Loading...

ROTEIRO- O que fazer em Roma- dia 3

Demorei mas finalmente terminei a série de Roma, com o principal da cidade: o Vaticano, "casa" do Papa e sede oficial da Igreja Católica! Afinal, ir a Roma e não conhecer este pequeno estado cravado no meio da cidade... seria realmente um sacrilégio! ;-P
 
Terceiro dia em Roma:
01 – Museo del Vaticano
02 - Capela Sistina
03 - Basílica di San Pietro
04 - Piazza del Vaticano
05 - Castel Sant'Angelo
06 - Piazza della Republica
07 - Basilica Santa Maria degli Angeli
08 - EUR (Coliseu Quadrado) *pegar metrô até lá- é longe!
 
Clique no link http://migre.me/4gQiX para ver o mapa interativo no Google

01 – Museu do Vaticano

O complexo do Vaticano fica dentro de Roma, com área de 0,44Km2, e com sua área totalmente cercada por muros. É a sede da Igreja Católica no mundo, local de residência do Papa, e por ser um estado Independente é regido por leis próprias. Além do Museu, as outras atrações para visitar são: Basílica de São Pedro, Praça do Vaticano e Jardins (este último só com agendamento). 
Fila para entrar, mas foi rapidinho
 
 Interior- região da bilheteria

Para conhecer o Vaticano, o ideal é começar por uma de suas principais atrações, o Museu. Vá de manhã cedo, pois para conhecer tudo leva tempo (quase o dia inteiro), e tem fila. No nosso caso demos sorte, a fila parecia grandinha mas entramos rapidamente em cerca de 20 minutos. 

Passando o muro de entrada do vaticano, existe um amplo jardim, cercado pelos edifícios do Museu, e com um muitas obras de arte e esculturas interessantes do lado de fora.



O Museu é lindo, as intalações e arquitetura interna por si só são obras de arte, tamanha a riqueza das ornamentações e dos salões. O acervo do Museu não se restringe a arte Sacra, mas tem também esculturas renascentistas, pinturas de várias épocas (até Salvador Dali!), afrescos pintados por pontores italianos famosíssimos, e salões temáticos especiais como o dos Mapas ou o das Tapeçarias. Também possui um acervo enorme de arte egípcia, com sarcófagos de faraós e até uma múmia!
                              detalhe piso                                             múmia egípcia
               parece relevo, mas é só pintura                           teto da sala dos mapas


Obra de Salvador Dali (tinha várias)
                                              Rodin- O Pensador                                                       

02 – Capela Sistina

A Capela mais famosa do mundo fica dentro do museu, ao final do percurso toma-se um caminho que leva diretamente até ela. Apesar de ser uma capela (e então um local destinado a oração), esta é a última coisa que alguém faz por ali. Na verdade, não vi NINGUÉM rezando ali. É tanta gente ao mesmo tempo olhando para cima e falando, que não tem clima nenhum de Igreja, um tanto desreipeitoso por parte da turistada. 


Antes de entrar existem diversas advertências pedindo silêncio e para não tirar fotos com flashes, mas estando lá dentro a agitação é geral, e como o local é meio escuro o pessoal se aproveita disso para bater as fotos rapidamente sem que os outros percebam. Os seguranças tentam controlar a situação mas é dificil. Muita gente também senta meio jogado no chão por estar cansado, e novamente levam advertências... Tirando esta balbúrdia geral, o local é mesmo impressionante, pois é todo coberto de pinturas, do chão ao teto.

Para fazer um TOUR VIRTUAL 3D pela Capela Sistina:
http://www.vatican.va/various/cappelle/sistina_vr/index.html

As pinturas mais famosas da capela Sistina são:
- "O Juízo Final": parede inteira atrás do altar, feita por Michelangelo (ele se julgava um escultor, e por isso aceitou este trabalho de pintura um tanto contrariado, mas como se tratava de um gênio da arte, deu o melhor de si e superou o trabalho de todos os outros pintores da época)

- O teto da capela, todo projetado por Michelangelo e dividido em "quadros" com cenas bíblicas, sendo o mais conhecido deles "A Criação de Adão". Apesar de tanto destaque para esta obra, ela é do mesmo tamanho das outras, e é até um pouco dificil achá-la em meio a tantos desenhos pintados no teto.


