Loading...

Visita ao Catar- o país sede da Copa de 2022!

Ontem vi pela TV que o Qatar (ou Catar, em português- BR) foi realmente escolhido para sediar a Copa de 2022, e fiquei muito surpresa. Foi uma coincidência e tanto o fato de nós termos passado por lá há menos de 2 meses atrás, em Outubro. Nossa passagem para a Europa tinha conexão em Doha (a capital do país) e então passamos uma noite na cidade, com hotel, refeições e translado pago pela companhia aérea Qatar Airways (serviço 5 estrelas- indico!).

Quando desembarcarmos no aeroporto de Doha tivemos 2 choques:

1) o choque térmico em si (invertido!), pois quase morremos de CALOR ao sair do avião refrigerado. Descemos na pista de vôo pela escada lateral, e o susto foi enorme ao tomar aquele bafo quente e úmido, era demais mesmo! Para se ter uma idéia real, era quase 0:00h e estava marcando 36 graus! Por sorte, lá tudo tem ar-condicionado. Mas nunca senti tanto calor na vida, era algo que  envolvia e oprimia a gente, e comentávamos toda vez ao colocar o pé para fora! Fico imaginando no verão então, que vai coincidir com a data da Copa, com temperaturas de até 50 graus...

2) ver tanta gente "diferente" do que estamos acostumados. Digo isso com todo respeito pela religião e cultura de lá, mas para nós não deixa de ser curioso ver os homens vestidos com aquelas túnicas brancas e turbante na cabeça, assim como as mulheres do atendimento (alfândega/vistos) estarem de burca preta, só com o rosto de fora (muito bem maquiado por sinal). Preferimos não fotografar as pessoas  diretamente porque eu havia lido que não gostam e pode gerar problemas. Ao sair na área de desembarque notamos grande presença de indianos. Aliás, só tinha indianos ali fora, e quando passamos ficou todo mundo olhando...!

Apesar de ser madrugada, nos juntamos a outros brasileiros que conhecemos na van que nos levou até o hotel, e fomos fazer um "tour" pela cidade. O próprio hotel oferecia este passeio, com motorista particular e numa Mercedez novinha em folha, com ar-condicionado (graças a Deus!) e interior todo em couro cor bege clarinho. Dava para ir em até 4 pessoas no carro, e o preço era de U$40, ou seja: 10 dólares para cada um, por 1h de passeio! 

  O grupo de brasileiros e os carros p/ o "tour" pela cidade, em plena madrugada!
O motorista não era nativo, vestia terno e parecia ser da indonésia ou algo assim. Ele ia comentando os lugares pelo qual passávamos em inglês, e perguntava se queríamos descer para ver de perto e bater fotos, e a gente sempre queria é claro! O único lugar que não podia fotografar era a residência do Presidente, e nem de dentro do carro ele permitiu para não haver problemas. 
MIA - Museu da Arte Islâmica

Nosso motorista foi calmo e muito simpático, acho que foi com nossa cara, e então se esforçou para nos levar em quase tudo que tinha para ver por lá, inclusive numa região mais distante da cidade, que ainda estava em construção, mas com um shopping de luxo que precisamos pedir licensa para entrar. O Sheik que estava numa caminhonete enorme hesitou em nos deixar passar por causa do horário, mas olhou lá para dentro do carro e deve ter nos achado inofensivos, então permitiu.  :-)


Caminhando através daquele portal lá no fundo e bem ao centro, temos acesso região portuária da cidade, que é muito bonita e iluminada.  

 
 Área portuária atrás do shopping
Neste shopping (que estava fechado por causa do horário é claro!) haviam lojas de roupas e relógios de luxo, e o principal: lojas de carro! E não é qualquer carro! De um lado havia uma loja da Ferrari, com um monte de modelos fantásticos, e do outro lado "fazendo concorrencia" estava  uma não menos grandiosa loja da Rolls Royce! Que tal fazer compras e aproveitar para comprar um carro 0Km hein??


 
Além deste shopping, vimos também o centro da cidade, com vários aranha-céus maravilhosos e modernos, cheios de iluminação especial. 

  
Fomos também até a praia, de onde dá para ver um "skyline" lindo da cidade e dos prédios.
 
