Loading...

Cartão de crédito clonado

Durante uma viagem, seu cartão acaba sendo muito utilizado, seja para sacar dinheiro, seja para reservas ou para compras. É preciso ter cautela na utilização, além de cuidar para não perder ou ser roubado.

Aconteceu com a gente:
Viajamos e voltamos, tudo normal. Passou 1-2-3 meses..... ainda tudo OK. Após quase 1 ano da volta de nossa viagem, de um dia para outro começou a surgir diversos gastos em nosso cartão de crédito, em dólares (mais de U$1500!) e partindo da Austrália, local em que nunca pisamos na vida!
Os gastos estavam pendentes de autorização, mas já percebemos no mesmo dia e ligamos para o banco contestando e pedindo para não aprovarem. Mesmo assim, os gastos "piratas" cairam em nossa conta, e afetaram o limite de crédito do mês inteiro. O valor foi extornado pelo banco, mas sempre existe o transtorno e preocupação de ficar ligando várias vezes, de mandar carta de contestação dos gastos, e várias outras pequenas buracracias solicitadas.

Porque isso aconteceu?
Não sei. Suspeitamos que foi em uma das reservas de hotel, onde foi preciso mandar o número do cartão sem que houvesse a segurança de um site criptografado (por email). Para garantir, se o procedimento de reserva for assim não faça, mesmo que seja um hotel indicado como foi nosso caso.
Teve outro episódio em um hotel, em que a máquina do cartão estava estragada, e o cartão ficou alguns minutos na recepção para novas tentativas. No dia seguinte o atendente nos informou que havia dado certo, pois ele havia tentado naquela manhã e funcionou. Ou seja: ele anotou o número de nosso cartão para tentar depois! Para garantir: nunca deixe seu cartão nas mãos de estranhos, fique sempre ao lado e não permita quaisquer anotações.

O fato dos gastos acontecerem na Austrália é muito simples: quem pegou a informação "vendeu" para outros, para não ficar suspeita a origem do problema. Europa pode ser primeiro mundo, mas malandro existe em qualquer lugar, não é privilégio do Brasil!

CONCLUSÃO: cartão de crédito em viagem é muito prático e eficaz, mas tome todas as precauções possíveis!
Perigos e roubadas 1398641923834134608

Postar um comentário

  1. Anônimo24/3/14

    Em qualquer hotel do mundo (pelo menos sempre foi assim comigo), quando chegamos, pedem o número de nosso cartão, como garantia. Se o número do cartão não for fornecido, não é possível a hospedagem. Na Argentina fizeram, inclusive, uma cópia xerográfica do meu cartão. Até hoje, não tive nenhum problema, mas, se acontecer algo irregular, deve ser possível barrar, pois não há minha autorização, com a senha, para retirada de dinheiro.

    ResponderExcluir
  2. Verdade, isso de ter que passar o número do cartão acontece em alguns hotéis sim. Sempre tem como checar se houve uso "ilegal", e se comprovado que sim o banco faz o ressarcimento. Ou as vezes bloqueiam um gasto que acham suspeito, e ligam para o cliente para saber se foi ele mesmo que utilizou o cartão e se devem liberar ou não.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo25/3/14

    Oi Simone, obrigado pela atenção ao meu comentário do dia 24/03. Não viajo muito, mas em todas as vezes que viajei (Europa, América do Sul e todo o Brasil), sem nenhuma exceção, para hospedagem, meu número de cartão foi pedido como garantia para algum consumo ou, presumo eu, dano ao hotel. Não sei exatamente o que se pode fazer com um número de cartão, mas sempre fico um pouco preocupado com isso. De qualquer forma, não tenho escolha, pois chego no hotel e o fornecimento do número do cartão é condição para a hospedagem. Creio que a saída de qualquer dinheiro de minha conta, sem minha permissão expressa, pelo fato de terceiros possuírem meu número de cartão, seria impossível e o banco não permitiria esta situação. Pelo menos é o que espero. Mas o que quero enfatizar aqui é que não houve exceção e todos os hotéis procederam da forma acima citada.

    ResponderExcluir
  4. Quando o banco tem duvida se é o proprio cliente utilizando o cartão eles bloqueiam a compra, e te ligam ou mandam mensagem avisando. Hoje em dia com as compras online em sites internacionais é mais dificil saber quem está usando.
    Quanto a pedirem o cartão de crédito, para nós não foi sempre, porém nem sempre ficamos em hoteis estrelados. As vezes ficamos em hostels, guesthouses, albergues, erc, e aí vai ver o processo é diferente. Não dá para se assustarem se pedirem o cartão para confirmação, mas tb não é regra fixa e sempre não.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo13/9/14


    Simone, já tive meu cartão clonado 2 vezes, em SP mesmo. E nas 2 anteriormente aconteceram esses fatos semelhantes que aconteceu com vc. A primeira foi num bordel(rs), o cartão não passava e o recepcionista levou ele fora de minha vista e depois devolveu. Na época por sorte rs, era durango. E meu limite estourou depois de 500 reais, que o banco estornou. A outra foi mais recente. Num shopping Raposo Tavares. num restaurante por quilo, meu cartão não passava, e depois de usar várias máquinas uma passou. Depois disso, fizeram compras altas, mas o banco pesquisou e me estornaram. Se alguém pensa em dar golpe no banco cuidado! O funcionário que me atendeu, disse que meu rating era alto, e me mostrou praticamente um livro sobre meu caso, que o banco tinha feito. Eles investigam muito! Por isso acho que o segundo episódio que passou, me lembrou o que passei tbm. Daniel

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item

Pesquisar no blog

Reserve seu Hotel

Celular no Exterior

RECEBA NOSSOS POSTS

Loja Viagema

Curta no Facebook

Leia Também