* Dica: o local indicado como saída da Capela não é a melhor opção para sair de lá. Isso porque saindo por ali (no fundo, à esquerda) terá que pegar uma outra fila para entrar na Basílica de São Pedro, que em alta estação pode ser kilométrica! A dica é sair por uma portinha menor também lá no fundo, só que do lado direito. Este acesso vai dar direto nos balcões da Basilica, onde dá para entrar direto (siga o fluxo de pessoas) e economizar tempo. (só que não sei se foi por isso que não vimos a famosa escadaria em espiral do museu. Talvez ela estivesse na outra saída... ou em alguma parte do museu que não passamos)

03 - Basílica de São Pedro

Esta é maior e principal Igreja Cristã do Mundo, podendo abrigar até 60 mil fiéis. Em seu interior está enterrado São Pedro, que foi apóstolo de cristo e o primeiro Papa e fundador da Igreja, por isso ela leva seu nome. O interior da Igreja é amplo, tetos altíssimos sustentados por imensas colunas de mármore.



 
Para fazer um TOUR VIRTUAL 3D pela Basílica de São Pedro:
http://www.vatican.va/various/basiliche/san_pietro/vr_tour/index-en.html
 
Outros destaques no interior da Basílica são: 
- a estátua de São Pedro: é costume dos fiéis passar a mão ou beijar os pés da estátua. Acho surpreendente o fato de uma estátua de bronze ter ficado com os pés desgastados assim, só pelo contato com as mãos de pessoas. Imagine quantas milhares/milhões de pessoas devem ter passado a mão ali para que sumisse uma boa camada de bronze! Fiz minha parte e toquei em um dos pés, para pedir bençãos para minha vida.

- a escultura "La Pietá" de Michelangelo: é a estátua representando cristo morto nos braços da mãe Maria, reconhecida como um dos melhores trabalhos de Michelangelo (o outro mais consagrado é "Davi"). No peito de Nossa senhora tem uma faixa com a assinatura de Michelangelo (está escrito: Michelangelo B. foi quem fez). É sua única escultura assinada, e diz a história que foi porque ficou irritado de estarem atribuindo a execução da peça a outro escultor de prestígio na época. Sendo assim, ele quis "marcar presença", foi lá e assinou "discretamente", para requerer seu direito autoral pela peça.

- a cripta subterrânea onde se encontram os túmulos dos Papas que se sucederam na direção da Igreja, inclusive do último, João Paulo II. É um túmulo discreto até, porém o local de maior concentração de pessoas, muitas delas rezando ajoelhadas no chão em frente. Expressamente proibido tirar fotos lá dentro. Quando fomos lá (2009)  era de certa forma recente a morte de João Paulo (2005), e o clima de devoção muito forte, o que me comoveu bastante e me fez chorar um pouco...
                         entrada da cripta                              lista de todos os Papas da Igreja

- a porta central de bronze, dupla, esculpida no século XV. 

Na saída da Basílica é possível ver alguns integrantes da "Guarda Suíça", que são os responsáveis pelo segurança do Papa e do Vaticano, equivalendo à classe militar. Entendo que é uma roupa histórica que foi evoluindo, mas fato é que é muito estravagante e engraçada! É para ser um uniforme sério, dada a responsabilidade do cargo, mas para a gente lembra tanto uma roupa de palhaço! Infeliz coincidência, mas que causa estranheza e não tem como deixar de reparar.
   
04 - Praça do Vaticano

É a praça que fica em frente a basílica. É um espaço circular, com colunas alinhadas em formato de semi-circulo (colunatas) de cada lado e com estátuas de santos e apóstolos em cima, além de um obelisco central e algumas chafarizes de água. Ali são realizadas as aparições e missas do Papa, e por isso na parte mais próxima à Igreja já existem centenas de cadeiras alinhadas de ambos os lados, como uma arquibancada, e também telões dos 2 lados.
  