 "esculturas" na beira do calçadão da praia

 vista da cidade a partir da praia (mesquita)

Passamos por 2 Mesquitas Muçulmanas, uma delas a maior da cidade, e por regiões residenciais. Apesar de ser madrugada, deu pra conhecer bastante coisa, e o passeio (que acabou durando quase 1:30h) valeu muito a pena! Indico para quem passar por lá, pois é muito interessante e bonito.

 A maior Mesquita Muçulmana da cidade!
  
No geral achei a cidade um pouco vazia, a sensação é que se está mesmo no meio do deserto, pois existem amplas áreas em aberto (do próprio hotel víamos isto). De resto, dá para dizer que é uma cidade nova, rica e em construção, pois tinha guindaste para todos os lados, e muitos prédios sendo erguidos. As 2h da manhã tinham operários construindo próximo ao shopping que passeamos. O motorista comentou sobre a questão do país querer sediar a Copa, e que por isso o esforço em se estruturar. Dá para notar que dinheiro é o que não falta. Nas ruas, só carros de marca, tipo Mercedez ou BMW para cima... nada de Fiat ou Ford rodando por lá.

  As ruas são assim, espaçosas e cheias de árvores tipo palmeiras
Ao voltarmos ao hotel ainda ficamos conversando um pouco com o resto do grupo de brasileiros, e depois subimos ao quarto para descansar nas poucas horas que restavam até nosso vôo de continuação para a Espanha. 

 Hotel Oryx Rotana- hall
  nosso quarto, com vista para o átrio do hotel
O hotel em que ficamos hospedados se chamava Oryx Rotana e era lindíssimo, 5 estrelas, praticamente dentro do aeroporto, e as acomodações eram de primeira, tudo limpo e bem decorado, e o quarto amplo e com internet gratuita e água mineral a disposição. Uma mordomia só, que aproveitamos! Jantamos lá e no dia seguinte café-da-manhã, cujo buffet  não estava muito completo ainda por causa do horário (5h). Ficamos super felizes e satisfeitos com a Qatar Airways, pelo bom atendimento durante o vôo e fora dele durante as conexões também! ;-)

                         Saguão do hotel                             Piscina ao pôr-do-sol
Ah! Outra coisa super interessante: no Duty Free do aeroporto de Doha são feitos sorteios de carros de luxo e prêmios de 1 milhão de dólares! Bizarro né...! Mas os tickets para concorrer são caros, entre U$125- 250 cada... é pra quem pode! ;-O

O carrão, e as urnas de sorteio (bem cheias por sinal!)
Doha 1333100510308531310

Postar um comentário

  1. Oi Simone!
    Também achei legal a escolha do Qatar pra copa, mas como não conheço o país, aproveitei para aprender mais com teu post! Achei legal as fotos também!
    Eles precisam se estruturar tendo muito dinheiro e vários anos, o Brasil já viu, né? Mas tomara que dê certo pros dois!
    Os contrates nesses países são sempre muito fortes, a cultura é completamente diferente.
    Vou lá conferir sobre Praga e jajá te escrevo no Twitter! :D
    Parabéns pelo belo trabalho aqui!
    Bjo e paz! Michel

    ResponderExcluir
  2. Pelo visto curtiram a " noitada" em Doha, bem bacana, né?!
    Ah... na foto que você diz que é Mesquita (terceira), na verdade é o MIA, Museu da Arte Islamica...
    O Pearl é muito bacana... muito chique, né?! :)
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi Mirella! Gostei de sua visita e comentário por aqui, e obrigada pela correção, já mudei lá na foto! (é que foi tudo de madrugada, e além do cansaço o motorista falava um inglês um pouco enrolado, acabamos achando que era uma mesquita também)

    A parte do Pearl é bem "sofisticada" mesmo! Adoramos conhecer um pouquinho!

    ResponderExcluir
  4. Wow... Que luxo eim!

    Não é querer ser pessimista, mas acho que a copa no Catar será bem melhor do que no Brasil, devido a infraestrutura.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item

Pesquisar no blog

Loja Viagema

Reserve seu Hotel

Celular no Exterior

PARA QUEM AMA VIAJAR

RECEBA NOSSOS POSTS

Curta no Facebook

Leia Também