PONTOS preciso para uma passagem São Paulo-Galápagos?

R: a partir de 20.000 pontos do C.C. por pessoa, para a ida e volta! (sendo que cada ponto do cartão de crédito = 1 milha nos programas de fidelidade da Gol e TAM, ou 1.4Km na LAN)

Quem conhece um pouco sobre o assunto já deve estar alegre, afinal, 20mil milhas é a quantidade básica que os programas de milhagem mais comuns (Gol, TAM) pedem para qualquer vôo Brasil-América do Sul. Ou seja: o custo SP-Buenos Aires (que é muito mais barato), em milhas tá saindo igual SP-Galápagos, que é muito mais longe, no Equador e distante 1000Km do litoral!

Na real o sistema de pontuação da LAN é diferente, pois é em Km, e não milhas, e na hora da conversão dos pontos do cartão para o LANPASS deve-se multiplicar por 1,4 para saber quantos Km ganhará (1 ponto=1,4Km). Dito isso, e ao entrar no site da LAN, vai perceber que na simulação aparece que são necessários a partir de 28mil Km (20mil pontos) para esta viagem.


Mas veja bem... eu escrevi A PARTIR DE 20.000 pontos do C.C. (=28.000Km). Como todo mundo sabe, viajar em alta temporada requer muito mais milhas, então as opções econômicas são para quem tem flexibilidade de datas ou vai viajar na baixa temporada, que geralmente coincide com a primavera ou o outono. (+- mar-jun / set-nov)

Sendo assim, após muitas simulações de data de ida e de volta, “fechei nosso pacote” por 30mil Km cada passagem! (+-21500 pontos). Só por curiosidade: para o trecho Quito-Galápagos, a quantidade é a partir de 20mil Km! Ou seja: a quantidade tá bem camarada para nós brasileiros! :-D

Dados finais: faltou um pouquinho de Km para emitir as passagens (com os pontos que transferimos do cartão), mas a LAN possui a fantástica opção de COMPRAR Km, que é uma verdadeira mão-na-roda para casos como esse! (ver tabela abaixo) Compramos mais 1500Km, por U$30, pagamos a taxa de embarque e foi isso!
O total gasto nas 2 passagens ida-e-volta foi de R$335,00!!
(R$285 taxas embarque + R$50 compra de Km + 42.500 pontos do cartão / equivale à 59500Km Lanpass)

Pensa bem... quão baixo é este valor para uma viagem internacional? Fui visitar minha família em Minas Gerais, início deste ano, de ônibus normalzão mesmo, e gastei R$330,00 nas passagens só para mim!

 

Agora, se você já tá achando uma maravilha esta dica e pensando em se programar para ir lá conhecer este paraíso, ainda dou mais um super motivo para os que gostam de viajar! Que tal dar uma paradinha no meio do caminho hein? Você não vai pagar nada mais por isso! Afinal, após ler o regulamento todo vi que a LAN permite 1 stopover** ou 1 surface*** na ida ou na volta. Bom demais né!

**Stopover = parada de 1 dia ou mais em uma cidade que seria conexão no vôo. (ao invés de esperar no aeroporto para pegar o próximo vôo e prosseguir a viagem, você pode sair e ficar na cidade para conhecer, e só depois destes dias continuar o trajeto até o destino final)
*** Surface = “trecho na terra”, ou seja, pousar em uma cidade e sair por outra. (Ex.: entrar nos Estados Unidos por Miami e voltar partindo de Nova York...)

Lugares em que os vôos até Galápagos fazem conexão, e que portanto seria possível fazer um “pit-stop” por alguns dias sem custo adicional de passagem: (máximo 30 dias)
- Buenos Aires, na Argentina
- Santiago, no Chile
- Lima, no Peru

É claro que escolhemos fazer um stopover em Lima no Peru, para conhecer a capital deste país, e de lá de quebra ir até Cusco e Macchu Picchu é claro! 1 preço, 2 lugares! (Lima<=>Cusco não está incluso nos valores acima, mas achei taxas aéreas bem atraentes).

Ah! Um detalhe: não dá para calcular pelo site quando tem stopover, então tem que fazer por telefone com a central de atendimento da LAN. É sem custo, visto que a opção não é oferecida pelo site, e costumam ser bastante prestativos e educados, embora seja meio difícil e “burocrático” para conseguir uma linha e iniciar o atendimento.

Como nem tudo são flores... Pontos negativos da aquisição destas passagens por milhas: 1- vôos só partem de SP ou RJ. 2- o tempo total de viagem, que varia de 30-32h conforme a rota e conexão escolhida! (existe uma única opção de 16h) Não é que a viagem de avião em si seja longa, é que do Equador para as Ilhas Galápagos só saem vôos da LAN de manhã cedo, e o vôo anterior costuma chegar de tarde ou de noite no Equador, ou seja: perde-se 1 dia só na viagem, e terá que passar uma noite em Quito ou em Guayaquil, que vai ser nosso caso. Ponto positivo dentro do item negativo: é mais um destino para conhecer (!), fazendo um “city-tour” rápido pela cidade, cujo aeroporto é pertíssimo do centro e de onde estão os pontos turísticos mais relevantes (cerca de 3Km). Além disso, táxi e hotel lá é super barato, e para dormir na cidade o gasto de hospedagem gira em torno de U$30-35 para 2 pessoas.