Quantas colunas você vê na praça? Depende! Existem alguns pontos no chão, demarcados por círculos de cimento, em que as camadas de colunas se alinham perfeitamente na visualização, parecendo que só existe 1 camada de coluna, quando na verdade existem 4! (FOTO ABAIXO) Estes pontos estão marcados no chão, acho que são 4 ou 6 (2-3 para cada lado), mas quase ninguém sabe disso, então a maioria passa por cima daquele círculo no chão sem saber o significado e admirar esta particularidade matemática genial! Não deixe de conferir quando for! ;-p 
 Tá vendo aquela bolinha cinza no chão? 
É um dos pontos para visualizar o alinhamento das colunas

A arquitetura da praça foi projetada por Bernini no século XVII, o mesmo arquiteto que projetou o Castelo Sant'Angelo, que é o local que fomos logo após sair do Vaticano, descrito logo abaixo.

05 - Castelo Santo Angelo

É uma edificação circular, bem de frente para uma ponte com estátuas de anjos, que cruza o Rio Tibre. Inicialmente foi construído para ser mausoléu do Imperador Adriano, e depois serviu por muito tempo como Fortaleza de proteção ao Papa, em tempos de guerra. Hoje abriga uma espécie de museu e possui vários aposentos antigos preservados. Na parte superior é possível ter uma vista panorâmica da cidade. O projeto original é de Bernini, o mesmo que desenhou a praça do Vaticano.



06 - Piazza della Republica

É uma praça de formato redondo, com uma fonte com esculturas de ninfas aquáticas ao centro. Os prédios ao fundo são "gêmeos", e acompanham o formato semi-circular. Fica próxima à região da Stazione Termini, o terminal ferroviário mais central e movimentado de Roma. De frente para esta fonte fica a Basilica di Santa Maria degli Angeli, muito visitada na cidade, e descrita logo abaixo.


07 - Basilica Santa Maria degli Angeli e dei Martiri

Projeto de Michelangelo, que morreu um ano após o inicio da construção, que então foi finalizada por outro. A construção original foi feita para abrigar os Banhos Termais Imperiais, na época do Imperador Dioclesiano. Depois foi tranformada em Igreja, cujo salão central ainda guarda muito do interior e arquitetura de uma terma romana, sendo ótimo para imaginar toda a nobreza e pomposidade desses locais de banho. 


Seu tamanho é grande, e impressiona a diversidade de padrões e cores de mármore, suas imensas colunas e a luz de fora que incide no chão e sobre algumas esculturas no interior da Igreja.


OBS: como sempre, vale a precaução de ir "bem vestido" nas Igrejas de Roma. Por bem-vestido entenda como: sem muitas partes do corpo à mostra, como sinal de respeito. Quando fui a Roma pela primeira vez no ano 2000, foi desta igreja que fui "expulsa" por estar com trajes inapropriados (= blusinha de alça e shortinho... meio curto mesmo, mas era pleno verão e lá faz muito calor, não pude evitar!). Contei este e outros detalhes neste post.
 
08 - EUR (Coliseu Quadrado)

O Coliseu Quadrado foi uma obra construída na época do Fascismo Italiano, a mando de Mussolini, no intuito de competir com o Coliseu e com outras obras grandiosas feitas por Imperadores Romanos. Foi "inaugurado" durante a Exposição Universal de Roma, em 1941-42, como um novo centro histórico que seria conhecido como "Civiltá Italiana". No fim, o local/bairro todo onde a Expo ocorreu ficou conhecido como EUR, abreviação do nome da Exposição.
É bem longe da parte central e turística de Roma. Mais informações e curiosidades neste post.

Outros "TOURS VIRTUAIS" por Igrejas de Roma que valem a pena:
Igreja de San Giovanni in Latterano (São João de Latrão)
Basílica de San Paolo Fuori Le Mura (São Paulo Extra Muros)

LEIA TAMBÉM:
ROMA - Roteiro dia 1
ROMA - Roteiro dia 2

Além de Roma, que tal visitar Florença e outras cidades da região da Toscana na Itália? Leia mais neste post
 
E mais:
Siga o blog no Facebook
Acompanhe as fotos no Instagram


Vaticano 261920306762364500

Postar um comentário

  1. Olá
    Descobrir seu blog hoje foi um achado nesse domigno chuvosos. Estive em Roma em Dez/2010 e fiquei uma semana na cidade. Gostei do seu roteiro, perfeito para quem tem muito pique, pois são muitas atrações. Como estava no inverno o dia virava noite a partir das 4 da tarde. Por isso retornarei na primavera. Vou ficar freguês e voltar mais vezes.

    ResponderExcluir
  2. Simone
    Estou escrevendo um post agora e falando desse ponto onde é possível ficar no centro da colunata. Depois passe lá para ver.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Anônimo5/10/12

    Boa noite,
    Estivemos em Roma este fim de semana e foi maravilhoso! Fizemos o nosso roteiro baseado nas suas dicas e foi perfeito! A única diferença foi que alugamos uma scooter e conhecemos praticamente tudo sem gastar mto e sem cansar. Mas é melhor no domingo pq o trânsito é de loucos! Obrigada por compartilhar suas dicas!
    Abraços
    Maria do Céu Heeren - Portugal

    ResponderExcluir
  4. Olá Maria
    Que legal saber que ajudamos vocês na viagem, é muito gratificante.

    Ótima idéia e dica essa da scooter, mas acho que tem que saber dirigir bem não? Sabe se precisa de alguma permissão especial ou documento para poder alugar a scooter e dirigir por lá? (para brasileiros)
    Volte mais vezes ao site para conferir dicas de outros lugares! ;-) Abraço

    ResponderExcluir
  5. Estou montando a viagem de 15 anos de minha filha e agradeço as dicas de Roma!!! Valeu

    ResponderExcluir
  6. Que bom ajudá-los na viagem em família com nossas postagens Milene! Boa viagem para vcs, aproveitem muito!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo25/3/13

    É impressão minha, ou aquele Coliseu está torto? Alguma referência a Torre de Pisa?

    ResponderExcluir
  8. Na foto do Coliseu Quadrado?

    Não, ele é bem reto mesmo, acho que na centralização da foto é que ficou levemente inclinado, mas não tem nada a ver com a Torre de Pizza não.

    ResponderExcluir
  9. Marcus Vinicius29/3/13

    Prezados,
    Adorei o blog de vocês! Vou a Roma em Junho deste ano e estou baseando minha programação no seu roteiro.Parabéns pela bela organização do site e dicas quentíssimas!

    Marcus Vinicius

    ResponderExcluir
  10. Obrigada pelo comentário e elogios Marcus! Nos dá motivação para continuar com o trabalho! Boa viagem para vc, depois se der nos conte aqui como foi. Abraço

    ResponderExcluir
  11. Anônimo5/7/13

    Vou tres dias a Roma em Outubro. O acham que deveria ver no 1 2 e 3 dia por ordem?
    Obrigada
    Marta, Portugal

    ResponderExcluir
  12. Olá Marta.
    Além deste post tenho outros 2 sobre Roma no blog, totalizando um roteiro completo de 3 dias por lá. Favor ler os outros, acho que encontrará sua resposta!
    Indiquei tudo o que visitamos e opinei sobre os lugares, o que te interessar vc inclui no seu roteiro, e o que não chamar atenção é só não ir. ;-)

    ResponderExcluir
  13. Olá SIMONE! Já fechei os hotéis de Milão Veneza e Firenze...mas dei uma empacada em Roma, não consigo achar hotel para três pessoas, tem vários com cozinha ,etc...olhei em Trastevere...mas não achei nada...no valor que tenho verba de aprox. R$1.600,00/ 3 diárias triplo. Vc tem alguma sugestão? Como em Roma vou ficar tês noites, não terá bate e volta, não precisamos ficar no Termini.....por isso que gostaria no centro histórico ou no lugar boêmio...ou outro bairro que vc sugerir..obrigada mais uma vez pela ajuda!