Gostaram da dica? Então deixe seu comentário ou dúvida ali embaixo. E aproveite para visitar este peculiar santuário ecológico antes que a LAN resolva subir a quantidade de Km necessários!
Viajar de avião 6586656991922433213

Postar um comentário

  1. Tô aqui de boca abertaaa!!!!
    Galápagos, Lima, Cuzco e Macchu Picchu por 20000 pontos é sensacional!! Estou precisando acumular mais milhas porque torrei tudo nas últimas viagens e você me inspirou bastante!
    Valeu pela dica Si! Ótimo post!

    ResponderExcluir
  2. :-D Bacana né Natália! Um ótimo motivo para juntar pontos!

    Mas só para esclarecer: o trecho Lima-Cusco vai ser por nossa conta, não tá incluso no preço e nas milhas. Mesmo assim é barato né... E já que vamos estar ali pertinho não tem como não ir!

    Mas tenho dica para isso também: ir de avião pela STAR PERU, comprando antecipadamente (uns 2-3 meses) tem por U$45 o trecho!

    ResponderExcluir
  3. Tenho sempre consultado a Lan para viagens na america do sil. Voamos rio-la paz e cusco-rio por 25 mil milhas. Achei mt bom. O unico contra sao as escalas mesmo,, no nosso caso em santiago, iquique e lima. Mas pelo valor vale mt a pena. Abs,

    ResponderExcluir
  4. Simone, ótimas notícias: LAN pra Galápagos e a 28000km! Obrigado por compratilhar a informação nesse post. Galápagos ficou mais perto. Aproveito pra dizer que a opção com Lima foi uma boa ideia, mas Quito e redondezas, apesar de desconhecida pelo publico brasileiro em geral, também é muito interessante e barata.

    ResponderExcluir
  5. Robson, também acho que Quito deve ser um destino bem interessante. Mas até achei bom que no nosso caso a conexão no Equador foi via Guayaquil, pois se fosse em Quito eu ia lamentar parar lá tão rapidinho, já que muitas tem coisas para fazer e explorar, então deixa para uma próxima vez com mais calma e a atenção que mereceria! ;-)

    ResponderExcluir
  6. Anônimo23/4/12

    Milhas bem programadas é o bicho.. com 30 mil fiz Brasil x Peru x Venezuela x Brasil...

    Aloha
    Juliano Melão

    ResponderExcluir
  7. Que dica perfeita, já quero ir...
    Ótimo post. :)

    ResponderExcluir
  8. Que dica mais maravilhosa! O meu sonho é conhecer Galápagos. Você mergulhou por lá?

    ResponderExcluir
  9. Oi Deise! Mergulhar mesmo não, pois para isso precisa certificação e parece que no minimo 15(!!) mergulhos prévios, mas fizemos snorkel em 5 points diferentes, e foi o máximo, praticamente viciei no negócio. Agua no geral muito clara, com ótima visibilidade e temperatura, e o principal... muita vida marinha embaixo, lindo!

    Nadamos com tartarugas marinhas, grupos de arraias e até com um leão marinho adulto, que veio nos investigar conhecer! ;-D #show (fora a variedade, quantidade e colorido dos peixes...!)

    ResponderExcluir
  10. Anônimo5/6/12

    Nossa...vou tranferir meus pontos correndo, parece sonho! Sempre quis conhecer Galapagos mas achava caro e sempre adiava, vou aproveitar a dica e partir rs;)
    Bruna Sampaio

    ResponderExcluir
  11. Flavia - Vitória - ES11/7/13

    Olá, Simone.
    Uma perguntinha indiscreta... rsrsr
    Nesta viagem de vocês, quanto gastaram lá na Ilha Gálapagos? com passeios, hospedagens, translados e alimentação?

    ResponderExcluir
  12. Oi Flavia, vou te responder com mais detalhes via mensagem no Facebook, pois vi que perguntou por lá também ok!

    Mas de modo geral não sei dizer ao certo, visto que na mesma viagem paramos no Peru por 1 semana, então o custo total que me lembro equivale aos 2 destinos juntos, com eventuais aéreos extras e etc...

    ResponderExcluir

OBS: os comentários passam por moderação, por isso não aparecem no blog no mesmo instante. Para receber a resposta em seu email e acompanhar os outros comentários clique em "Notifique-me" (abaixo da caixa de texto).

emo-but-icon

Início item

RECEBA NOSSOS POSTS

Curta no Facebook

VIAJE TRANQUILO!

Leia Também

PELO MUNDO - PAÍSES