    ResponderExcluir
  14. Oi Carla
    Não sei te sugerir algum lugar pois por experiencia só ficamos em um local, que era sim próximo do Termini e não muito bom a ponto de indicar. Com a verba que tem disponível daria para achar opções bem melhores, e nesta região que quer. Dá uma checada nas opções do www.booking.com. Dica: se você clicar no mapa dentro de um dos hotéis vai ver a localização e preço de todos os outros, aí fica fácil ter um panorama geral e decidir.

    ResponderExcluir
  15. Oi Simone! obrigada. No hoteis.com , vi que tem mais opções....vou olhar com calma! bjs.

    ResponderExcluir
  16. Lá tb tem boas opções sim, mas ē que particularmente gosto muito da usabilidade do Site da Booking, e tb dos preços e enooooorme quantidade de avaliações e resenhas de hóspedes (que ē sempre bom dar uma olhada). Boa sorte na busca e lamento não conseguir ajudá-la com maior precisão.

    ResponderExcluir
  17. Olá Simone! Parabéns pelo blog! Está nos sendo muito útil! Estamos planejando nossa viagem para Roma com base em seu roteiro de 3 dias, mas temos um problema: nosso tempo disponível são 1 tarde, 2 dias inteiros e 1 manhã. Ou seja, 1 dos 3 dias é partido ao meio. Como você sugere que realoquemos esse dia com base no seu roteiro?
    Muito obrigada!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Marina, depois volte para comentar se o roteiro funcionou para vocês e como foi!
      Olha, como um dia será dividido, acho que daria para vocês iniciarem pela parte do Vaticano então (tarde dia 1), e na manhã antes de viajar (dia 03) fazer o restante deste dia 03, principalmente a visita (se der internamente) ao Castelo Santo Angelo (ou inverter tarde/manhã). Os outros locais não são assim tão essenciais, então se não der ok, paciência, volta outra vez! ;-)

      Enfim, tentem relocar algumas atrações ou retirar algumas coisas que não se interessaram tanto. Não sei exatamente os horários de vocês nestes 2 "meios-dias". O complexo do Vaticano, para ver com calma, vai uma manhã ou tarde inteira quase mesmo, então deixe para o que for mais longo entre os 2. ;-)

      Excluir
    2. ops....! a "manhã antes de viajar" equivale ao dia 04 de vocês, errei acima

      Excluir
  18. Anônimo14/1/16

    Assim que entrei na Capela Sistina, fui informado a não tirar fotos e realmente não o fiz. Nem posso me imaginar sendo repreendido em um lugar como este, no meio daquela multidão e o pior, em italiano, que não entendo nada. Parece que várias pessoas tiravam fotos, discretamente, com celular. Quanto ao Vaticano, é bom ir no final do dia, próximo do encerramento de visitas, pois não há filas tão longas, que são frequentes no auge do verão europeu (estive lá em julho de 2015), período em que milhares de pessoas estão viajando pela Europa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por compartilhar sua experiência e pela dica! :)
      No alto verão europeu (agosto) é sempre muito cheio mesmo, e quente/calor, também sugiro evitar.

      Excluir
  19. olá simone...! Vou chegar em Roma a tarde... por volta das 16 horas. o que vc indica fazer esse horário para nao perder esse dia. por terei apenas 2 dias depois para conhecer as coisas. obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Pâmela! Veja dentro das dicas o local mais proximo a seu hotel para visitar. Assim, não perde muito tempo com deslocamento neste dia.Se for verão na europa anoitece tarde, 10 horas da noite, então ainda dá para aproveitar bastante. Mas neste horário não tem muito o que fazer não, até chegar no hotel e conseguir sair já foi fácil umas 2h a mais.

      Excluir

emo-but-icon

Página inicial item

Pesquisar no blog

Reserve seu Hotel

Celular no Exterior

RECEBA NOSSOS POSTS

Loja Viagema

Curta no Facebook

Leia Também